Ir para conteúdo

Ir para índice

 HISTÓRIA 81

O Sermão do Monte

O Sermão do Monte

Depois de escolher os 12 apóstolos, Jesus viu que estava uma multidão de pessoas à espera dele. Elas tinham vindo de vários lugares, como a Galileia, Judeia, Tiro, Sídon e Síria. Algumas estavam doentes, e outras eram controladas por demónios. Mas Jesus curou-as a todas. Depois, ele sentou-se e começou a fazer um discurso que hoje é muito famoso, o Sermão do Monte. Jesus explicou o que precisamos de fazer para sermos amigos de Deus. Ensinou que não podemos viver sem Jeová e que devemos amá-lo. Mas não podemos dizer que amamos a Deus se não amarmos as outras pessoas. Devemos fazer sempre o bem a todos.

Jesus disse:

— Não devem amar só os vossos amigos. Também devem amar os vossos inimigos e perdoar as pessoas. Se alguém estiver chateado convosco, vão logo conversar com ele e pedir-lhe desculpa. Tratem os outros como querem ser tratados por eles.

Jesus também deu conselhos sobre o dinheiro. Ele disse:

 — É mais importante ser amigo de Jeová do que ter muito dinheiro. Um ladrão pode roubar o vosso dinheiro, mas ninguém pode roubar a vossa amizade com Jeová. Parem de se preocupar com o que vão comer, beber ou vestir. Reparem nos pássaros. Deus dá-lhes sempre o que eles precisam para comer. Ficar preocupado não vai ajudar ninguém a viver mais. Lembrem-se de que Jeová sabe do que precisamos.

Aquelas pessoas nunca tinham ouvido ninguém falar como Jesus. Os líderes religiosos, que deviam ajudar o povo a aprender sobre Deus, não ensinavam nada disso. Mas porque é que Jesus ensinava tão bem? Porque Jesus ensinava o que Jeová lhe dizia.

“Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou de temperamento brando e humilde de coração, e encontrarão revigoramento para vocês mesmos.” — Mateus 11:29