Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 15

Jeová Nunca Se Esqueceu de José

Jeová Nunca Se Esqueceu de José

Enquanto José estava na prisão, o Faraó, o rei do Egito, teve alguns sonhos que ninguém conseguia entender. Mas um homem disse ao Faraó que José poderia explicar-lhe os sonhos. Então, o Faraó mandou que fossem buscar José à prisão. José explicou-lhe:

— Durante sete anos, vai haver muita comida no Egito. Mas depois haverá sete anos de muita fome. Por isso, escolha um homem inteligente para guardar alimentos, para que o povo não morra à fome.

Porque é que José conseguiu explicar os sonhos do Faraó? Porque Jeová o ajudou. O Faraó escolheu José para guardar os alimentos e fez dele o segundo homem mais importante do Egito.

Durante os sete anos bons, José guardou muitos alimentos. Depois, chegaram os anos da fome. A fome foi tão grande que pessoas de todos os sítios vinham ao Egito comprar comida. Até Jacó, em Canaã, soube que havia comida no Egito. Por isso, mandou lá dez dos seus filhos.

Quando chegaram ao Egito, os irmãos de José foram falar com ele. Ajoelharam-se à frente dele, mas não o reconheceram. Mas José reconheceu-os logo e lembrou-se do sonho que teve quando era jovem. Para saber se os seus irmãos ainda eram maus, José disse-lhes:

— Vocês são espiões! Querem é lutar contra o Egito!

— Não, não somos! Nós viemos de Canaã. Éramos 12 irmãos, mas um dos nossos irmãos já morreu, e o mais novo ficou com o nosso pai.

— Se me trouxerem o vosso irmão mais novo, eu vou acreditar em vocês.

 Então, os irmãos de José voltaram para Canaã.

Passado algum tempo, eles foram outra vez ao Egito comprar mais comida. Desta vez, levaram Benjamim, o irmão mais novo. Então, José decidiu fazer um teste aos seus irmãos. Ele escondeu um copo de prata nas coisas de Benjamim e disse que eles o tinham roubado. Os empregados de José procuraram o copo e encontraram-no no saco de Benjamim. Os irmãos de José ficaram muito assustados. Eles imploraram a José para os castigar a eles em vez de a Benjamim.

Agora José tinha a certeza de que os seus irmãos tinham mudado. Então, ele já não conseguiu aguentar mais. A chorar muito, disse:

— Eu sou José, vosso irmão! O meu pai ainda está vivo?

Os irmãos dele nem conseguiam acreditar! José estava vivo! Para provar que os tinha perdoado, José disse:

— Não fiquem com vergonha por causa do que me fizeram. Deus mandou-me para cá para salvar a vossa vida. Agora, despachem-se e tragam-me o meu pai!

Eles voltaram para Canaã e contaram a boa notícia a Jacó. A seguir, toda a família foi morar para o Egito. Depois de tantos anos, finalmente, José e o seu pai estavam juntos outra vez.

“Se não perdoarem aos homens as suas falhas, o vosso Pai também não perdoará as vossas falhas.” — Mateus 6:15