Jeremias 7:1-34

7  Jeremias recebeu de Jeová a seguinte palavra:  “Põe-te no portão da casa de Jeová e, lá, proclama esta mensagem: ‘Ouçam a palavra de Jeová, todos vocês, os de Judá, que entram por estes portões para se curvarem diante de Jeová.  Assim diz Jeová dos exércitos, o Deus de Israel: “Corrijam os vossos caminhos e as vossas ações, e eu permitirei que continuem a morar neste lugar.+  Não confiem em palavras enganosas nem digam: ‘Este é* o templo de Jeová, o templo de Jeová, o templo de Jeová!’+  Pois, se realmente corrigirem os vossos caminhos e as vossas ações, se realmente defenderem a justiça nas causas entre um homem e o seu próximo,+  se não oprimirem os residentes estrangeiros, os órfãos* e as viúvas,+ se não derramarem sangue inocente neste lugar e se não seguirem outros deuses para o vosso próprio prejuízo,+  então, permitirei que continuem a morar neste lugar, na terra que dei aos vossos antepassados para sempre.”’”*  “Vocês confiam em palavras enganosas,+ e isso não adiantará absolutamente nada.  Será que podem roubar,+ assassinar, cometer adultério, jurar falsamente,+ fazer sacrifícios* a Baal+ e seguir outros deuses que não conheciam, 10  e depois comparecer diante de mim nesta casa que leva o meu nome e dizer: ‘Estamos a salvo’, apesar de fazerem todas estas coisas detestáveis? 11  Será que esta casa que leva o meu nome se tornou um covil de ladrões aos vossos olhos?+ Saibam que eu próprio estou a ver isso”, diz Jeová. 12  “‘Portanto, vão ao meu santuário em Silo,+ o primeiro lugar onde fiz residir o meu nome,+ e vejam o que lhe fiz por causa da maldade do meu povo Israel.+ 13  No entanto, vocês continuaram a fazer todas estas coisas’, diz Jeová, ‘e, embora eu tenha falado convosco vez após vez,* não me deram ouvidos.+ Eu chamava-vos continuamente, mas vocês não respondiam.+ 14  Por isso, vou fazer com a casa que leva o meu nome+ — a casa em que confiam,+ o lugar que vos dei a vocês e aos vossos antepassados — o mesmo que fiz com Silo.+ 15  Vou expulsar-vos da minha presença, assim como expulsei todos os vossos irmãos, todos os descendentes de Efraim.’+ 16  “Quanto a ti, não ores por esse povo. Não clames, nem ores ou supliques por eles,+ pois não te vou ouvir.+ 17  Não vês o que eles fazem nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém? 18  Os filhos apanham lenha, os pais acendem o fogo, e as esposas batem a massa para fazer bolos de oferenda à Rainha do Céu;*+ e eles derramam ofertas de bebida a outros deuses para me ofenderem.+ 19  ‘Será que é a mim que estão a prejudicar?’,* diz Jeová. ‘Não é a si mesmos, para a sua própria vergonha?’+ 20  Portanto, assim diz o Soberano Senhor Jeová: ‘Vejam! A minha ira e o meu furor serão derramados sobre este lugar,+ sobre os homens e os animais, sobre as árvores do campo e os frutos da terra; ela arderá e não se apagará.’+ 21  “Assim diz Jeová dos exércitos, o Deus de Israel: ‘Vão em frente, juntem as vossas ofertas queimadas aos vossos outros sacrifícios, e comam a carne.+ 22  Pois, no dia em que tirei os vossos antepassados da terra do Egito, eu não lhes disse nem ordenei nada a respeito de ofertas queimadas e sacrifícios.+ 23  Contudo, esta foi a ordem que lhes dei: “Obedeçam à minha voz, e eu vou tornar-me o vosso Deus, e vocês vão tornar-se o meu povo.+ Andem sempre no caminho que eu vos ordenar, para que tudo vá bem convosco.”’+ 24  Eles, porém, não deram ouvidos nem prestaram atenção;*+ em vez disso, andaram conforme os seus próprios planos,* teimando em seguir o seu coração mau.+ Andaram para trás, não para a frente, 25  desde o dia em que os vossos antepassados saíram da terra do Egito até hoje.+ Por isso, eu enviava-vos todos os meus servos, os profetas; enviava-os dia após dia, vez após vez.*+ 26  Esse povo, porém, não me quis ouvir, nem prestou atenção.*+ Em vez disso, foram obstinados* e agiram pior do que os seus antepassados! 27  “Irás dizer-lhes todas estas palavras,+ mas eles não te darão ouvidos; irás chamá-los, mas eles não te responderão. 28  E irás dizer-lhes: ‘Esta é a nação que não obedeceu à voz de Jeová, seu Deus, nem quis aceitar a disciplina. A fidelidade desapareceu, e não é sequer mencionada entre eles.’*+ 29  “Rapa o teu cabelo* e deita-o fora, e canta uma canção de luto nas colinas sem vegetação, pois Jeová rejeitou e vai abandonar esta geração que o enfureceu. 30  ‘Pois o povo de Judá fez o que é mau aos meus olhos’, diz Jeová. ‘Colocaram os seus ídolos repugnantes na casa que leva o meu nome, a fim de profaná-la.+ 31  Construíram os altos sagrados de Tofete, que fica no vale do Filho de Hinom,*+ para queimarem os seus filhos e as suas filhas no fogo,+ algo que eu não tinha ordenado e que nunca me tinha ocorrido no coração.’*+ 32  “‘Portanto, estão a chegar os dias’, diz Jeová, ‘em que este lugar não voltará a ser chamado Tofete ou vale do Filho de Hinom,* mas, antes, vale da Matança. Eles enterrarão os mortos em Tofete até que já não haja lá lugar.+ 33  E os cadáveres deste povo irão tornar-se comida para as aves dos céus e para os animais da terra, e não haverá ninguém para os espantar.+ 34  Porei fim ao som de exultação e ao som de alegria, à voz do noivo e à voz da noiva,+ nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém, pois esta terra será reduzida a ruínas.’”+

Notas de rodapé

Lit.: “Eles são”, referindo-se a todos os edifícios do complexo do templo.
Ou: “órfãos de pai”.
Ou: “de eternidade a eternidade”.
Ou: “fumo sacrificial”.
Lit.: “convosco, levantando-me cedo e falando”.
Título de uma deusa adorada pelos israelitas apóstatas, possivelmente uma deusa da fertilidade.
Ou: “ofender; provocar”.
Ou: “nem inclinaram o seu ouvido”.
Ou: “o seu próprio conselho”.
Lit.: “os profetas; diariamente levantando-me cedo e enviando”.
Lit.: “endureceram a sua cerviz”.
Ou: “nem inclinou o seu ouvido”.
Lit.: “e está decepada da sua boca”.
Ou: “cabelo não cortado; cabelo dedicado”.
Ou: “nunca me tinha passado pela mente”.
Veja o Glossário, “Geena”.
Veja o Glossário, “Geena”.

Notas de estudo

Multimédia