1 Reis 3:1-28

3  Salomão aliou-se por casamento ao Faraó, rei do Egito. Ele casou-se com* a filha do Faraó.+ Ele levou-a para a Cidade de David+ até que acabasse a construção da sua própria casa+ e da casa de Jeová,+ e da muralha à volta de Jerusalém.+  Contudo, o povo ainda oferecia sacrifícios nos altos sagrados,+ porque até àquela época ainda não se tinha construído uma casa para o nome de Jeová.+  Salomão continuava a amar a Jeová, por andar nos decretos de David, seu pai, só que oferecia sacrifícios e queimava ofertas nos altos sagrados.+  O rei foi a Gibeão para oferecer sacrifícios, pois aquele era o alto sagrado mais destacado.*+ Salomão ofereceu mil sacrifícios queimados naquele altar.+  Em Gibeão, Jeová apareceu de noite a Salomão num sonho. Deus disse-lhe: “Pede-me o que gostarias que eu te desse.”+  Então, Salomão disse: “Tu demonstraste grande amor leal ao teu servo David, meu pai, pois ele andou diante de ti de modo fiel e justo, e com um coração reto. E tu continuas a demonstrar-lhe este grande amor leal até ao dia de hoje, dando-lhe um filho para se sentar no seu trono.+  E agora, Jeová, meu Deus, tu fizeste o teu servo rei no lugar de David, meu pai, embora eu seja apenas um jovem inexperiente.*+  O teu servo está entre o povo que escolheste,+ um povo tão grande que não pode ser contado nem enumerado.  Portanto, concede ao teu servo um coração obediente para julgar o teu povo,+ para discernir entre o bem e o mal,+ pois quem é que pode julgar este teu povo, que é tão numeroso?”* 10  O pedido que Salomão fez agradou a Jeová.+ 11  Então Deus disse-lhe: “Visto que pediste isso, e não pediste uma vida longa,* nem riquezas, nem a morte* dos teus inimigos, mas pediste entendimento para ouvir questões judiciais,+ 12  farei o que tu pediste.+ Vou dar-te um coração sábio e entendido,+ de modo que nunca existiu nem existirá ninguém igual a ti.+ 13  Além disso, vou dar-te também o que não pediste,+ tanto riquezas como glória,+ de modo que não existirá nenhum outro rei igual a ti, durante a tua vida.*+ 14  E, se tu andares nos meus caminhos, por guardares os meus decretos e os meus mandamentos, assim como fez David, teu pai,+ também te vou dar uma vida longa.”*+ 15  Quando Salomão acordou, percebeu que tinha sido um sonho. Voltou então para Jerusalém, ficou de pé diante da Arca do Pacto de Jeová e ofereceu sacrifícios queimados e ofertas de participação em comum.+ Fez também um banquete para todos os seus servos. 16  Naqueles dias, duas prostitutas foram ter com o rei e ficaram de pé diante dele. 17  Uma das mulheres disse: “Por favor, meu senhor, eu e esta mulher moramos na mesma casa, e eu dei à luz enquanto ela estava em casa. 18  Três dias depois de eu ter dado à luz, esta mulher também deu à luz. Estávamos juntas, só nós as duas; não havia mais ninguém connosco em casa. 19  Durante a noite, o filho desta mulher morreu, porque ela se deitou sobre ele. 20  Então, ela levantou-se a meio da noite, enquanto eu, a escrava do meu senhor, dormia, e tirou o meu filho do meu lado e colocou-o ao lado* dela; e colocou o filho dela, que estava morto, nos meus braços. 21  Quando me levantei de manhã para amamentar o meu filho, percebi que estava morto. Assim, olhei bem para ele e vi que não era o filho que eu tinha dado à luz.” 22  Contudo, a outra mulher disse: “Não! O meu filho é o vivo, e o teu filho é o morto!” E a primeira mulher dizia: “Não! O teu filho é o morto, e o meu filho é o vivo!” E assim discutiam perante o rei. 23  Por fim, o rei disse: “Uma diz: ‘O meu filho é o que está vivo, e o teu filho é o que está morto!’ e a outra diz: ‘Não! O teu filho é o morto, e o meu filho é o vivo!’” 24  O rei disse: “Tragam-me uma espada.” Assim, trouxeram uma espada ao rei. 25  E o rei disse: “Cortem o menino vivo em dois, e deem metade a uma mulher e metade à outra.” 26  Imediatamente, a mulher cujo filho era o vivo, movida pela compaixão pelo seu filho, implorou ao rei: “Por favor, meu senhor! Deem-lhe o menino vivo! Não o matem!” A outra mulher, porém, dizia: “Ele não será nem meu nem teu! Podem cortá-lo em dois!” 27  Então, o rei disse: “Deem o menino vivo à primeira mulher, não o matem! Ela é a mãe.” 28  E todo o Israel soube da decisão judicial que o rei tinha proferido, e ficaram impressionados* com o rei,+ pois viram que a sabedoria de Deus estava com ele para executar a justiça.+

Notas de rodapé

Ou: “tomou”.
Lit.: “o grande alto”.
Lit.: “e eu sou um rapazinho, e não sei sair nem entrar”.
Ou, possivelmente: “difícil”. Lit.: “pesado”.
Lit.: “muitos dias”.
Ou: “alma”.
Lit.: “todos os teus dias”.
Lit.: “prolongar os teus dias”.
Ou: “nos braços”. Lit.: “no seio”.
Lit.: “atemorizados”.

Notas de estudo

Multimédia