Ezequiel 38:1-23

38  Recebi novamente a palavra de Jeová:  “Filho do homem, vira o teu rosto contra Gogue da terra de Magogue,+ o maioral-chefe* de Meseque e Tubal,+ e profetiza contra ele.+  Diz: ‘Assim diz o Soberano Senhor Jeová: “Eu estou contra ti, ó Gogue, maioral-chefe* de Meseque e Tubal.  Farei com que dês meia-volta, porei ganchos nas tuas mandíbulas+ e farei com que saias com toda a tua força militar,+ cavalos e cavaleiros, todos vestidos de esplendor, um exército numeroso com escudos grandes e pequenos,* todos eles armados com espadas.  A Pérsia, a Etiópia e Pute+ estão com eles, todos com escudos e capacetes;  também Gomer e todas as suas tropas, a casa de Togarma,+ das partes mais distantes do norte, com todas as suas tropas — sim, muitos povos estão contigo.+  “‘“Aprontem-se, estejam preparados, tu e todos os exércitos que se juntaram a ti, e tu serás o comandante* deles.  “‘“Receberás atenção* depois de muitos dias. No fim dos anos, invadirás a terra cujo povo foi restabelecido da devastação da espada, que foi reunido dentre muitos povos e trazido aos montes de Israel, os quais tinham ficado devastados durante muito tempo. Os habitantes desta terra foram trazidos de volta dentre as nações e todos eles moram em segurança.+  Virás contra eles como uma tempestade e cobrirás a terra como as nuvens, tu, todas as tuas tropas e os muitos povos que te acompanham.”’ 10  “Assim diz o Soberano Senhor Jeová: ‘Nesse dia, surgirão ideias no teu coração e planearás uma trama perversa. 11  Dirás: “Invadirei a terra de povoados desprotegidos.*+ Irei contra os que vivem em segurança, sem perturbação; todos eles moram em povoados sem muralhas, trancas ou portões.” 12  O teu objetivo será tomar muito despojo e espólio, atacar os lugares devastados agora repovoados+ e um povo que foi reunido dentre as nações+ e que está a acumular riquezas e bens,+ a morar no meio da terra. 13  “‘Sabá+ e Dedã,+ os mercadores de Társis+ e todos os seus guerreiros* irão dizer-te: “Por acaso, farás esta invasão para tomares muito despojo e espólio? Reuniste os teus exércitos para levares prata e ouro, para saqueares riquezas e bens, para tomares um enorme despojo?”’ 14  “Portanto, filho do homem, profetiza o seguinte a Gogue: ‘Assim diz o Soberano Senhor Jeová: “Nesse dia, quando o meu povo Israel estiver a morar em segurança, será que não o saberás?+ 15  Virás do teu lugar, das partes mais distantes do norte,+ acompanhado de muitos povos, todos montados em cavalos, um grande exército, uma numerosa força militar.+ 16  Virás contra o meu povo Israel como nuvens que cobrem a terra. Na parte final dos dias, vou trazer-te contra a minha terra,+ para que as nações me conheçam quando eu me santificar diante dos seus olhos por meio de ti, ó Gogue.”’+ 17  “Assim diz o Soberano Senhor Jeová: ‘Não és tu aquele de quem falei no passado por meio dos meus servos, os profetas de Israel, que durante muitos anos profetizaram que serias trazido contra eles?’ 18  “‘Nesse dia, o dia em que Gogue invadir a terra de Israel’, diz o Soberano Senhor Jeová, ‘o meu grande furor irá acender-se.+ 19  No meu zelo, no fogo da minha fúria, eu falarei; e, nesse dia, ocorrerá um grande terramoto na terra de Israel. 20  Por minha causa, tremerão os peixes do mar, as aves do céu, os animais selvagens, todos os répteis que rastejam sobre o solo e todos os homens na superfície da terra. Os montes serão derrubados,+ os penhascos irão desmoronar-se, e todas as muralhas cairão por terra.’ 21  “‘Vou convocar contra Gogue uma espada em todas as minhas montanhas’, diz o Soberano Senhor Jeová. ‘A espada de cada um será contra o seu próprio irmão.+ 22  Vou trazer o meu julgamento* contra ele com peste+ e derramamento de sangue. Farei cair uma chuva torrencial, pedras de granizo,+ fogo+ e enxofre+ sobre ele, sobre as suas tropas e sobre os muitos povos que o acompanham.+ 23  Certamente, vou magnificar-me, santificar-me e dar-me a conhecer diante dos olhos de muitas nações; e terão de saber que eu sou Jeová.’

Notas de rodapé

Ou: “príncipe supremo”.
Ou: “príncipe supremo”.
Ou: “broquéis”, pequenos escudos geralmente usados por arqueiros.
Lit.: “guarda”.
Ou: “Serás convocado”.
Ou: “do campo aberto, da zona rural”.
Ou: “leões novos jubados”.
Ou: “Vou entrar em juízo”.

Notas de estudo

Multimédia