Lucas 12:1-59

  • Fermento dos fariseus (1-⁠3)

  • Temam a Deus, não homens (4-⁠7)

  • Declarar estar em união com Cristo (8-12)

  • Ilustração do rico insensato (13-21)

  • Parem de se preocupar tanto (22-34)

    • Pequeno rebanho (32)

  • Manter a vigilância (35-40)

  • O mordomo fiel e o infiel (41-48)

  • Não paz, mas divisão (49-53)

  • Necessidade de examinar os tempos (54-56)

  • Resolver disputas (57-59)

12  Entretanto, juntou-se uma multidão de muitos milhares, a ponto de se atropelarem uns aos outros, e ele começou a falar, dirigindo-se primeiro aos discípulos: “Tenham cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia.+  Mas não há nada cuidadosamente oculto que não venha a ser revelado, e não há nada secreto que não se torne conhecido.+  Portanto, tudo o que vocês dizem na escuridão será ouvido na luz, e o que sussurram em aposentos reservados será pregado dos terraços das casas.  Além disso, digo-vos, meus amigos:+ Não temam os que matam o corpo e que, depois disso, já não podem fazer mais nada.+  Mas eu vou mostrar-vos a quem devem temer: temam Aquele que, depois de matar, tem autoridade para lançar na Geena.*+ Sim, digo-vos, é a esse que devem temer.+  Não se vendem cinco pardais por duas moedas de pequeno valor?* Contudo, nem sequer um deles é esquecido* por Deus.+  Mas até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.+ Não tenham medo; vocês valem mais do que muitos pardais.+  “Digo-vos: Todo aquele que declarar diante dos homens que está em união comigo,+ o Filho do Homem também declarará, diante dos anjos de Deus, estar em união com ele.+  Mas quem me negar diante dos homens será negado diante dos anjos de Deus.+ 10  E todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do Homem será perdoado; mas quem blasfemar contra o espírito santo não será perdoado.+ 11  Quando vos levarem diante de assembleias públicas,* funcionários do governo e autoridades, não fiquem preocupados* quanto a como falar ou com o que falar em vossa defesa, ou com o que dirão,+ 12  pois o espírito santo há de ensinar-vos nesse preciso momento o que devem dizer.”+ 13  A seguir, alguém na multidão lhe disse: “Instrutor, diga ao meu irmão que divida comigo a herança.” 14  Ele respondeu-lhe: “Homem, quem me designou como juiz ou me deu o direito de repartir os bens entre vocês os dois?” 15  Então, disse-lhes: “Mantenham os olhos abertos e resguardem-se de todo o tipo de ganância,*+ porque, mesmo quando alguém tem abundância, a sua vida não vem das coisas que possui.”+ 16  Com isso, contou-lhes uma ilustração, dizendo: “A terra de um homem rico produziu bem. 17  Por isso, ele começou a raciocinar no íntimo: ‘O que farei agora que não tenho onde guardar a minha colheita?’ 18  E disse: ‘Farei o seguinte:+ derrubarei os meus celeiros e construirei maiores, e ali guardarei todos os meus cereais e todos os meus bens; 19  e direi a mim mesmo:* “Tu* tens muitas coisas boas armazenadas para muitos anos. Descansa, come, bebe, diverte-te.”’ 20  Porém, Deus disse-lhe: ‘Insensato, esta noite, exigirão de ti a tua vida.* Quem ficará, então, com as coisas que acumulaste?’+ 21  Isto é o que acontece com o homem que acumula tesouros para si, mas não é rico para com Deus.”+ 22  Depois, ele disse aos discípulos: “É por isso que eu vos digo: Parem de se preocupar tanto* com a vossa vida,* quanto ao que comer, e com o vosso corpo, quanto ao que vestir.+ 23  Pois a vida* vale mais do que o alimento, e o corpo mais do que a roupa. 24  Vejam os corvos: eles não semeiam nem colhem, não têm nem celeiro nem depósito; contudo, Deus alimenta-os.+ Será que vocês não valem muito mais do que as aves?+ 25  Quem entre vocês, por estar ansioso, pode acrescentar um côvado* à duração da sua vida? 26  Portanto, se não podem fazer uma coisa tão pequena, porque se preocupam tanto com as outras coisas?+ 27  Vejam como os lírios crescem: eles não trabalham nem fiam; mas digo-vos que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestia como um deles.+ 28  Então, se Deus veste assim a vegetação do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais vos vestirá a vocês, homens de pouca fé! 29  Assim, parem de procurar o que comer e o que beber, e parem de ficar excessivamente preocupados;+ 30  porque é por todas estas coisas que as nações do mundo se empenham ansiosamente, mas o vosso Pai sabe que necessitam destas coisas.