Ir para conteúdo

Ir para índice

 CAPÍTULO 17

“Eu estou contra ti, ó Gogue”

“Eu estou contra ti, ó Gogue”

EZEQUIEL 38:3

PONTO PRINCIPAL: Quem é “Gogue” e qual é “a terra” que ele invade

1, 2. (a) Que grande guerra vai acontecer em breve? (b) A que perguntas vamos começar a responder agora? (Veja a imagem no início do capítulo.)

HÁ MILHARES de anos que a Terra tem ficado manchada com o sangue dos que morrem nas guerras humanas. Isso inclui o banho de sangue que marcou as duas guerras mundiais que aconteceram no século 20. No entanto, a maior guerra de todas ainda está por vir. Só que não será simplesmente uma guerra entre nações a lutarem umas contra as outras por motivos egoístas. Em vez disso, vai ser “a guerra do grande dia de Deus, o Todo-Poderoso”. (Apo. 16:14) Como é que essa guerra vai começar? Um inimigo vai invadir uma terra preciosa para Deus. Por causa disso, o Soberano Senhor Jeová vai usar o seu grande poder para trazer uma destruição nunca antes vista.

2 Isso levanta algumas perguntas. Quem é esse inimigo? Que terra é que ele invade? Quando, porque e como é que ele vai invadir essa terra? Visto que esses eventos estão relacionados connosco, adoradores de Jeová, precisamos de saber as respostas. Para isso, vamos estudar a impressionante profecia registada em Ezequiel, capítulos 38 e 39.

 O inimigo: Gogue de Magogue

3. Quais são os pontos principais da profecia sobre Gogue de Magogue?

 3 Leia Ezequiel 38:1, 2, 8, 16, 18; 39:4, 11. Os pontos principais da profecia são: “Na parte final dos dias”, um inimigo chamado “Gogue [...] de Magogue” invade “a terra” do povo de Deus. Esse ataque cruel faz com que o “grande furor” de Jeová se acenda; então, Jeová intervém e derrota Gogue. * Depois de vencer, Jeová dá o seu inimigo e todos os que estão do lado dele “como comida a todo o tipo de aves de rapina e aos animais selvagens”. Por fim, Jeová dá a Gogue “uma sepultura”. Para entender como esta profecia, em breve, se vai cumprir, primeiro, precisamos de saber quem é Gogue.

4. O que podemos concluir sobre Gogue de Magogue?

4 Então, quem é Gogue de Magogue? Pela descrição de Ezequiel, podemos concluir que Gogue é um inimigo dos servos de Deus. Será que Gogue é outro nome dado a Satanás, o maior inimigo da adoração pura? Durante décadas, as nossas publicações disseram isso. No entanto, um estudo mais profundo mostrou que era preciso ajustar o nosso entendimento. A Sentinela explicou que o título Gogue de Magogue não se refere a uma criatura espiritual invisível, mas a um inimigo humano: uma coligação, ou grupo, de nações que vai lutar contra a adoração pura. * Antes de estudarmos os motivos de dizermos isso, vamos ver duas coisas na profecia de Ezequiel que indicam que Gogue não é uma criatura espiritual.

5, 6. Na profecia de Ezequiel, o que indica que Gogue de Magogue não é uma criatura espiritual?

5 “Vou dar-te como comida a todo o tipo de aves de rapina.” (Eze. 39:4) Para dar um aviso sobre um julgamento de Deus, a Bíblia, muitas vezes, fala de aves de rapina a devorarem cadáveres. Jeová deu avisos desse tipo, tanto à nação de Israel como a outras nações. (Deut. 28:26; Jer. 7:33; Eze. 29:3, 5) Note que esses avisos não foram dados a criaturas espirituais, mas a humanos de carne e osso. Afinal, as aves de rapina e os animais selvagens comem carne, não espírito. Assim, o aviso de Deus, na profecia de Ezequiel, indica que Gogue não é uma criatura espiritual.

6 “Darei a Gogue uma sepultura [...] em Israel.” (Eze. 39:11) A Bíblia não menciona criaturas espirituais a serem enterradas. Em vez disso, Satanás e os demónios ficarão presos no abismo durante mil anos e, depois, serão lançados no lago de fogo, o que significa a sua destruição eterna. (Luc. 8:31; Apo. 20:1-3, 10) Visto que a Bíblia diz que Gogue recebe “uma sepultura” aqui na Terra, podemos concluir que ele não é uma criatura espiritual.

