Jeremias 48:1-47

48  Assim diz Jeová dos exércitos, o Deus de Israel, a respeito de Moabe:+ “Ai de Nebo,+ pois foi destruída! Quiriataim+ foi envergonhada e conquistada. O refúgio seguro* foi envergonhado e despedaçado.+   Eles já não louvam Moabe. Em Hésbon+ tramaram a sua queda: ‘Venham, vamos eliminar esta nação.’ Também tu, ó Madmém, permanece em silêncio. Pois a espada persegue-te.   Ouve-se o som de um clamor que vem de Horonaim,+O som de destruição e grande ruína.   Moabe foi arrasada. As suas crianças choram.   As pessoas choram sem parar enquanto sobem a caminho de Luíte. E, na descida de Horonaim, ouvem-se gritos de aflição por causa da catástrofe.+   Fujam! Salvem a vossa vida!* Tornem-se como um junípero no deserto.   Visto que confias nas tuas obras e nos teus tesouros,Também serás conquistada. E Quemós+ irá para o exílio,Juntamente com os seus sacerdotes e príncipes.   O destruidor invadirá todas as cidades,E nenhuma cidade escapará.+ O vale será arruinado,*E a planície será devastada,* conforme Jeová disse.   Ponham um marco para Moabe,Pois ela fugirá quando ficar em ruínas,E as suas cidades irão tornar-se um motivo de terror,Ficarão sem habitantes.+ 10  Maldito aquele que cumpre a missão de Jeová com negligência! Maldito aquele que refreia a sua espada de derramar sangue! 11  Os moabitas estão tranquilos desde a sua juventude,Como o vinho que repousa sobre a borra. Eles nunca foram despejados de um jarro para outro,E nunca foram para o exílio. É por isso que o seu sabor continua o mesmo,E o seu aroma não mudou. 12  “‘Portanto, estão a chegar os dias’, diz Jeová, ‘em que vou enviar-lhes homens que os derramarão. Eles irão derramá-los, esvaziar os seus recipientes e despedaçar os seus jarros grandes. 13  E os moabitas irão envergonhar-se de Quemós, assim como a casa de Israel se envergonhou de Betel, que era a sua confiança.+ 14  Como é que se atrevem a dizer: “Somos guerreiros valentes, prontos para a batalha”?’+ 15  ‘Moabe foi destruída,As suas cidades foram invadidas,+E os seus melhores jovens foram mortos’,+ Diz o Rei, cujo nome é Jeová dos exércitos.+ 16  A calamidade dos moabitas está prestes a chegar;A sua queda aproxima-se rapidamente.+ 17  Tenham compaixão deles, todos vocês, seus vizinhos,Todos os que conhecem o seu nome. Digam-lhes: ‘Como é possível que a poderosa vara, o belo bastão, se tenha partido?’ 18  Desce da tua glóriaE senta-te sedenta,* ó filha e habitante de Díbon,+Pois o destruidor de Moabe veio contra ti,E arrasará os teus lugares fortificados.+ 19  Para à beira da estrada e observa, habitante de Aroer.+ Pergunta ao homem que está a fugir e à mulher que está a escapar: ‘O que é que aconteceu?’ 20  Moabe foi envergonhada e ficou apavorada. Lamentem e clamem. Proclamem em Arnom+ que Moabe foi destruída. 21  “O julgamento chegou à planície,*+ contra Holom, Jaaz+ e Mefaate;+ 22  contra Díbon,+ Nebo+ e Bete-Diblataim; 23  contra Quiriataim,+ Bete-Gamul e Bete-Meom;+ 24  contra Queriote+ e Bozra; e contra todas as cidades da terra de Moabe, as distantes e as próximas. 25  ‘O poder* de Moabe acabou;O seu braço foi partido’, diz Jeová. 26  ‘Embriaguem-no,+ pois foi contra Jeová que ele se enalteceu.+ Moabe revolve-se no seu vómito,E é um alvo de gozo. 27  Não era Israel um alvo de gozo para ti?