Génesis 1:1-31

1  No princípio, Deus criou os céus e a terra.+  A terra estava vazia* e deserta,* e havia escuridão sobre a superfície das águas profundas;*+ e a força ativa*+ de Deus movia-se sobre a superfície das águas.+  E Deus disse: “Que haja luz.” Então houve luz.+  Depois disso, Deus viu que a luz era boa, e Deus começou a separar a luz da escuridão.  Deus chamou à luz “dia”, mas à escuridão chamou “noite”.+ E houve noite e houve manhã, primeiro dia.  Então Deus disse: “Que haja um espaço vasto*+ entre as águas, e haja uma divisão entre águas e águas.”+  Então Deus fez o espaço vasto e separou as águas debaixo do espaço vasto e as águas acima do espaço vasto.+ E assim aconteceu.  Deus chamou ao espaço vasto “céu”. E houve noite e houve manhã, segundo dia.  Então Deus disse: “Que as águas debaixo dos céus se juntem num só lugar, e apareça a terra seca.”+ E assim aconteceu. 10  Deus chamou à terra seca “terra”,+ mas ao ajuntamento de águas ele chamou “mares”.+ E Deus viu que era bom.+ 11  Então Deus disse: “Que a terra faça brotar ervas, plantas que deem sementes e árvores frutíferas segundo as suas espécies,* que deem frutos com sementes.” E assim aconteceu. 12  E a terra começou a produzir ervas, plantas que davam sementes+ e árvores que davam frutos com sementes, segundo as suas espécies.* Então Deus viu que era bom. 13  E houve noite e houve manhã, terceiro dia. 14  Então Deus disse: “Que haja luzeiros*+ no espaço vasto dos céus para fazerem separação entre o dia e a noite,+ e servirão de sinais para marcar épocas,* dias e anos.+ 15  Servirão de luzeiros no espaço vasto dos céus, para iluminar a terra.” E assim aconteceu. 16  E Deus fez os dois grandes luzeiros, o luzeiro maior para dominar o dia+ e o luzeiro menor para dominar a noite, e também as estrelas.+ 17  Assim, Deus colocou-os no espaço vasto dos céus para iluminarem a terra, 18  para dominarem de dia e de noite, e para fazerem uma separação entre a luz e a escuridão.+ Deus viu então que era bom. 19  E houve noite e houve manhã, quarto dia. 20  Então Deus disse: “Que as águas fervilhem de criaturas* vivas, e voem criaturas voadoras por cima da terra, pelo espaço vasto dos céus.”+ 21  E Deus criou os grandes animais* marinhos e todas as criaturas* vivas que se movem e fervilham nas águas, segundo as suas espécies,* e todas as criaturas aladas, voadoras, segundo as suas espécies.* E Deus viu que era bom. 22  Com isso, Deus abençoou-os, dizendo: “Reproduzam-se e tornem-se muitos, encham as águas do mar,+ e tornem-se muitas as criaturas voadoras na terra.” 23  E houve noite e houve manhã, quinto dia. 24  Então Deus disse: “Que a terra produza criaturas* vivas segundo as suas espécies:* animais domésticos, animais rasteiros* e animais selvagens da terra, segundo as suas espécies.”*+ E assim aconteceu. 25  Deus fez os animais selvagens da terra segundo as suas espécies,* os animais domésticos segundo as suas espécies* e todos os animais rasteiros segundo as suas espécies.* E Deus viu que era bom. 26  Então Deus disse: “Façamos+ o homem à nossa imagem,+ segundo a nossa semelhança,+ e que eles tenham domínio sobre os peixes do mar, sobre as criaturas voadoras dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os animais rasteiros que se movem sobre a terra.”+ 27  E Deus criou o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.+ 28  Além disso, Deus abençoou-os e Deus disse-lhes: “Tenham filhos e tornem-se muitos; encham e dominem a terra;+ tenham domínio+ sobre os peixes do mar, sobre as criaturas voadoras dos céus e sobre todas as criaturas vivas que se movem sobre a terra.” 29  Então Deus disse: “Dou-vos todas as plantas que dão sementes, existentes sobre toda a terra, e todas as árvores que tenham frutos com sementes. Que elas vos sirvam de alimento.+ 30  E dou toda a vegetação verde como alimento a todos os animais selvagens da terra, a todas as criaturas voadoras dos céus e a tudo o que se move sobre a terra e em que há vida.”*+ E assim aconteceu. 31  Depois, Deus viu tudo o que tinha feito, e tudo era muito bom.+ E houve noite e houve manhã, sexto dia.

Notas de rodapé

Ou: “sem forma”.
Ou: “e desocupada”.
Ou: “águas agitadas”.
Ou: “o espírito”.
Ou: “uma expansão”.
Ou: “os seus tipos”.
Ou: “os seus tipos”.
Ou: “luzes”.
Ou: “estações”.
Ou: “almas”.
Ou: “os grandes monstros”.
Ou: “almas”.
Ou: “os seus tipos”.
Ou: “os seus tipos”.
Ou: “almas”.
Ou: “os seus tipos”.
Ou: “animais moventes”, que aparentemente incluem répteis e formas de vida animal diferentes das outras categorias mencionadas.
Ou: “os seus tipos”.
Ou: “os seus tipos”.
Ou: “os seus tipos”.
Ou: “os seus tipos”.
Ou: “há vida como alma; há uma alma vivente”.

Notas de estudo

Multimédia