7, 8. Como é que o fim do “rei do norte” é parecido com o fim de Gogue de Magogue?

7 Se não é uma criatura espiritual, então, quem ou o que é Gogue, o inimigo que vai fazer o ataque final contra o povo de  Deus? Vamos ver duas profecias da Bíblia que nos ajudam a descobrir isso.

8 “O rei do norte.” (Leia Daniel 11:40-45.) Daniel predisse o aparecimento de potências mundiais ao longo da história humana. Uma dessas profecias fala de dois inimigos políticos: “o rei do sul” e “o rei do norte”. Quem é que estes reis representam? A sua identidade foi mudando ao longo da história humana, conforme as nações foram lutando para ganhar poder. Sobre o último ataque do rei do norte “no tempo do fim”, Daniel disse: “Ele sairá com grande furor para aniquilar e entregar muitos à destruição.” O alvo principal do rei do norte são os servos de Jeová. * Mas, assim como Gogue de Magogue, o rei do norte vai ‘chegar ao seu fim’ depois de o seu ataque contra o povo de Deus falhar.

9. Como é que o que acontece a Gogue de Magogue é parecido com o que acontece aos “reis de toda a terra habitada”?

9 Os “reis de toda a terra habitada”. (Leia Apocalipse 16:14, 16; 17:14; 19:19, 20.) O livro de Apocalipse diz que “os reis da terra” vão atacar o “Rei dos reis”, Jesus. Porém, como não é possível atingir Jesus, visto que ele está no céu, os rebeldes vão atacar os que apoiam o Reino de Deus na Terra. Só que, no Armagedon, os reis da terra vão perder a batalha. Observe que eles chegam ao seu fim depois de atacarem o povo de Jeová. Isso é parecido com o que a Bíblia diz sobre Gogue de Magogue. *

10. O que podemos concluir sobre quem é Gogue de Magogue?

10 Sendo assim, o que podemos concluir sobre quem é Gogue? Primeiro, Gogue não é uma criatura espiritual. Segundo, Gogue refere-se às nações que vão atacar o povo de Deus no futuro. É muito provável que essas nações se unam e formem uma coligação, ou grupo, de nações. Porquê? Visto que o povo de Deus está em toda a Terra, as nações vão ter de estar unidas para fazer esse ataque. (Mat. 24:9) No entanto, apesar de serem as nações a atacar, é claro que Satanás é quem vai estar por trás disso. Já há muito tempo que ele tem vindo a influenciar as nações a lutarem contra a adoração verdadeira. (1 João 5:19; Apo. 12:17) Mas a profecia de Ezequiel sobre Gogue de Magogue concentra-se em como as nações vão atacar o povo de Jeová. *

“A terra” – O que é?

11. Como é que a profecia de Ezequiel descreve “a terra” que Gogue vai invadir?

11 Como vimos no  parágrafo 3, Gogue de Magogue vai provocar a ira de Jeová. Como? Por invadir uma terra preciosa para Jeová. Para descobrirmos o que é essa terra, vamos voltar à profecia de Ezequiel. (Leia Ezequiel 38:8-12.) Ela diz que Gogue vai ‘invadir a terra cujo povo foi restabelecido’ e “reunido  dentre as nações”. Note também o que ela diz sobre os adoradores que moram nesta terra: eles “moram em segurança”; “em povoados sem muralhas, trancas ou portões”; e eles estão “a acumular riquezas”. Todos os verdadeiros adoradores de Jeová moram nesta terra. Afinal, o que é esta terra?

12. Que restauração aconteceu na terra de Israel no passado?

12 Vale a pena analisarmos a restauração que aconteceu no antigo Israel, a terra onde o povo de Deus viveu, trabalhou e adorou a Jeová durante centenas de anos. Quando os israelitas foram infiéis, Jeová usou Ezequiel para predizer que a terra deles seria destruída e ficaria abandonada. (Eze. 33:27-29) Mas Jeová também predisse que, mais tarde, pessoas arrependidas sairiam do exílio em Babilónia e voltariam para a sua terra para restaurarem a adoração pura. Com a bênção de Jeová, a terra de Israel seria transformada, tornando-se “como o jardim do Éden”. (Eze. 36:34-36) Essa restauração começou em 537 AEC, quando os judeus exilados voltaram para Jerusalém para restaurarem a adoração pura.