+ 31  Em vez disso, continuem a buscar o seu Reino, e estas coisas vos serão acrescentadas.+ 32  “Não temam, pequeno rebanho,+ porque o vosso Pai se agradou em dar-vos o Reino.+ 33  Vendam as vossas coisas e deem aos pobres.*+ Façam bolsas de dinheiro que não se gastem, um tesouro que nunca acabe, nos céus,+ onde o ladrão não chega nem a traça consome. 34  Pois onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração. 35  “Estejam vestidos e preparados,*+ estejam com as vossas lâmpadas acesas,+ 36  sejam como homens que esperam que o seu senhor volte+ do casamento,+ para que, quando ele vier e bater à porta, possam abri-la imediatamente. 37  Felizes aqueles escravos cujo senhor, quando vier, os encontrar a vigiar! Digo-vos a verdade: Ele irá vestir-se* para servir, fará com que se recostem à mesa e virá servi-los. 38  E, se ele vier na segunda vigília,* ou mesmo na terceira,* e os encontrar preparados, felizes são eles! 39  Mas saibam que, se o dono da casa soubesse a que horas viria o ladrão, não deixaria que a sua casa fosse arrombada.+ 40  Também vocês, mantenham-se prontos, porque o Filho do Homem virá numa hora que não acham provável.”+ 41  Pedro perguntou então: “Senhor, esta ilustração é só para nós ou também é para todos?” 42  E o Senhor disse: “Quem é realmente o mordomo fiel,* o prudente,* a quem o seu senhor encarregará do grupo de assistentes* para lhes continuar a dar a sua medida de mantimentos no tempo apropriado?+ 43  Feliz é esse escravo se o seu senhor, quando vier, o encontrar a fazer isso! 44  Digo-vos a verdade: Ele vai encarregá-lo de todos os seus bens. 45  Mas, se aquele escravo disser no coração: ‘O meu senhor demora-se’, e começar a espancar os servos e as servas, e a comer, a beber e a embriagar-se,+ 46  o senhor desse escravo virá num dia que ele não espera e numa hora que ele não sabe, e irá puni-lo com a maior severidade e designar-lhe um lugar entre os infiéis. 47  Então, aquele escravo que entendeu a vontade do seu senhor, mas não se preparou nem fez o que ele lhe pediu,* será espancado com muitos golpes.+ 48  Mas aquele que não entendeu e fez coisas que merecem punição será espancado com poucos golpes. Realmente, de todo aquele a quem muito foi dado, muito será exigido; e daquele que foi encarregado de muito, será exigido mais do que o normal.+ 49  “Eu vim para atear um fogo na terra, e o que mais posso desejar se ele já foi aceso? 50  Realmente, tenho um batismo com que devo ser batizado, e como estou aflito até que ele termine!+ 51  Pensam que eu vim trazer paz à terra? Digo-vos que não! Em vez disso, vim trazer divisão.+ 52  Pois, de agora em diante, haverá cinco numa casa, que estarão divididos uns contra os outros: três contra dois e dois contra três. 53  Estarão divididos, pai contra filho e filho contra pai, mãe contra filha e filha contra mãe, sogra contra nora e nora contra sogra.”+ 54  Ele disse também às multidões: “Quando veem uma nuvem a surgir no ocidente, dizem imediatamente: ‘Vem aí uma tempestade’, e assim acontece. 55  E, quando veem que está a soprar um vento do sul, dizem: ‘Vem aí uma onda de calor’, e assim ocorre. 56  Hipócritas! Vocês sabem examinar a aparência da terra e do céu, mas como é que não sabem examinar este tempo específico?+ 57  Porque não julgam também por vocês mesmos o que é justo? 58  Por exemplo, enquanto tu e o teu adversário estiverem a ir a uma autoridade, empenha-te, no caminho, em resolver a disputa com ele, para que não te leve perante o juiz e o juiz te entregue ao oficial de justiça, e o oficial de justiça te meta na prisão.+ 59  Digo-te: De modo algum sairás de lá até pagares a tua última pequena moeda.”*

Notas de Rodapé

Lit.: “por dois assários”. Veja o Ap. B14.
Ou: “despercebido”.
Ou: “diante de sinagogas”.
Ou: “ansiosos”.
Ou: “cobiça”.
Ou: “à minha alma”.
Ou: “Alma, tu”.
Ou: “alma”.
Ou: “de estar ansiosos”.
Ou: “alma”.
Ou: “alma”.
Veja o Ap. B14.
Ou: “e façam dádivas de misericórdia”. Veja o Glossário, “Dádivas de misericórdia”.
Lit.: “Que os vossos lombos estejam cingidos”.
Ou: “cingir-se”.
Desde aproximadamente as 9h da noite à meia-noite.
Da meia-noite a aproximadamente as 3h da madrugada.
Ou: “fiel administrador da casa”.
Ou: “sábio; discreto”.
Ou: “servos domésticos”.
Ou: “nem agiu em harmonia com a sua vontade”.
Lit.: “o último lépton”. Veja o Ap. B14.