Ir para conteúdo

Ir para menu secundário

Ir para conteúdo

Testemunhas de Jeová

Língua Gestual Portuguesa

Como Ter uma Vida Satisfatória

 Parte 4

O Autor do Livro Incomparável

O Autor do Livro Incomparável

EMBORA cerca de 96 por cento dos americanos afirmem acreditar em Deus, a porcentagem é bem menor entre europeus e asiáticos. Mesmo nos países onde a maioria da população professa descrença na existência de um Deus pessoal, um bom número de pessoas aceita a ideia de que alguma força desconhecida deu origem ao Universo físico. O renomado educador japonês, Yukichi Fukuzawa, cujo rosto está estampado na nota de 10 mil ienes, escreveu em certa ocasião: “Diz-se que o céu não cria um homem superior ou inferior ao outro.” Com a palavra “céu”, Fukuzawa se referia a um princípio da natureza que ele achava ter produzido os humanos. Muitos aceitam a ideia da existência de tal “céu” abstrato, como o ganhador do prêmio Nobel, Kenichi Fukui. Ele disse crer na existência de uma grande estrutura no Universo — algo equivalente a “Deus” na terminologia religiosa — mas chamou tal estrutura de “idiossincrasia da natureza”.

Esquerda: Yukichi Fukuzawa; Direita: Kenichi Fukui

2 Esses intelectuais acreditavam que algo ou alguém eterno pôs em movimento tudo o que existe no Universo. Por quê? Bem, pense no seguinte: o Sol é uma estrela tão grande que pode abrigar um milhão de planetas Terra em seu interior, mas é apenas um ponto na Via Láctea. A Via Láctea, por sua vez, é apenas uma dentre os bilhões de galáxias no Universo. Observações científicas parecem indicar que essas galáxias estão se afastando umas das outras em grande velocidade. Deve ter sido necessária uma vasta quantidade de energia dinâmica para colocar o Universo em movimento. Quem ou qual foi a fonte dessa energia? “Levantai ao alto os vossos olhos e vede. Quem criou estas coisas?”, pergunta a Bíblia. “Foi Aquele que faz sair o exército delas até mesmo por número, chamando a todas elas por nome. Devido à abundância de energia dinâmica, sendo ele também vigoroso em poder, não falta nem sequer uma delas.” (Isaías 40:25, 26) Esses versículos indicam que houve alguém que colocou o Universo em movimento — a Fonte da “energia dinâmica”.

Galáxia Sombrero

3 Pense também sobre a vida na Terra. Será que a vida poderia ser fruto da geração espontânea, como afirmam os evolucionistas? O bioquímico Michael Behe declara: “Embora a ciência tenha feito enormes progressos na compreensão de como funciona a química da vida, a sofisticação e a complexidade dos sistemas biológicos no nível molecular paralisaram suas tentativas de explicar as origens dos mesmos. . . . Muitos cientistas afirmaram corajosamente que já têm tais explicações, ou que as terão mais cedo ou mais tarde, mas nenhum apoio para essas alegações pode ser encontrado na literatura científica. Mais importante ainda, há razões convincentes — baseadas na própria estrutura dos sistemas [biomoleculares] — para se pensar que uma explicação darwiniana dos mecanismos da vida será para sempre enganosa.”

“O dobramento de uma proteína típica . . . pode ser comparado a um quebra-cabeça de armar em três dimensões”, diz Michael Behe. Contudo, o corpo humano pode conter centenas de milhares desses quebra-cabeças. Os cientistas estão tentando montá-los, mas quem os projetou?

4 Está realmente satisfeito com a teoria humana de que a vida veio a existir sem interferência de uma força intelectual? Analisemos o que alguns consideram “o objeto mais complexo do Universo”, o cérebro humano, e vejamos a que conclusões chegamos. “O desempenho até mesmo do mais avançado computador de rede neural”, diz o Dr. Richard M. Restak, “tem cerca de um décimo de milésimo da capacidade . . . de uma mosca”. O cérebro humano é muito superior ao de uma mosca. Está programado para aprender idiomas. Ele conserta a si mesmo, reescreve programas e aprimora sua própria capacidade. Sem dúvida, concorda que mesmo um poderoso supercomputador com apenas “um décimo de milésimo da capacidade . . . de uma mosca” tem um projetista inteligente. E o cérebro humano? *

5 Há cerca de 3 mil anos, numa época em que os humanos não compreendiam plenamente as maravilhas de sua própria estrutura física, um escritor bíblico meditou sobre a constituição do corpo humano e disse: “Elogiar-te-ei porque fui feito maravilhosamente, dum modo atemorizante. Teus trabalhos são maravilhosos, de que minha alma está bem apercebida.” Sem saber da existência das moléculas de DNA, ele escreveu: “Teus olhos viram até mesmo meu embrião, e todas as suas partes estavam assentadas por escrito no teu livro.” (Salmo 139:14, 16) Sobre quem falava? Quem deu origem a tudo o que existe no Universo por meio da “abundância de energia dinâmica”?

Qual tem mais capacidade, o mais avançado computador de rede neural ou uma simples mosca?

6 O primeiro versículo da Bíblia diz: “No princípio Deus criou os céus e a terra.” (Gênesis 1:1) Ele também é o Autor da Bíblia, Aquele que inspirou seu conteúdo. Ele descreve a si mesmo como uma pessoa com quem podemos ter um relacionamento significativo.

^ par. 4 Achará interessante ler mais detalhes sobre isso nos capítulos 2 a 4 do livro Existe um Criador Que Se Importa com Você?, publicado pelas Testemunhas de Jeová.