13, 14. (a) O que é a terra espiritual? (b) Porque é que essa terra é preciosa para Jeová?

13 Nos nossos dias, os servos de Jeová viram uma restauração parecida. Como estudámos no capítulo 9 deste livro, em 1919, o povo de Deus foi libertado do longo cativeiro de Babilónia, a Grande. Nesse ano, Jeová levou os seus servos para uma terra espiritual. Essa terra é o paraíso espiritual, uma condição ou ambiente espiritual abençoado onde adoramos o Deus verdadeiro.  Nessa terra, nós moramos juntos em segurança e temos paz na mente e no coração. (Pro. 1:33) Recebemos uma grande quantidade de alimento espiritual e temos muito para fazer na pregação, o que nos dá muita alegria. De facto, sabemos por experiência própria como são verdadeiras as palavras de Provérbios 10:22: “É a bênção de Jeová que enriquece, e ele não lhe acrescenta nenhuma dor.” Não importa em que lugar do planeta moremos, nós vivemos nesta terra – o paraíso espiritual –, e podemos permanecer nela com uma condição: se continuarmos a apoiar a adoração pura em palavras e ações.

14 Esta terra espiritual é preciosa para Jeová. Porquê? Para ele, os que moram nesta terra são “as coisas preciosas de todas as nações”, pessoas que ele atraiu à adoração pura. (Ageu 2:7; João 6:44) Essas pessoas esforçam-se muito para ter uma nova personalidade e imitar as belas qualidades de Deus. (Efé. 4:23, 24; 5:1, 2) Como servos de Jeová, dedicam-se plenamente ao serviço dele, procurando maneiras de dar glória a Deus e de demonstrar o seu amor por ele. (Rom. 12:1, 2; 1 João 5:3) Como Jeová deve ficar feliz por ver os seus adoradores a esforçarem-se para deixarem a terra espiritual ainda mais bonita! Por colocar a adoração pura em primeiro lugar na vida, você não apenas deixa o paraíso espiritual mais bonito, mas também alegra o coração de Jeová. — Pro. 27:11.

Não importa onde moremos, nós vivemos na terra espiritual, desde que continuemos a apoiar a adoração pura (Veja os parágrafos 13 e 14.)

 Quando, porque e como é que Gogue vai invadir a terra?

15, 16. Quando é que Gogue de Magogue vai invadir a nossa terra espiritual?

15 Saber que, em breve, uma coligação, ou grupo, de nações vai invadir a nossa preciosa terra espiritual faz-nos pensar. Visto que esse ataque vai afetar todos os que adoram a Jeová, queremos saber mais sobre isso. As seguintes perguntas vão ajudar-nos.

16 Quando é que Gogue de Magogue vai invadir a nossa terra espiritual? A profecia diz que Gogue vai atacar o povo de Deus “na parte final dos dias”, o que dá a entender que isso vai acontecer perto do fim deste sistema. (Eze. 38:16) Lembre-se de que a grande tribulação vai começar com a destruição de Babilónia, a Grande, ou a religião falsa. Depois de a religião falsa ter sido destruída e antes de o Armagedon começar, o povo de Deus vai sofrer um ataque final em que Gogue vai usar todos os seus recursos para nos tentar eliminar.

17, 18. Como é que Jeová vai conduzir os acontecimentos durante a grande tribulação?

17 Porque é que Gogue vai invadir a terra espiritual dos servos de Jeová? A profecia de Ezequiel revela duas coisas que vão levar a isso: (1) Jeová vai conduzir os acontecimentos e (2) a maldade de Gogue.

