Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 30

Raabe e os Espiões

Raabe e os Espiões

Quando os espiões chegaram a Jericó, ficaram na casa de uma mulher chamada Raabe. Mas o rei de Jericó soube disso e mandou soldados à casa de Raabe para prenderem os espiões. Quando os soldados chegaram, Raabe disse aos espiões para se esconderem. Depois, disse aos soldados:

— Os espiões estiveram aqui, mas já se foram embora. Despachem-se! Talvez os consigam apanhar.

Depois de os soldados se terem ido embora, Raabe disse aos espiões:

— Eu sei que Jeová quer dar a cidade de Jericó aos israelitas. Por isso, vou ajudar-vos. Mas, por favor, prometam-me que vão salvar a minha família.

— Prometemos que todos os que estiverem dentro da tua casa serão salvos. Só tens de atar esta corda vermelha à tua janela.

Então, os espiões fugiram pela janela e esconderam-se nas montanhas durante três dias. Depois, foram ter com Josué. Foi depois disso que os israelitas atravessaram o rio Jordão. A primeira cidade que os israelitas atacaram foi Jericó. Jeová mandou os israelitas marcharem à volta da  cidade uma vez por dia, durante seis dias. No sétimo dia, eles marcharam sete vezes à volta da cidade. Os sacerdotes tocaram as cornetas e os israelitas gritaram com toda a força. Então, os muros de Jericó desabaram! Mas a casa de Raabe, que ficava em cima do muro da cidade, não caiu. Raabe confiou em Jeová e fez o que os espiões lhe tinham dito. Por isso, ela e a família salvaram-se.

‘Da mesma maneira, não foi também Raabe declarada justa por obras, depois de receber hospitaleiramente os mensageiros e de mandá-los embora por outro caminho?’ — Tiago 2:25