Ir para conteúdo

Ir para índice

 SECÇÃO 5

Como manter a paz com os seus familiares

Como manter a paz com os seus familiares

‘Revistam-se de bondade, humildade, brandura e paciência.’ — Colossenses 3:12

O casamento forma uma nova família. É verdade que nunca vai deixar de amar e respeitar os seus pais, mas, agora, a pessoa mais importante no mundo para si é o seu marido ou a sua esposa. Pode ser um pouco difícil para alguns dos familiares aceitar essa mudança. No entanto, os princípios da Bíblia podem ajudá-lo a encontrar equilíbrio: você pode manter a paz com os seus familiares ao mesmo tempo que constrói os seus novos vínculos familiares.

 1 TENHA UMA ATITUDE EQUILIBRADA

O QUE A BÍBLIA DIZ: “Honra o teu pai e a tua mãe.” (Efésios 6:2) Não importa qual seja a sua idade, respeito e honra são coisas que os seus pais merecem sempre. Ao mesmo tempo, lembre-se de que o seu cônjuge também é um filho ou uma filha, e, por isso, precisa de dar atenção aos pais. “O amor não é ciumento”, portanto, não é preciso ter medo do relacionamento do seu cônjuge com os pais. — 1 Coríntios 13:4; Gálatas 5:26.

O QUE PODE FAZER:

  • Não diga frases genéricas como: “A tua família está sempre a criticar-me” ou “A tua mãe nunca gosta de nada do que eu faço”.

  • Tente ver as coisas do ponto de vista do seu marido ou da sua esposa.

 2 ESTABELEÇA LIMITES

O QUE A BÍBLIA DIZ: “O homem deixará o seu pai e a sua mãe e irá apegar-se à sua esposa, e eles irão tornar-se uma só carne.” (Génesis 2:24) Mesmo depois de se casar, os seus pais talvez achem que ainda precisam de cuidar de si, e podem acabar por se envolver na sua nova vida mais do que deveriam.

Vocês, como casal, devem chegar a um acordo e determinar até onde os pais podem ir. Depois, de modo amoroso, digam-lhes isso. Vocês podem ser honestos e diretos sem serem mal-educados. (Provérbios 15:1) ‘Humildade, brandura e paciência’ irão ajudá-lo a ter uma boa convivência com os familiares e a ‘suportarem-se uns aos outros em amor’. — Efésios 4:2.

O QUE PODE FAZER:

  • Se estiver preocupado com o envolvimento dos familiares na vossa vida, converse sobre isso com o seu cônjuge num momento em que as coisas estejam calmas.

  • Cheguem a um acordo sobre como vão tratar desse assunto.