 18 Jeová vai conduzir os acontecimentos. (Leia Ezequiel 38:4, 16.) Note o que Jeová diz a Gogue: “Porei ganchos nas tuas mandíbulas” e “vou trazer-te contra a minha terra”. Será que isso significa que Jeová vai forçar as nações a atacar os seus servos? Não! Ele jamais faria o que é mau contra o seu povo. (Jó 34:12) Porém, Jeová conhece os seus inimigos. Ele sabe que eles vão odiar os seus servos e não vão perder a oportunidade de tentar destruí-los. (1 João 3:13) Como se colocasse ganchos nas mandíbulas (ou na boca) de Gogue e o puxasse para onde quiser, Jeová vai orientar as coisas para que tudo aconteça de acordo com a Sua vontade e no tempo que Ele determinou. Em algum momento depois da destruição de Babilónia, a Grande, é provável que Jeová, de algum modo, faça as nações realizarem o que já têm a intenção de fazer: atacar o povo de Deus. Assim, Jeová vai criar as condições para o ataque que leva ao Armagedon, a maior guerra que o mundo já viu. Depois, ele vai salvar o seu povo, enaltecer a sua soberania e santificar o seu nome. — Eze. 38:23.

As nações vão querer acabar com a adoração pura porque a odeiam e odeiam todos os que a praticam

19. Porque é que Gogue vai tentar impedir-nos de adorar a Jeová?

19 A maldade de Gogue. Há muito tempo que as nações odeiam a adoração pura. Elas vão planear “uma trama perversa”. Vão  querer descarregar toda a sua raiva nos servos de Jeová, que vão parecer desprotegidos, como se morassem “em povoados sem muralhas, trancas ou portões”. As nações também vão querer “tomar muito despojo” daqueles que estão “a acumular riquezas”. (Eze. 38:10-12) Que “riquezas”? O povo de Jeová tem uma grande riqueza espiritual; o nosso bem mais precioso é a adoração pura. As nações vão querer tirar-nos essa riqueza, tentando impedir-nos de adorar a Jeová. Elas farão isso, não porque acham que a adoração pura tem algum valor, mas porque a odeiam e também odeiam todos os que a praticam.

Gogue vai planear “uma trama perversa” para acabar com a adoração pura, mas isso vai ser em vão (Veja o parágrafo 19.)

20. Como é que Gogue vai invadir a terra, ou o paraíso, espiritual?

20 Como é que Gogue vai invadir a terra, ou o paraíso, espiritual? As nações talvez tentem atrapalhar a nossa rotina cristã e impedir-nos de praticar a nossa adoração. Para conseguirem isso, talvez tentem interromper a produção de alimento espiritual, acabar com a nossa união, e impedir-nos de nos reunirmos e de pregar. Todas essas coisas fazem parte do paraíso espiritual. Influenciadas por Satanás, as nações vão tentar eliminar da Terra os adoradores verdadeiros e, juntamente com eles, a adoração pura.

21. Porque é que você se sente grato por Jeová nos avisar do que vai acontecer em breve?

21 O ataque de Gogue de Magogue vai afetar todos os servos de Jeová que moram na terra espiritual. Sentimo-nos muito gratos por Jeová nos dar avisos sobre o que vai acontecer em breve! Enquanto aguardamos a grande tribulação, queremos estar decididos a apoiar a adoração pura e colocá-la em primeiro lugar na nossa vida. Se fizermos isso, vamos contribuir para a beleza do paraíso espiritual. Além disso, poderemos ver algo incrível: como Jeová vai defender o seu povo e santificar o seu nome no Armagedon. O próximo capítulo vai falar sobre isso.

^ par. 3 No próximo capítulo deste livro, vamos ver como e quando o grande furor de Jeová se vai acender contra Gogue de Magogue e o que isso vai significar para os servos de Jeová.

^ par. 4 Veja “Perguntas dos Leitores” na revista A Sentinela de 15 de maio de 2015, páginas 29 e 30.

^ par. 8 Daniel 11:45 indica que o alvo do rei do norte será o povo de Deus, visto que diz que esse rei “armará as suas tendas reais entre o grande mar [Mediterrâneo] e o monte santo da Terra Gloriosa [onde um dia ficou o templo de Deus e onde o povo de Deus prestava adoração]”.

^ par. 9 A Bíblia também diz que os servos de Deus serão atacados pelo “assírio”, que vai tentar eliminar o povo de Deus. (Miq. 5:5) Os quatro ataques contra o povo de Deus preditos na Bíblia (o ataque de Gogue de Magogue, do rei do norte, dos reis da Terra e do assírio), provavelmente, referem-se ao mesmo ataque, mas com nomes diferentes.

^ par. 10 Veja o capítulo 22 deste livro para saber quem é “Gogue e Magogue” mencionado em Apocalipse 20:7-9.