Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Língua angolana de sinais

A Sentinela (Edição de Estudo)  |  Dezembro de 2015

Uma tradução da Bíblia que toca o coração

Uma tradução da Bíblia que toca o coração

“A palavra de Deus é viva.” — HEB. 4:12.

CÂNTICOS: 37, 43

1. (a) Que tarefa Jeová deu a Adão? (b) Como o povo de Deus tem usado a linguagem desde a época de Adão?

JEOVÁ DEUS concedeu às suas criaturas o dom da comunicação. Depois de colocar Adão num lar paradisíaco, Deus lhe deu uma tarefa que envolvia o uso da linguagem: dar nome aos animais. Adão usou sua criatividade e inteligência para dar a cada animal um nome apropriado. (Gên. 2:19, 20) Desde então, o povo de Deus tem usado sua habilidade de falar, ou seja, a linguagem, para louvar a Jeová e falar a outros sobre seus propósitos. Nos nossos tempos, a tradução da Bíblia tem sido um modo importante de usar a linguagem para promover a adoração pura.

2. (a) Que princípios a Comissão da Tradução do Novo Mundo da Bíblia estabeleceu? (b) O que vamos considerar neste artigo?

2 Existem milhares de traduções da Bíblia, mas algumas são mais fiéis do que outras ao transmitir a mensagem dos textos originais. Na década de 40, a Comissão da Tradução do Novo Mundo da Bíblia estabeleceu princípios de tradução que já foram seguidos em mais de 130 idiomas. São eles: (1) Santificar o nome de Deus por restaurá-lo nas Escrituras. (Mateus 6:9.) (2) Sempre que possível, traduzir literalmente a mensagem original inspirada, mas transmitir o sentido correto quando uma tradução palavra por palavra distorceria o significado. (3) Usar uma linguagem fácil de entender, que incentiva a leitura. * (Neemias 8:8, 12.) Vejamos como esses princípios têm sido seguidos na Tradução do Novo Mundo, tanto na revisão de 2013, em inglês, como nas edições em outros idiomas.

UMA TRADUÇÃO QUE HONRA O NOME DE DEUS

3, 4. (a) Que manuscritos antigos contêm o Tetragrama? (b) O que muitas traduções da Bíblia fizeram com relação ao nome de Deus?

3 Os que estudam os antigos manuscritos hebraicos, como os Rolos do Mar Morto, ficam impressionados com o grande número de ocorrências do Tetragrama — as quatro letras hebraicas que representam o nome de Deus. O nome divino não aparece apenas nesses antigos manuscritos bíblicos, mas também em algumas cópias da Septuaginta grega que foram produzidas entre o segundo século AEC e o primeiro século EC.

4 Embora haja evidências claras de que o nome de Deus aparece na Bíblia, muitas traduções omitem completamente esse nome sagrado. Por exemplo, apenas dois anos depois do lançamento da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Gregas Cristãs (em inglês) em 1950, foi publicada a Revised Standard Version (Versão Padrão Revisada). Essa versão omitiu o nome de Deus, mudando a decisão dos editores da versão de 1901, que usava o nome. Por quê? O prefácio diz: “O uso de um nome próprio para o Deus único e exclusivo . . . é inteiramente impróprio para a fé universal da Igreja Cristã.” Isso estabeleceu um padrão para muitas traduções que surgiram depois, em inglês e em outros idiomas.

5. Por que é importante manter o nome de Deus na Bíblia?

5 Faz diferença se o nome de Deus é incluído ou omitido? Sim. Um bom tradutor sabe que é importante entender os objetivos do autor; isso afeta muitas decisões de tradução. Inúmeros versículos mostram a importância do nome divino e da sua santificação. (Êxo. 3:15; Sal. 83:18; 148:13; Isa. 42:8; 43:10; João 17:6, 26; Atos 15:14) Inspirados por Jeová Deus, o Autor da Bíblia, os escritores usaram amplamente o nome dele. (Leia Ezequiel 38:23.) Omitir esse nome, que ocorre milhares de vezes em manuscritos antigos, mostra falta de respeito pelo Autor.

6. Por que na Tradução do Novo Mundo revisada o nome de Deus aparece mais seis vezes?

6 As evidências têm mostrado cada vez mais que o nome de Deus deve ser mantido na Bíblia. Na revisão de 2013 da Tradução do Novo Mundo, o nome divino ocorre 7.216 vezes, seis a mais que na edição de 1984. Cinco dessas ocorrências estão em 1 Samuel 2:25; 6:3; 10:26; 23:14, 16. Elas foram restauradas principalmente porque, nos Rolos do Mar Morto, o nome divino aparece nesses versículos. Esses rolos datam de mais de mil anos antes do texto massorético hebraico, que foi usado na edição anterior da Tradução do Novo Mundo. Além disso, uma ocorrência em Juízes 19:18 foi restaurada em resultado de um estudo adicional de manuscritos antigos.

