Ir para conteúdo

Será que Deus muda de ideias?

Será que Deus muda de ideias?

A resposta da Bíblia

Sim, muda, mas no sentido de que ele muda a sua atitude conforme as pessoas mudam o comportamento delas. Por exemplo, quando Deus enviou uma mensagem de julgamento ao povo do Israel antigo, ele disse: “Talvez o povo dê ouvidos e deixe de fazer o mal. Se assim acontecer, mudarei a minha intenção de os destruir por causa da sua maldade.” — Jeremias 26:3, Tradução da Sociedade Bíblica Portuguesa.

Ao traduzir este versículo, muitas traduções da Bíblia dizem que Deus se “arrependeria” da punição que planeou, o que poderia dar a ideia de que ele cometeu um erro. No entanto, a palavra hebraica original pode significar “mudança de ideia ou atitude”. Um erudito escreveu: “Uma mudança na atitude do homem leva a uma mudança no julgamento de Deus.”

É claro que o facto de Deus poder mudar de ideias não significa que ele vai fazer isso. Veja alguns casos em que a Bíblia diz que Deus não mudou de ideias:

  • Balaque não conseguiu fazer com que Deus mudasse de ideias e amaldiçoasse a nação de Israel. — Números 23:18-20.

  • Quando Saul, um dos reis de Israel, se tornou completamente mau, Deus não mudou de ideias quando decidiu rejeitá-lo como rei. — 1 Samuel 15:28, 29.

  • Deus cumprirá a sua promessa de fazer do seu Filho um sacerdote para sempre. Deus não vai mudar de ideias. — Salmo 110:4.

Mas não diz a Bíblia que Deus nunca muda?

Sim, na Bíblia, o próprio Deus diz: “Eu sou Jeová; eu não mudo.” (Malaquias 3:6) A Bíblia também diz que Deus não muda como uma “sombra”, que muda de posição ao longo do dia. (Tiago 1:17) No entanto, isso não contradiz o que a Bíblia ensina sobre Deus mudar de ideias. Na verdade, Deus não muda no sentido de que a sua personalidade e os seus padrões de amor e justiça nunca mudam. (Deuteronómio 32:4; 1 João 4:8) Ainda assim, ele pode dar às pessoas diferentes instruções em diferentes momentos. Por exemplo, Deus deu instruções completamente diferentes ao Rei David para lutar em duas batalhas seguidas, e ele foi bem-sucedido nos dois casos. — 2 Samuel 5:18-25.

Será que Deus se arrepende de ter criado os humanos?

Não, mas ele lamenta que a maioria das pessoas o ignore ou até o rejeite. Ao falar sobre a situação antes do Dilúvio global dos dias de Noé, a Bíblia diz: “Deus arrependeu-se de ter criado a humanidade e ficou muito triste.” (Génesis 6:6, Sociedade Bíblica Portuguesa) Neste versículo, a expressão “arrependeu-se” vem da palavra hebraica que pode significar “mudar de ideias”. Deus mudou de ideias em relação à maioria das pessoas que vivia antes do Dilúvio porque se tinham tornado más. (Génesis 6:5, 11) É verdade que Deus ficou triste por essas pessoas terem escolhido um mau caminho, mas ele não mudou a sua atitude para com toda a raça humana. Pelo contrário, por meio de Noé e da sua família, ele impediu que a humanidade fosse destruída durante o Dilúvio. — Génesis 8:21; 2 Pedro 2:5, 9.