+ Será que foi encontrado entre ladrões,Para que abanasses a cabeça e falasses contra ele? 28  Saiam das cidades e morem nos rochedos, habitantes de Moabe.E tornem-se como a pomba que faz o seu ninho nas paredes do precipício.’” 29  “Ouvimos falar do orgulho de Moabe; ele é muito arrogante.Ouvimos falar da sua arrogância, do seu orgulho, da sua prepotência e da altivez do seu coração.”+ 30  “‘Eu conheço a sua fúria’, diz Jeová,‘Mas a sua conversa vã não dará em nada; Eles não farão nada. 31  É por isso que lamentarei por Moabe,Clamarei por causa de todo o MoabeE chorarei pelos homens de Quir-Heres.+ 32  Com mais choro do que por Jazer,+Chorarei por ti, ó videira de Sibma.+ Os teus ramos viçosos cruzaram o mar,Estenderam-se até ao mar, até Jazer. Foi sobre as tuas frutas de verão e a tua colheita de uvasQue o destruidor se lançou.+ 33  A alegria e o júbilo desapareceram do pomarE da terra de Moabe.+ Fiz com que o vinho dos lagares se secasse. Não haverá mais ninguém a pisar uvas com gritos de alegria. Haverá gritos, mas não de alegria.’”+ 34  “‘Há um clamor desde Hésbon+ até Eleale.+ Eles erguem a voz até Jaaz,+Desde Zoar até Horonaim,+ até Eglate-Selisia. Até mesmo as águas de Ninrim se esgotarão.+ 35  Farei desaparecer de Moabe’, diz Jeová,‘Aqueles que fazem ofertas sobre os altos sagradosE os que oferecem sacrifícios ao seu deus. 36  Por isso, o meu coração lamentará* como uma flauta* por Moabe,+E o meu coração lamentará* como uma flauta* pelos homens de Quir-Heres. Pois a riqueza que ele produziu acabará. 37  Todas as cabeças estão rapadas,+E todas as barbas estão cortadas. Em todas as mãos há cortes,+E as suas ancas estão cingidas de serapilheira.’”*+ 38  “‘Em todos os terraços de MoabeE em todas as suas praças,Só há lamentações, Pois despedacei Moabe,Como um jarro que se deita fora’, diz Jeová. 39  ‘Como ela está apavorada! Lamentem! Como Moabe virou as costas, envergonhado! Moabe tornou-se um alvo de gozo,Algo que causa terror a todos à sua volta.’” 40  “Pois assim diz Jeová: ‘Vejam! Assim como a águia mergulha sobre a presa,+O inimigo estenderá as asas contra Moabe.+ 41  As cidades serão conquistadas,E as suas fortalezas serão tomadas. Nesse dia, o coração dos guerreiros de MoabeSerá como o coração de uma mulher em trabalho de parto.’” 42  “‘Moabe será aniquilado e deixará de existir como povo,+Pois foi contra Jeová que ele se enalteceu.+ 43  O pavor, a cova e a armadilha esperam por ti,Ó habitante de Moabe’, diz Jeová. 44  ‘Quem fugir do pavor cairá na cova,E quem sair da cova será apanhado pela armadilha.’ ‘Pois trarei sobre Moabe o ano da sua punição’, diz Jeová. 45  ‘À sombra de Hésbon, os fugitivos pararão, exaustos. De Hésbon sairá um fogo,E do meio de Síon uma chama+Que devorará a testa de MoabeE o crânio dos guerreiros violentos.’+ 46  ‘Ai de ti, Moabe! O povo de Quemós+ foi eliminado. Pois os teus filhos foram levados cativos,E as tuas filhas foram para o exílio.+ 47  Contudo, na parte final dos dias, vou ajuntar o povo cativo de Moabe’, diz Jeová. ‘Aqui termina o julgamento de Moabe.’”+

Notas de rodapé

Ou: “refúgio num lugar alto”.
Ou: “alma”.
Ou: “A planície de vale será arruinada”.
Ou: “o planalto será devastado”.
Ou, possivelmente: “senta-te no solo árido”.
Ou: “ao planalto”.
Lit.: “chifre”.
Isto é, uma flauta tocada em sinal de lamentação num funeral.
Ou: “ficará agitado”.
Ou: “ficará agitado”.
Isto é, uma flauta tocada em sinal de lamentação num funeral.

Notas de estudo

Multimédia