Êxodo 12:1-51

12  Então, Jeová disse a Moisés e a Arão na terra do Egito:  “Este mês será o começo dos meses; será para vocês o primeiro mês do ano.+  Diz a toda a assembleia de Israel: ‘No dia dez deste mês, cada um deve escolher um cordeiro+ para a sua família,* um cordeiro por casa.  Mas, se a família for demasiado pequena para comer o cordeiro, devem comê-lo* na sua casa juntamente com o seu vizinho mais próximo, de acordo com o número de pessoas.* Ao fazer o cálculo, determinem quanto do cordeiro cada um comerá.  O animal deve ser sadio,+ macho de um ano. Podem escolher um cordeiro ou um cabrito.  Será guardado até ao dia 14 deste mês,+ e toda a congregação de Israel* o abaterá entre o pôr do sol e a noite.*+  Pegarão numa parte do seu sangue e deverão aspergi-lo nas ombreiras* e na viga superior da entrada das casas em que o comerem.+  “‘Nessa noite, comerão a carne.+ Devem assá-la no fogo e comê-la com pães sem fermento+ e ervas amargas.+  Não comam nenhuma dessa carne, nem crua nem cozida em água. Assem o animal inteiro no fogo, incluindo a cabeça, as pernas e as vísceras. 10  Não guardem nada para a manhã seguinte; mas, se sobrar alguma coisa na manhã seguinte, deve ser queimada no fogo.+ 11  É deste modo que devem comê-lo: com o cinto na cintura,* as sandálias nos pés e o bastão na mão; e devem comê-lo à pressa. É a Páscoa de Jeová. 12  Pois, nessa noite, passarei pela terra do Egito e matarei todos os primogénitos na terra do Egito, desde homens até animais;+ e executarei o julgamento contra todos os deuses do Egito.+ Eu sou Jeová. 13  O sangue irá servir-vos de sinal nas casas em que estiverem; eu verei o sangue e irei passar-vos por alto, e a praga não vos sobrevirá para vos destruir quando eu golpear a terra do Egito.+ 14  “‘Este dia será para vocês um dia de recordação. Celebrem-no como uma festividade para Jeová por todas as vossas gerações. Devem celebrá-lo, pois é um decreto permanente. 15  Devem comer pães sem fermento por sete dias.+ Sim, no primeiro dia devem retirar o fermento das vossas casas, pois a pessoa* que comer algo que tenha fermento,* do primeiro ao sétimo dia, será eliminada de Israel.* 16  No primeiro dia realizarão um santo congresso, e no sétimo dia outro santo congresso. Não se deve fazer nenhum trabalho nesses dias.+ Só poderão preparar o necessário para cada um* comer. 17  “‘Celebrem a Festividade dos Pães sem Fermento,+ pois nesse mesmo dia tirarei as vossas multidões* da terra do Egito. E guardem esse dia por todas as vossas gerações. Isto é um decreto permanente. 18  Devem comer pães sem fermento no primeiro mês, do anoitecer do dia 14 do mês até ao anoitecer do dia 21 do mês.+ 19  Por sete dias, não se deve achar nenhum fermento nas vossas casas, porque a pessoa* que comer algo que tenha fermento, seja estrangeiro, seja israelita de nascimento,+ será eliminada da assembleia de Israel.*+ 20  Não devem comer nada que tenha fermento. Em todas as casas, devem comer pães sem fermento.’” 21  Moisés chamou prontamente todos os anciãos de Israel+ e disse-lhes: “Escolham um animal do rebanho* para cada família e abatam o sacrifício pascoal. 22  Depois, mergulhem um feixe de hissopo no sangue que estiver na bacia e marquem com o sangue a viga superior e as duas ombreiras da entrada* da casa; e nenhum de vocês deve sair de casa até ao amanhecer. 23  Então, quando Jeová passar para ferir os egípcios e vir o sangue na viga superior e nas ombreiras da entrada,* Jeová certamente passará por alto a entrada e não permitirá que a praga da morte* entre nas vossas casas.+ 24  “Celebrem esta ocasião; isto é um decreto permanente para vocês e para os vossos filhos.+ 25  Quando entrarem na terra que Jeová vos dará, assim como ele declarou, realizem esta celebração.+ 26  E, quando os vossos filhos vos perguntarem: ‘O que é que esta celebração significa para vocês?’,+ 27  respondam: ‘É o sacrifício da Páscoa para Jeová, que passou por alto as casas dos israelitas no Egito, quando feriu os egípcios, mas poupou as nossas casas.’” Então, o povo curvou-se e prostrou-se. 28  E os israelitas fizeram assim como Jeová tinha ordenado a Moisés e a Arão.