Ir para conteúdo

Ir para índice

 ESTUDO 25

Confie em Jeová quando estiver ansioso

Confie em Jeová quando estiver ansioso

Estou aflito e muito abatido.” — SAL. 38:6.

CÂNTICO 30 Meu Deus, Meu Amigo e Pai

O QUE VAMOS VER *

1. Porque é que precisamos de levar a sério o aviso de Jesus?

NA SUA profecia sobre os últimos dias, Jesus disse: ‘Tenham cuidado para que o vosso coração nunca fique sobrecarregado com as ansiedades da vida.’ (Luc. 21:34) Precisamos de levar a sério este aviso. Porquê? Como vivemos nos últimos dias, temos de lidar com os problemas stressantes que toda a gente enfrenta.

2. Que tipo de problemas stressantes é que os nossos irmãos enfrentam?

2 Às vezes, temos de lidar com vários problemas stressantes ao mesmo tempo. Veja alguns exemplos. Um irmão chamado John, * que sofre de esclerose múltipla, ficou arrasado quando a sua esposa o abandonou depois de dezanove anos de casamento. Em seguida, as suas duas filhas pararam de servir a Jeová. Já o casal Bob e Linda enfrentou outro tipo de problemas. Os dois perderam o emprego e, como deixaram de ter condições para pagar a casa em que moravam, tiveram de sair dela. Além disso, Linda descobriu que tinha uma doença no coração que poderia ser fatal, além de uma doença no seu sistema imunitário.

3. De acordo com Filipenses 4:6, 7, de que é que podemos ter a certeza?

3 Jeová é o nosso Criador e Pai amoroso. Por isso, podemos ter a certeza de uma coisa: Jeová entende como a ansiedade pode afetar-nos e quer ajudar-nos a enfrentar qualquer problema que tenhamos. (Leia Filipenses 4:6, 7.) A Bíblia fala sobre vários desafios que os servos de Deus enfrentaram no  passado. Também mostra como Jeová ajudou cada um deles a lidar com as suas ansiedades. Vamos ver alguns exemplos.

ELIAS – “UM HOMEM COM SENTIMENTOS IGUAIS AOS NOSSOS”

4. Que desafios enfrentou Elias, e o que é que ele sentiu em relação a Jeová?

4 O profeta Elias viveu num período muito complicado e enfrentou grandes desafios. Naquela época, o rei de Israel era Acabe, e ele não era fiel a Jeová. Acabe casou-se com Jezabel, uma mulher muito má que adorava Baal. Juntos, Acabe e Jezabel encheram o país com a adoração de Baal e assassinaram muitos dos profetas de Jeová. Elias conseguiu escapar. E, por confiar em Jeová, conseguiu sobreviver durante um período de grande fome. (1 Reis 17:2-4, 14-16) Além disso, Elias confiou em Jeová quando enfrentou os profetas e adoradores de Baal. Ele incentivou os israelitas a ficar do lado de Jeová. (1 Reis 18:21-24, 36-38) Durante toda essa época stressante, Elias sentiu muitas vezes que Jeová o estava a apoiar.

Jeová enviou um anjo para ajudar Elias a recuperar as forças (Veja os parágrafos 5 e 6.) *

5-6. De acordo com 1 Reis 19:1-4, como é que Elias se estava a sentir, e como é que Jeová lhe mostrou o quanto o amava?

5 Leia 1 Reis 19:1-4. No entanto, quando a rainha Jezabel ameaçou matar Elias, ele ficou com medo e fugiu para a região de Berseba. Elias ficou tão desanimado que “pediu para morrer”. Porque é que ele se sentiu assim? Elias era um homem imperfeito, “um homem com sentimentos iguais aos nossos”. (Tia. 5:17) Talvez tenha sido dominado pela  ansiedade e pelo cansaço físico. Pelos vistos, Elias achava que todo o seu esforço de promover a adoração verdadeira não tinha adiantado nada. Para ele, a situação em Israel continuava igual e não existia ninguém além dele que ainda servisse a Jeová. (1 Reis 18:3, 4, 13; 19:10, 14) A reação deste profeta fiel até pode deixar-nos surpreendidos. Mas Jeová entendia o que Elias estava a sentir.

6 Jeová não criticou Elias quando ele lhe contou como se estava a sentir. Em vez disso, ajudou-o a recuperar as forças. (1 Reis 19:5-7) Mais tarde, Jeová, de forma bondosa, corrigiu o modo de pensar de Elias por fazer uma demonstração do Seu grande poder. A seguir, Jeová disse-lhe que ainda havia 7 mil pessoas em Israel que se tinham recusado a adorar Baal. (1 Reis 19:11-18) Jeová fez tudo isso para mostrar a Elias o quanto o amava.

