37:1-24

37  “Por causa disto, o meu coração bate forteE pula dentro do meu peito.   Escutem atentamente o estrondo da sua voz*E o trovão que sai da sua boca.   Ele solta-o debaixo de toda a extensão dos céusE envia os seus relâmpagos+ até aos confins da terra.   Depois, ouve-se um rugido;Ele troveja com uma voz majestosa,+E não detém os relâmpagos quando se ouve a sua voz.   Deus troveja com a sua voz+ de modo maravilhoso;Faz coisas grandiosas que estão além da nossa compreensão.+   Pois ele diz à neve: ‘Cai sobre a terra’,+ E à chuva torrencial: ‘Cai com toda a força.’+   Deus interrompe toda a atividade humana,*Para que todos os mortais conheçam o Seu trabalho.   Os animais selvagens entram nas tocasE ficam nos esconderijos.   O vendaval sai do seu lugar,+E os ventos do norte trazem o frio.+ 10  Pelo sopro de Deus, produz-se o gelo,+E as grandes extensões de água ficam congeladas.+ 11  Ele carrega as nuvens com humidade;Espalha os seus relâmpagos+ nas nuvens; 12  Elas giram em círculos, guiadas por ele;Fazem tudo o que ele ordena+ sobre a superfície da terra habitada.* 13  E ele faz com que isso aconteça, quer para a punição,*+ quer para o benefício da terra,Quer para demonstrar amor leal.+ 14  Escuta isto, Jó;Para e reflete nas obras maravilhosas de Deus.+ 15  Por acaso, sabes como é que Deus controla as* nuvensE como é que faz o relâmpago sair a brilhar da Sua nuvem? 16  Sabes como é que as nuvens pairam no ar?+ Estas são as obras maravilhosas daquele que é perfeito em conhecimento.+ 17  Porque é que as tuas roupas ficam quentesQuando vem uma calmaria sobre a terra por causa do vento sul?+ 18  Será que tu, juntamente com ele, podes estender* os céus,+Tão sólidos como um espelho de metal? 19  Diz-nos o que lhe devemos dizer;Não podemos responder, porque estamos em escuridão. 20  Devia alguém dizer-lhe que eu gostaria de falar? Será que alguém disse alguma coisa que lhe deveria ser comunicada?+ 21  As pessoas nem sequer conseguem ver a luz,*Embora esteja a brilhar no céu,Até que o vento passe e limpe as nuvens. 22  Do norte vem um esplendor dourado;A majestade de Deus+ inspira temor. 23  Entender o Todo-Poderoso está além do nosso alcance;+Ele é grande em poder+E nunca viola a sua justiça+ e a sua abundante retidão.+ 24  Portanto, as pessoas devem temê-lo.+ Pois ele não mostra favor aos que se consideram sábios.”*+

Notas de rodapé

Isto é, de Deus.
Lit.: “põe um selo na mão de todos os humanos”.
Ou: “do solo produtivo da terra”.
Lit.: “uma vara”.
Ou: “dá ordem às”.
Ou: “achatar”.
Isto é, do sol.
Lit.: “que são sábios de coração”.

Notas de estudo

Multimédia