+ Fizeram exatamente assim. 29  Então, à meia-noite, Jeová matou todos os primogénitos na terra do Egito,+ desde o primogénito do Faraó que estava sentado no trono até ao primogénito do cativo que se encontrava na prisão,* e todos os primogénitos dos animais.+ 30  Naquela noite, o Faraó levantou-se, assim como todos os seus servos e todos os outros egípcios, e houve um grande clamor entre os egípcios, pois não havia casa em que não houvesse um morto.+ 31  Ele chamou imediatamente Moisés e Arão+ à noite e disse: “Levantem-se e saiam já do meio do meu povo, tanto vocês como os outros israelitas. Vão e sirvam a Jeová, assim como disseram.+ 32  Levem também os vossos rebanhos e manadas, assim como disseram.+ Mas abençoem-me também a mim.” 33  E os egípcios começaram a pressionar o povo para que saísse depressa+ do país, pois diziam: “A bem dizer, é como se já estivéssemos todos mortos!”+ 34  Então, o povo levou a massa de pão ainda sem fermento, e sobre os ombros levou as amassadeiras* embrulhadas nas suas roupas. 35  Os israelitas fizeram o que Moisés lhes tinha dito e pediram aos egípcios artigos de prata e de ouro, bem como roupas.+ 36  Jeová fez com que o povo fosse visto com favor aos olhos dos egípcios, de modo que estes lhes deram o que pediram; e eles despojaram os egípcios.+ 37  Os israelitas partiram então de Ramessés+ para Sucote,+ cerca de 600 000 homens a pé, além das crianças.+ 38  E com eles foi também um grande número de não israelitas,*+ bem como grandes rebanhos e manadas de gado. 39  Com a massa que levaram do Egito, começaram a assar pães redondos sem fermento. Eram sem fermento porque eles tinham sido expulsos do Egito tão repentinamente que não tiveram tempo de preparar provisões para si.+ 40  O tempo de morada dos israelitas, que moraram no Egito,+ foi de 430 anos.+ 41  No dia em que se completaram os 430 anos, todas as multidões* de Jeová saíram da terra do Egito. 42  Esta é uma noite em que celebrarão o facto de que Jeová os tirou da terra do Egito. É uma noite que todo o povo de Israel deve celebrar para Jeová, por todas as suas gerações.+ 43  Jeová disse a Moisés e a Arão: “Esta é a lei referente à Páscoa: nenhum estrangeiro pode comer da refeição pascoal.+ 44  Mas, se alguém tiver um escravo que foi comprado com dinheiro, este deve ser circuncidado.+ Só então é que ele poderá comer dela. 45  O colono e o trabalhador contratado não podem comer dela. 46  O cordeiro deve ser comido numa única casa. Não leves nenhuma da carne para fora da casa, nem partam nenhum dos seus ossos.+ 47  Toda a assembleia de Israel deve celebrar a Páscoa. 48  Se um estrangeiro que mora convosco quiser celebrar a Páscoa para Jeová, todos os do sexo masculino da sua casa deverão ser circuncidados. Só então é que ele poderá aproximar-se para participar da celebração, e ele há de tornar-se como um israelita de nascimento. No entanto, nenhum incircunciso pode comer dela.+ 49  A mesma lei será aplicada tanto ao israelita como ao estrangeiro que mora no vosso meio.”+ 50  Portanto, todos os israelitas fizeram assim como Jeová tinha ordenado a Moisés e a Arão. Fizeram exatamente assim. 51  Naquele mesmo dia, Jeová tirou os israelitas e as suas multidões* da terra do Egito.

Notas de rodapé

Lit.: “casa de pais”.
Ou: “ele deve comê-lo”.
Ou: “almas”.
Lit.: “toda a congregação da assembleia de Israel”.
Lit.: “entre os dois anoiteceres”.
Ou: “laterais”.
Lit.: “com as vossas ancas cingidas”.
Ou: “alma”.
Isto é, “massa levedada”. Uma pequena porção de massa fermentada usada para fermentar outra porção de massa.
Isto é, será morta.
Ou: “cada alma”.
Lit.: “os vossos exércitos”.
Ou: “alma”.
Isto é, será morta.
Isto é, um cordeiro ou um cabrito.
Ou: “laterais”.
Ou: “laterais”.
Lit.: “a ruína”.
Lit.: “casa da cisterna”.
Ou: “tigelas”.
Ou: “uma vasta mistura de gente”. Isto é, um grande número de estrangeiros, incluindo egípcios.
Lit.: “todos os exércitos”.
Lit.: “os seus exércitos”.

Notas de estudo

Multimédia