Ir para conteúdo

Ir para menu secundário

Ir para conteúdo

Testemunhas de Jeová

Língua Gestual Portuguesa

A Bíblia — Qual É a Sua Mensagem?

SECÇÃO 22

Os apóstolos pregam destemidamente

Os apóstolos pregam destemidamente

A congregação cristã cresce rapidamente apesar da perseguição

DEZ dias depois de Jesus subir ao céu, cerca de 120 de seus discípulos reuniram-se numa casa em Jerusalém na época da festividade judaica de Pentecostes, em 33 EC. De repente, um barulho semelhante ao de um vento impetuoso encheu a casa. Os discípulos milagrosamente começaram a falar em línguas que não conheciam. O que poderia explicar esses estranhos eventos? Deus tinha dado seu espírito santo aos discípulos.

Fora da casa havia uma multidão, pois visitantes de muitos países estavam ali para a festividade. Eles ficaram impressionados ao ouvir suas próprias línguas serem faladas fluentemente pelos discípulos de Jesus. Explicando o que tinha acontecido, Pedro referiu-se à profecia de Joel de que Deus ‘derramaria’ seu espírito, concedendo dons milagrosos àqueles que o recebessem. (Joel 2:28, 29) Essa poderosa evidência de operação do espírito santo tornava claro que uma importante mudança havia ocorrido: o favor de Deus tinha mudado de Israel para a recém-formada congregação cristã. Agora, quem desejasse servir a Deus de modo aceitável tinha de tornar-se seguidor de Cristo.

Entretanto, a oposição aumentou e os inimigos prenderam os discípulos. Mas, durante a noite, o anjo de Jeová abriu as portas da prisão e disse aos discípulos que continuassem a pregar. Ao amanhecer, eles fizeram exatamente isso. Entraram no templo e começaram a ensinar as boas novas a respeito de Jesus. Seus opositores religiosos ficaram furiosos e ordenaram-lhes que parassem de pregar. Corajosamente, os apóstolos responderam: “Temos de obedecer a Deus como governante antes que aos homens.” — Atos 5:28, 29.

A perseguição se intensificou. Certos judeus acusaram o discípulo Estêvão de blasfêmia e o apedrejaram até a morte. Um jovem — Saulo de Tarso — presenciou e aprovou esse assassinato. Então, ele foi a Damasco para prender qualquer pessoa que fosse seguidora de Cristo. Quando Saulo seguia pela estrada, uma luz do céu brilhou em volta dele e uma voz disse: “Saulo, Saulo, por que me persegues?” Cego por causa da luz, Saulo perguntou: “Quem és?” A voz respondeu: “Eu sou Jesus.” — Atos 9:3-5.

Três dias depois, Jesus enviou um discípulo chamado Ananias para restaurar a visão de Saulo. Saulo foi batizado e começou a pregar corajosamente a respeito de Jesus. Ele ficou conhecido como apóstolo Paulo e tornou-se um membro zeloso da congregação cristã.

Os discípulos de Jesus declaravam as boas novas do Reino de Deus apenas aos judeus e samaritanos. Agora um anjo apareceu a Cornélio, um militar romano temente a Deus, dizendo-lhe que mandasse chamar o apóstolo Pedro. Junto com outros, Pedro pregou a Cornélio e sua família. Enquanto Pedro falava, o espírito santo desceu sobre esses crentes gentios, e o apóstolo orientou-os a se batizarem em nome de Jesus. O caminho para a vida eterna estava agora aberto a pessoas de todas as nações. A congregação estava pronta para divulgar as boas novas por toda a parte.

— Baseado em Atos 1:1–11:21.