COMO JEOVÁ VAI AJUDAR-NOS

7. Porque é que o modo como Jeová lidou com Elias é encorajador para nós?

7 Está a passar por algum problema stressante? Se estiver, pode ser muito consolador lembrar-se de que Jeová entendia os sentimentos de Elias! Isso é uma garantia de que ele também entende as nossas dificuldades. Jeová conhece bem as nossas limitações e até sabe quais são os nossos pensamentos e sentimentos. (Sal. 103:14; 139:3, 4) Se confiarmos em Jeová, assim como Elias, podemos ter a certeza de que ele vai ajudar-nos a lidar com qualquer problema que possa deixar-nos ansiosos. — Sal. 55:22.

8. Como é que Jeová vai ajudá-lo a lidar com a ansiedade?

8 A ansiedade pode encher a sua mente de pensamentos negativos e deixá-lo desanimado. Se esse for o seu caso, lembre-se de que Jeová vai ajudá-lo a lidar com a ansiedade. Como é que ele vai fazer isso? Por meio da oração. Deus quer que você ore e lhe diga quais são as suas preocupações. Ele vai responder ao seu pedido de ajuda. (Sal. 5:3; 1 Ped. 5:7) Por isso, ore sempre a Jeová sobre problemas que lhe estejam a tirar a paz. Ele não vai falar diretamente consigo como falou com Elias, mas vai falar por meio da Bíblia e da congregação. Na Bíblia, encontrará relatos que lhe podem dar consolo e esperança. Na congregação, tem a companhia de irmãos e irmãs que podem encorajá-lo. — Rom. 15:4; Heb. 10:24, 25.

9. Como é que um amigo de confiança pode ajudar-nos?

9 Jeová também disse a Elias para passar parte do seu trabalho para Eliseu. Assim, Jeová deu a Elias um bom amigo que poderia ajudá-lo quando ele se sentisse muito desanimado. Da mesma forma, se desabafar com um amigo de confiança, ele vai poder ajudá-lo a lidar melhor com as suas ansiedades. (2 Reis 2:2; Pro. 17:17) Se sentir que não tem nenhum amigo com quem desabafar, ore a Jeová e peça-lhe que o ajude a encontrar um cristão maduro que lhe possa dar apoio emocional.

10. A experiência de Elias e a promessa em Isaías 40:28, 29 dão-nos que esperança?

10 Com a ajuda de Jeová, Elias conseguiu lidar com a ansiedade e servir a Jeová fielmente por muitos anos. A experiência de Elias dá-nos esperança. Talvez passemos por fases de muita ansiedade que nos tiram toda a nossa energia, em sentido físico e emocional. No entanto, se confiarmos em Jeová, ele vai dar-nos a força de que precisamos para continuar a perseverar. — Leia Isaías 40:28, 29.

TRÊS SERVOS QUE CONFIARAM EM JEOVÁ

11-13. Como é que a ansiedade afetou três servos de Deus do passado?

11 Outros servos de Jeová dos tempos bíblicos  enfrentaram períodos de muito stress. Por exemplo, Ana lidava com a vergonha de não ter filhos. Para piorar a situação, tinha de aguentar a provocação cruel da outra esposa do seu marido. (1 Sam. 1:2, 6) A ansiedade de Ana era tão grande que ela só chorava e não conseguia comer. — 1 Sam. 1:7, 10.

12 O rei David também passou por períodos de muita ansiedade. Pense nas dificuldades que ele teve de enfrentar. David sentia um grande peso na consciência por causa de muitos erros que tinha cometido. (Sal. 40:12) Absalão, o seu próprio filho, rebelou-se contra ele e, mais tarde, foi assassinado. (2 Sam. 15:13, 14; 18:33) Além disso, um dos melhores amigos de David acabou por se virar contra ele. (2 Sam. 16:23–17:2; Sal. 55:12-14) Em muitos dos salmos escritos por David, conseguimos perceber que, apesar de ele se sentir desanimado, nada abalava a sua confiança em Jeová. — Sal. 38:5-10; 94:17-19.

O que ajudou o salmista a corrigir o seu ponto de vista? (Veja os parágrafos 13 a 15.) *

13 Mais tarde, um salmista começou a sentir inveja do estilo de vida das pessoas más. Ele talvez fosse um descendente do levita Asafe, e serviu “no grandioso santuário de Deus”. O salmista ficou tão desanimado que se sentia infeliz e insatisfeito. Ele até começou a achar que não valia muito a pena servir a Deus. — Sal. 73:2-5, 7, 12-14, 16, 17, 21.

14-15. O que é que os três exemplos da Bíblia que vimos nos ensinam sobre pedir a ajuda de Jeová?

