Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 20

Mais Seis Pragas

Mais Seis Pragas

Moisés e Arão foram falar mais uma vez com o Faraó:

— Deus disse que, se não deixares os israelitas saírem daqui, ele vai encher o Egito de moscões.

Então, milhares de moscas grandes que picam encheram as casas dos egípcios. Mas os moscões não entraram nas casas dos israelitas. Esta praga e as seguintes só aconteceram aos egípcios. Ao ver isso, o Faraó disse:

— Moisés, pede a Jeová para fazer desaparecer os moscões e eu deixo-vos ir embora.

Quando Jeová fez desaparecer todos os moscões, o Faraó mudou de ideias. Por isso, Jeová disse:

— Se o Faraó não deixar o meu povo sair, os animais do Egito vão ficar doentes e morrer.

E isso aconteceu no dia seguinte. Só os animais dos israelitas é que continuaram vivos. O Faraó soube disso, mas, como era muito teimoso, não quis deixar que os israelitas se fossem embora. Então, Jeová disse a Moisés para pegar nas cinzas de um forno e atirá-las ao ar, à frente do Faraó. O ar ficou cheio de pó. Quando o pó começou a cair, os egípcios e os seus animais ficaram cheios de feridas que doíam muito. Mesmo assim, o Faraó não deixou os israelitas saírem.

Mais uma vez, Jeová mandou Moisés dizer ao Faraó:

— Como não queres deixar o meu povo ir-se embora, amanhã vão cair pedras de gelo do céu.

 No dia seguinte, Jeová mandou uma chuva muito forte, com pedras de gelo, raios e trovões. Nunca tinha acontecido nada assim no Egito. A chuva destruiu todas as árvores e plantações. Mas, onde os israelitas moravam, isso não aconteceu. O Faraó disse a Moisés:

— Pede a Jeová para acabar com a chuva. Depois, podem ir-se embora.

Mas, mal a chuva forte parou, o Faraó mudou de ideias. Então, Moisés disse:

— Os gafanhotos vão comer as plantas que a chuva não destruiu.

Então, milhões de gafanhotos invadiram o Egito e comeram todas as árvores e plantas que tinham sobrado. O Faraó disse:

— Pede a Jeová para tirar os gafanhotos daqui.

Jeová fez os gafanhotos desaparecerem, mas o Faraó continuou teimoso.

A seguir, Jeová mandou Moisés estender a mão para o céu. Quando Moisés fez isso, de repente, ficou tudo escuro. Durante três dias, os egípcios não conseguiram ver nada. Só os israelitas é que tinham luz onde viviam. O Faraó chamou Moisés e disse:

— Tu e o teu povo podem ir-se embora. Mas os vossos animais ficam.

— Eles têm de ir connosco. Queremos oferecê-los a Jeová.

O Faraó ficou muito zangado e gritou com Moisés e Arão:

— Desapareçam da minha frente! Se eu vos voltar a ver, mato-vos!

“Vocês verão novamente a diferença entre uma pessoa justa e uma pessoa má, entre quem serve a Deus e quem não o serve.” — Malaquias 3:18