Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 100

Paulo e Timóteo

Paulo e Timóteo

Timóteo era um jovem irmão da congregação de Listra. O pai dele era grego, e a mãe era judia. A mãe dele, Eunice, e a avó, Lóide, ensinaram Timóteo sobre Jeová desde pequeno.

Quando Paulo passou por Listra, na sua segunda viagem de pregação, ele viu que Timóteo era muito amoroso e que gostava de ajudar os irmãos. Então, Paulo convidou Timóteo para viajar com ele. Com a ajuda de Paulo, Timóteo aprendeu a pregar e a ensinar muito bem.

Deus usava o seu espírito santo para mostrar a Paulo e Timóteo onde deviam ir. Uma noite, Paulo teve uma visão em que um homem lhe disse para ir à Macedónia ajudá-los. Então, Paulo, Timóteo, Silas e Lucas foram para a região da Macedónia pregar e formar congregações.

Em Tessalónica, uma cidade da Macedónia, muitos tornaram-se cristãos. Mas alguns judeus não gostavam de Paulo e dos seus amigos. Então, juntaram-se num grande grupo e arrastaram Paulo e os seus amigos até às autoridades da cidade. Eles gritavam:

— Estes homens são inimigos do governo de Roma!

Seria muito perigoso para Paulo e Timóteo continuarem ali. Por isso, à noite, eles fugiram para Bereia.

As pessoas em Bereia queriam muito aprender sobre as boas novas, e tanto gregos como judeus tornaram-se cristãos. Quando alguns judeus de Tessalónica foram para Bereia causar problemas, Paulo teve de ir para Atenas. Mas Timóteo e Silas continuaram em Bereia para fortalecer a fé dos irmãos. Com o tempo, Paulo pediu a Timóteo para voltar a Tessalónica para ajudar os irmãos de lá a aguentar a perseguição que estavam a sofrer. Mais tarde, Paulo pediu a Timóteo para visitar e encorajar muitas outras congregações.

 Paulo disse a Timóteo:

— Quem quiser servir a Jeová vai ser perseguido e maltratado.

Timóteo foi perseguido e preso por ser cristão. Mas ele sentia-se feliz porque assim podia provar que era leal a Jeová.

Paulo disse aos filipenses:

— Eu pedi a Timóteo para ir até aí. Ele vai ensinar-vos o que é andar na verdade e vai treinar-vos no trabalho de pregação.

Paulo sabia que podia contar com Timóteo. Eles trabalharam muitos anos juntos e tornaram-se grandes amigos.

“Não tenho ninguém com uma disposição igual à dele, que cuidará genuinamente de vocês. Pois todos os outros procuram os seus próprios interesses, não os de Jesus Cristo.” — Filipenses 2:20, 21