Êxodo 2:1-25

2  Naquela época, um certo homem da casa de Levi casou-se com uma filha de Levi.+  E a mulher ficou grávida e deu à luz um filho. Ao ver que ele era muito bonito, ela manteve-o escondido por três meses.+  Quando já não conseguia continuar a escondê-lo,+ arranjou um cesto* de papiro e revestiu-o de betume e piche.* Depois, colocou lá o menino e pôs o cesto entre os juncos na margem do rio Nilo.  No entanto, a irmã dele+ ficou a uma certa distância para ver o que lhe aconteceria.  Quando a filha do Faraó desceu para tomar banho no Nilo, as suas criadas andavam pela margem do Nilo. Ela viu, então, o cesto no meio dos juncos e, de imediato, mandou a sua escrava apanhá-lo.+  Quando ela o abriu, viu o menino, e o menino estava a chorar. Ela teve pena dele, mas disse: “Este é um dos meninos hebreus.”  Então, a irmã dele disse à filha do Faraó: “Quer que eu chame uma ama hebreia para que ela lhe amamente o menino?”  A filha do Faraó disse-lhe: “Vai!” A menina foi imediatamente e chamou a mãe do menino.+  A filha do Faraó disse-lhe então: “Leva este menino contigo e amamenta-o por mim, e eu pagar-te-ei.” De seguida, a mulher levou o menino e amamentou-o. 10  Quando o menino cresceu, ela levou-o à filha do Faraó, e ele tornou-se um filho para ela.+ Ela chamou-lhe Moisés* e disse: “É porque o tirei da água.”+ 11  E, quando Moisés já era adulto,* ele foi até aos seus irmãos para ver os fardos que levavam,+ e viu também um egípcio a espancar um dos seus irmãos hebreus. 12  Então, olhou para um lado e para o outro e, não vendo ninguém, matou o egípcio e escondeu-o na areia.+ 13  Contudo, no dia seguinte, ele saiu e viu dois hebreus a lutar um com o outro. Portanto, disse ao que não tinha razão: “Porque é que estás a espancar o teu irmão?”+ 14  Ele respondeu: “Quem é que te designou príncipe e juiz sobre nós? Pretendes matar-me assim como mataste o egípcio?”+ Então, Moisés ficou com medo e disse: “Certamente, o que eu fiz foi descoberto!” 15  Depois, o Faraó soube disso e tentou matar Moisés, mas Moisés fugiu do Faraó e foi morar na terra de Midiã.+ Lá, sentou-se junto a um poço. 16  O sacerdote de Midiã+ tinha sete filhas, e elas vieram para tirar água e encher os bebedouros, a fim de dar de beber às ovelhas do seu pai. 17  No entanto, como de costume, chegaram os pastores e enxotaram-nas. Em vista disso, Moisés levantou-se para ajudar* as mulheres, e deu água ao rebanho. 18  Quando elas voltaram para casa, Reuel,*+ seu pai, perguntou, admirado: “Como é que hoje voltaram tão cedo para casa?” 19  Elas responderam: “Um egípcio+ livrou-nos dos pastores, e até tirou água para nós e deu de beber ao rebanho.” 20  Ele disse às suas filhas: “Mas onde está ele? Porque é que deixaram lá o homem? Chamem-no, para que coma connosco.” 21  Depois disso, Moisés concordou em morar na casa deste homem, e ele deu a sua filha Zípora*+ a Moisés em casamento. 22  Mais tarde, ela teve um filho, e ele deu-lhe o nome de Gérson,*+ pois disse: “Tornei-me um residente estrangeiro numa terra estrangeira.”+ 23  Depois de muito tempo,* o rei do Egito morreu,+ mas os israelitas continuavam a gemer por causa da escravidão e a clamar, queixando-se, e o seu clamor por ajuda, por causa da escravidão, continuava a subir ao verdadeiro Deus.+ 24  Então, Deus ouviu o seu gemido,+ e Deus lembrou-se do pacto que tinha feito com Abraão, Isaque e Jacó.+ 25  Assim, Deus voltou a sua atenção para os israelitas e viu o seu sofrimento.

Notas de rodapé

Ou: “uma arca; uma caixa”.
Ou: “pez”.
Que significa “retirado”, isto é, salvo da água.
Ou: “estava a ficar forte”.
Ou: “defender”.
Isto é, Jetro.
Ou: “Séfora”.
Que significa “residente estrangeiro ali”.
Lit.: “muitos dias”.

Notas de estudo

Multimédia