Ir para conteúdo

Ir para menu secundário

Ir para conteúdo

Testemunhas de Jeová

Língua Gestual Portuguesa

A Bíblia — Qual É a Sua Mensagem?

SECÇÃO 17

Jesus ensina a respeito do Reino de Deus

Jesus ensina a respeito do Reino de Deus

Jesus ensina muitas coisas a seus discípulos, mas focaliza um só tema — o Reino de Deus

QUAL era a missão de Jesus na Terra? Ele mesmo responde: “Tenho de declarar as boas novas do reino de Deus . . . , porque fui enviado para isso.” (Lucas 4:43) Considere quatro coisas que Jesus ensinou a respeito desse Reino, que era o tema central de sua pregação.

1. Jesus foi designado Rei. Jesus disse sem rodeios que era o predito Messias. (João 4:25, 26) Ele mostrou também que era o Rei que o profeta Daniel havia observado em visão. Jesus disse aos seus apóstolos que um dia ele se sentaria num “glorioso trono” e que eles da mesma forma se sentariam em tronos. (Mateus 19:28) Ele se referiu a esse grupo de governantes como seu “pequeno rebanho”, e disse também que tinha “outras ovelhas”, que não faziam parte desse grupo. — Lucas 12:32; João 10:16.

2. O Reino de Deus promoveria a verdadeira justiça. Jesus indicou que o Reino acabaria com a maior das injustiças por santificar, ou tornar santo, o nome de Jeová Deus e livrá-lo de todo o vitupério que Satanás tem lançado sobre ele desde a rebelião no Éden. (Mateus 6:9, 10) Além disso, Jesus diariamente demonstrava imparcialidade por ensinar homens e mulheres, ricos e pobres, sem distinção. Embora sua missão fosse ensinar em especial os israelitas, ele também ajudou samaritanos e gentios, ou não judeus. Ao contrário dos líderes religiosos de seus dias, ele não demonstrou nenhum traço de preconceito ou favoritismo.

3. O Reino de Deus não faria parte deste mundo. Jesus viveu num período muito conturbado. Sua terra natal estava sob o domínio de uma potência estrangeira. Mas ele resistiu à tentativa de certas pessoas de envolvê-lo nos assuntos políticos de seus dias. (João 6:14, 15) Ele disse a um político: “Meu reino não faz parte deste mundo.” (João 18:36) A seus seguidores, ele disse: “Não fazeis parte do mundo.” (João 15:19) Ele não permitiria que usassem armas de guerra, nem mesmo para defendê-lo. — Mateus 26:51, 52.

“Ele viajava . . . de aldeia em aldeia, pregando e declarando as boas novas do reino de Deus.” — Lucas 8:1

4. O governo de Cristo seria baseado no amor. Jesus prometeu revigorar as pessoas, aliviar os seus fardos. (Mateus 11:28-30) Ele cumpriu a sua palavra. Deu conselhos amorosos e práticos sobre lidar com a ansiedade, melhorar relacionamentos, combater o materialismo e encontrar a felicidade. (Mateus, capítulos 5-7) Por ser amoroso, pessoas de todas as classes sociais o achavam acessível. Até mesmo os mais oprimidos afluíam a ele na certeza de que seriam tratados com bondade e dignidade. Que maravilhoso Governante Jesus será!

Jesus ensinou a respeito do Reino de Deus de ainda outra maneira muito poderosa — realizando muitos milagres. Por que fez isso? Vejamos.

— Baseado nos livros de Mateus, Marcos, Lucas e João.