Isaías 28:1-29

28  Ai da coroa* ostentosa* dos bêbados de Efraim,+E da sua gloriosa beleza, que não passa de uma flor que murcha,Na cabeça do vale fértil dos que foram vencidos pelo vinho!   Vejam! Jeová enviará alguém forte e poderoso. Como um temporal com trovões e granizo, um vendaval destrutivo,Como uma tempestade que causa fortes inundações,Ele irá lançá-la com força ao chão.   A coroa ostentosa* dos bêbados de EfraimSerá pisada.+   E a sua gloriosa beleza, que não passa de uma flor que murcha,Na cabeça do vale fértil,Irá tornar-se como o figo temporão antes do verão. Quando alguém o vê, devora-o assim que o apanha.  Nesse dia, Jeová dos exércitos irá tornar-se uma gloriosa coroa e uma bela grinalda para os que restarem do seu povo.+  Irá tornar-se um espírito de justiça para aquele que se senta para julgar e uma fonte de força para os que repelem o ataque no portão.+   Até mesmo estes se perdem por causa do vinho;As bebidas alcoólicas fazem-nos cambalear. Sacerdotes e profetas perdem-se por causa do álcool;O vinho deixa-os confusos,E cambaleiam por causa da bebida;Perdem-se nas suas visões,E cometem erros no julgamento.+   Pois as suas mesas estão cheias de vómito repugnante— Não há nenhum lugar limpo.   A quem se ensinará,E a quem se explicará a mensagem? Aos que acabaram de ser desmamados,Os que acabaram de ser tirados do peito? 10  Pois são “ordens e mais ordens, ordens e mais ordens,Regras e mais regras, regras e mais regras,*+Um pouco aqui, um pouco ali”. 11  Assim, por meio dos que gaguejam quando falam* e por meio de uma língua estrangeira, ele falará a este povo.+ 12  Ele tinha-lhes dito: “Este é o lugar de descanso. Deixem o cansado descansar; este é o lugar de repouso”, mas não quiseram escutar.+ 13  Por isso, a palavra de Jeová para eles será: “Ordens e mais ordens, ordens e mais ordens,Regras e mais regras, regras e mais regras,*+Um pouco aqui, um pouco ali”, De modo que, quando andarem,Tropeçarão e cairão para trás,E serão quebrados, enlaçados e apanhados.+ 14  Portanto, ouçam a palavra de Jeová, ó fanfarrões,Governantes deste povo, que estão em Jerusalém, 15  Pois vocês dizem: “Fizemos um pacto com a Morte,+E fizemos um acordo* com a Sepultura.* Quando vier a forte inundação,Não nos atingirá,Pois fizemos da mentira o nosso refúgioE escondemo-nos na falsidade.”+ 16  Por isso, assim diz o Soberano Senhor Jeová: “Vejam! Eu ponho como alicerce em Sião uma pedra provada,+A preciosa pedra angular+ de um alicerce seguro.+ Ninguém que exercer fé entrará em pânico.+ 17  E vou fazer da justiça a corda de medir,+E da retidão o nível.*+ O granizo arrasará o refúgio das mentiras,E as águas inundarão o esconderijo. 18  O vosso pacto com a Morte será desfeito,E o vosso acordo com a Sepultura* não ficará de pé.+ Quando vier a forte inundação,Serão arrasados por ela. 19  Cada vez que vier,Irá levar-vos embora;+Pois virá manhã após manhã,Durante o dia e durante a noite. Só o pavor fará com que entendam a mensagem.”* 20  Pois a cama é demasiado curta para se deitar nela,E o lençol é demasiado estreito para se enrolar nele. 21  Porque Jeová se levantará como fez no monte Perazim;Ficará agitado como no vale* perto de Gibeão,+Para realizar o seu ato, o seu ato estranho,E para executar a sua obra, a sua obra incomum.+ 22  Agora, não façam troça,+Para que as vossas correntes não sejam ainda mais apertadas,Pois ouvi do Soberano Senhor, Jeová dos exércitos,Que um extermínio foi decretado para toda esta terra.*+ 23  Deem ouvidos e escutem a minha voz;Prestem atenção e escutem o que eu digo. 24  Será que o lavrador passa o tempo todo a lavrar para semear? Será que ele afofa e aplana o solo sem parar?+ 25  Depois de aplanar a superfície,Não espalha o cominho-preto e semeia o cominho,E não planta o trigo, o painço e a cevada nos lugares certos,E a espelta+ nas beiradas? 26  Pois Ele ensina-o* da maneira certa;O seu Deus instrui-o.+ 27  Pois não é com o trenó debulhador+ que se debulha o cominho-preto,E não se passa a roda de uma carroça sobre o cominho. Mas é com uma vara que se malha o cominho-preto;E o cominho, com um pau. 28  Será que alguém tritura os cereais para fazer pão? Não, ninguém os debulha sem parar;+E quando alguém passa sobre eles o cilindro da carroça com os seus cavalos,Não os esmaga.+ 29  Isto também vem da parte de Jeová dos exércitos;Cujos conselhos* são maravilhososE cujas realizações são grandiosas.*+

Notas de rodapé

Aparentemente, refere-se à capital, Samaria.
Ou: “arrogante; orgulhosa”.
Ou: “arrogante; orgulhosa”.
Ou: “Corda de medir sobre corda de medir, corda de medir sobre corda de medir”.
Lit.: “pelo gaguejar de lábio”.
Ou: “Corda de medir sobre corda de medir, corda de medir sobre corda de medir”.
Ou, possivelmente: “realizámos uma visão”.
Ou: “o Seol”, isto é, a sepultura comum da humanidade. Veja o Glossário.
Ou: “fio de prumo”.
Ou: “o Seol”, isto é, a sepultura comum da humanidade. Veja o Glossário.
Ou, possivelmente: “Quando entenderem, sentirão puro pavor.”
Ou: “na planície”.
Ou: “toda a terra”.
Ou: “Ele disciplina-o; Ele castiga-o”.
Ou: “propósitos”.
Ou: “E cuja sabedoria prática é grandiosa”.

Notas de estudo

Multimédia