Malaquias 3:1-18

3  “Vejam! Enviarei o meu mensageiro, e ele preparará* o caminho diante de mim.+ E, de repente, o verdadeiro Senhor, a quem vocês procuram, virá ao Seu templo;+ e o mensageiro do pacto, de quem vocês se agradam, virá. Ele certamente virá”, diz Jeová dos exércitos.  “Porém, quem suportará o dia da sua vinda, e quem conseguirá manter-se de pé quando ele aparecer? Pois ele será como o fogo do refinador e como a barrela*+ dos lavadeiros.  E ele irá sentar-se como um refinador e purificador de prata,+ e purificará os filhos de Levi; e irá depurá-los* como o ouro e como a prata, e eles certamente irão tornar-se para Jeová pessoas que apresentam uma oferta em justiça.  E a oferta de Judá e de Jerusalém será realmente agradável para Jeová, como nos dias do passado e como nos tempos antigos.+  “Eu vou aproximar-me de vocês para vos julgar e darei prontamente testemunho contra os feiticeiros,+ contra os adúlteros, contra os que juram falsamente,+ contra os que defraudam o trabalhador contratado,+ a viúva e o órfão,*+ e contra os que se recusam a ajudar o* estrangeiro.+ Estes não me temem”, diz Jeová dos exércitos.  “Pois eu sou Jeová; eu não mudo.*+ E vocês são filhos de Jacó; ainda não chegaram ao vosso fim.  Desde os dias dos vossos antepassados, vocês têm-se desviado dos meus decretos e não os têm guardado.+ Voltem para mim, e eu voltarei para vocês”,+ diz Jeová dos exércitos. Porém, vocês dizem: “Como é que havemos de voltar?”  “Será que um simples humano pode roubar a Deus? No entanto, vocês estão a roubar-me.” E vocês dizem: “Como é que te roubámos?” “Nos dízimos* e nas contribuições.  Com certeza, vocês são amaldiçoados,* pois estão a roubar-me — sim, a nação inteira está a fazer isso. 10  Tragam todos os dízimos* ao depósito+ para que haja alimento na minha casa;+ e, por favor, ponham-me à prova neste respeito”, diz Jeová dos exércitos, “e vejam se eu não vos abrirei as comportas dos céus+ e se não derramarei* sobre vocês uma bênção até que não falte mais nada”.+ 11  “E vou censurar o devorador,* e ele não destruirá o fruto da vossa terra; e a videira no vosso campo não será infrutífera”,+ diz Jeová dos exércitos. 12  “Todas as nações dirão que vocês são felizes,+ porque se tornarão uma terra de prazer”, diz Jeová dos exércitos. 13  “As vossas palavras contra mim foram fortes”, diz Jeová. E vocês dizem: “Como é que falámos contra ti?”+ 14  “Vocês dizem: ‘É inútil servir a Deus.+ Qual é a vantagem de cumprirmos as nossas obrigações para com ele e de andarmos abatidos perante Jeová dos exércitos? 15  Agora, consideramos felizes os que são arrogantes. Além disso, os que praticam o que é mau são bem-sucedidos.+ Eles atrevem-se a pôr Deus à prova e conseguem safar-se.’” 16  Então, os que temiam a Jeová falavam uns com os outros, cada um com o seu próximo, e Jeová prestava atenção e escutava. E, perante ele, foi escrito um livro de recordação+ para os que temiam a Jeová e para os que meditavam no* seu nome.+ 17  “Eles serão meus”,+ diz Jeová dos exércitos, “no dia em que eu produzir uma propriedade especial.*+ Terei compaixão deles assim como um homem tem compaixão do seu filho, que o serve.+ 18  E vocês verão novamente a diferença entre uma pessoa justa e uma pessoa má,+ entre quem serve a Deus e quem não o serve”.

Notas de rodapé

Ou: “desobstruirá”.
Ou: “o sabão”.
Ou: “refiná-los”.
Ou: “órfão de pai”.
Ou: “que negam os direitos do”.
Ou: “não mudei”.
Ou: “Nas décimas partes”.
Ou, possivelmente: “Vocês estão a amaldiçoar-me com uma maldição”.
Ou: “todas as décimas partes”.
Lit.: “esvaziarei”.
Aparentemente, refere-se a pragas de insetos.
Ou: “pensavam no”. Ou, possivelmente: “entesouravam o”.
Ou: “estimada”.

Notas de estudo

Multimédia