14 Os três servos de Deus mencionados confiaram em Jeová e pediram a ajuda dele. Eles fizeram orações fervorosas e contaram a Jeová as suas ansiedades. Falaram abertamente dos motivos de estarem tão ansiosos. Além disso, nunca deixaram de ir ao local de adoração a Jeová. — 1 Sam. 1:9, 10; Sal. 55:22; 73:17; 122:1.

 15 Jeová teve compaixão de cada um deles e deu-lhes a ajuda de que precisavam. Por exemplo, Ana ganhou paz mental. (1 Sam. 1:18) David escreveu: “Muitas são as dificuldades do justo, mas Jeová livra-o de todas elas.” (Sal. 34:19) O salmista sentiu que Jeová lhe tinha ‘segurado a mão direita’ e o tinha guiado com conselhos amorosos. Ele cantou: “Quanto a mim, é bom achegar-me a Deus. Fiz do Soberano Senhor Jeová o meu refúgio.” (Sal. 73:23, 24, 28) O que aprendemos destes exemplos? Às vezes, vamos sentir-nos sobrecarregados com muitos problemas e ansiosos. No entanto, se meditarmos em como Jeová já ajudou outras pessoas, orarmos com confiança e fizermos tudo o que ele nos pede, conseguiremos lidar com a ansiedade. — Sal. 143:1, 4-8.

CONFIE EM JEOVÁ PARA LIDAR COM AS ANSIEDADES

Uma irmã sentia vontade de se isolar, mas, quando se concentrou em ajudar outros, sentiu-se melhor (Veja os parágrafos 16 e 17.)

16-17. (a) Porque não devemos isolar-nos? (b) Como podemos recuperar a nossa energia?

16 Os exemplos destes três servos de Deus ensinam-nos outra lição importante: não devemos afastar-nos de Jeová nem isolar-nos do seu povo. (Pro. 18:1) Uma irmã chamada Nancy passou por uma época de extrema ansiedade quando o seu marido a deixou. Ela diz: “Muitas vezes, eu não queria ver nem falar com ninguém. Mas, quanto mais eu  me isolava, mais triste ficava.” Então, Nancy decidiu concentrar-se em ajudar outros que também estavam a passar por problemas. Isso fez com que a sua situação melhorasse. Ela conta: “Notei que, quando eu me concentrava em ouvir e ajudar aqueles que estavam a enfrentar dificuldades, não sentia tanta pena de mim própria.”

17 As reuniões podem ajudar-nos a recuperar a energia. São uma outra oportunidade de Jeová mostrar que é o nosso “ajudador e consolador”. (Sal. 86:17) Nas reuniões, Jeová dá-nos força por meio do seu espírito santo, da sua Palavra e do seu povo. Lá, temos a oportunidade de “nos encorajarmos mutuamente”. (Rom. 1:11, 12) Uma irmã chamada Sofia diz: “Jeová e os irmãos fizeram-me seguir em frente. As reuniões foram a coisa mais importante para mim. Percebi que, quanto mais me envolvo na pregação e na congregação, mais força tenho para lidar com a ansiedade e o stress.”

18. Se estivermos desanimados, o que é que Jeová pode dar-nos?

18 Quando nos sentirmos desanimados, temos de nos lembrar de que Jeová não promete aliviar os nossos problemas apenas no futuro. Já hoje ele oferece-se para nos ajudar a lidar com a ansiedade. Ele dá-nos “tanto o desejo como o poder” de vencer sentimentos de desânimo e de desespero. — Fil. 2:13.

19. Que garantia é que Romanos 8:37-39 nos dá?

19 Leia Romanos 8:37-39. O apóstolo Paulo garante-nos que nada pode separar-nos do amor de Deus. Mesmo assim, muitos irmãos e irmãs lidam com ansiedade. Nós podemos imitar o exemplo de Jeová por termos compaixão deles e por lhes darmos o apoio de que precisam. Mas como podemos fazer isso na prática? É o que vamos ver no próximo estudo.

CÂNTICO 44 Oração de Um Servo Aflito

^ par. 5 Ficar muito ansioso ou passar por períodos longos de ansiedade pode prejudicar-nos em sentido físico e emocional. Como é que Jeová pode ajudar-nos? Neste estudo, vamos ver como Jeová ajudou Elias a lidar com uma situação stressante. Também vamos considerar outros exemplos bíblicos de pessoas que foram ajudadas por Jeová a lidar com a ansiedade.

^ par. 2 Os nomes neste artigo foram mudados.

^ par. 53 IMAGEM: Com bondade, o anjo de Jeová acorda Elias e dá-lhe pão e água.

^ par. 55 IMAGEM: Um salmista, talvez um descendente de Asafe, escreve salmos e canta com outros levitas.