7, 8. O que está envolvido no significado do nome de Jeová?

7 Para os cristãos verdadeiros, o nome de Jeová tem muita importância. Os apêndices da Tradução do Novo Mundo revisada de 2013 têm informações atualizadas sobre isso. A Comissão da Tradução do Novo Mundo da Bíblia entende que o nome divino reflete a forma causativa do verbo hebraico hawáh e significa “Ele faz com que venha a ser”. * Antes, nossas publicações relacionavam esse significado com Êxodo 3:14, que diz: “Eu Me Tornarei O Que Eu Decidir Me Tornar.” Com base nisso, a edição de 1984, ao explicar o significado do nome, dizia que Jeová “faz com que ele venha a ser o Cumpridor de promessas”. * Mas o Apêndice A4 da edição revisada de 2013 explica: “Embora o nome Jeová inclua essa ideia, não está limitado ao que ele decide se tornar. O nome Jeová inclui também a ideia de que ele causa, ou faz acontecer, o que ele decidir em relação à sua criação e ao cumprimento de seu propósito.”

8 Jeová faz com que sua criação se torne o que quer que ele decida. Em harmonia com o significado do seu nome, Deus fez com que Noé se tornasse o construtor de uma arca; Bezalel, um artesão perito; Gideão, um guerreiro vitorioso; e Paulo, um apóstolo para as nações. O povo de Deus entende que o nome de Deus é rico em significado. E a Comissão da Tradução do Novo Mundo da Bíblia nunca diminuiria a importância do nome divino por omiti-lo da Bíblia.

9. Qual é um dos motivos de a tradução da Bíblia ter prioridade?

9 Em mais de 130 idiomas, a Tradução do Novo Mundo honra o nome de Deus por incluí-lo nos lugares onde ele estava originalmente no texto sagrado. (Leia Malaquias 3:16.) Em contraste com isso, a tendência entre tradutores da Bíblia é substituir o nome divino por um título como “Senhor” ou pelo nome de um deus local. Esse é um dos principais motivos de o Corpo Governante das Testemunhas de Jeová fazer todo o possível para que o maior número de pessoas tenha acesso a uma Bíblia que honra o nome de Deus.

UMA TRADUÇÃO CLARA E EXATA

10, 11. Quais foram alguns desafios dos tradutores da Tradução do Novo Mundo em outros idiomas?

10 O processo de tradução do texto sagrado em vários idiomas apresentou algumas dificuldades. Por exemplo, no passado, a Tradução do Novo Mundo em inglês seguiu o padrão de algumas Bíblias que usavam o termo hebraico “Seol” em versículos como Eclesiastes 9:10. Esse versículo dizia: “Não há trabalho, nem planejamento, nem conhecimento, nem sabedoria no Seol, o lugar para onde vais.” Muitos tradutores de edições em outros idiomas tinham dificuldades com o termo “Seol”, pois ele não é conhecido pela maioria dos leitores, não consta nos seus dicionários e pode soar como uma localização geográfica. Por isso, foi aprovado para esses idiomas traduzir “Seol” e o termo grego correspondente, “Hades”, como “Sepultura”, uma tradução exata que torna claro o sentido desses termos.

11 Em alguns idiomas, traduzir todas as ocorrências da palavra hebraica néphesh e da grega psykhé por “alma” causaria certa confusão. Por quê? Porque os termos equivalentes poderiam dar a impressão de que a “alma” é uma parte imaterial do homem. Isso refletiria o conceito errado de que alma é um tipo de fantasma, e não a própria pessoa. Assim, esses idiomas receberam aprovação para traduzir “alma” conforme o contexto, de acordo com os sentidos já explicados nos apêndices da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas com Referências. A prioridade foi tornar o texto fácil de entender, e em muitos casos foram colocadas notas com informações úteis.

12. Que mudanças foram feitas na revisão de 2013 da Tradução do Novo Mundo? (Veja também o artigo “A revisão de 2013 da Tradução do Novo Mundo”, neste número.)

12 As perguntas enviadas por tradutores de várias equipes deixou claro que poderiam surgir outras dificuldades. Assim, em setembro de 2007, o Corpo Governante aprovou que o texto em inglês fosse revisado. A comissão de revisão analisou milhares de perguntas de tradutores da Bíblia durante o processo. Expressões inglesas arcaicas foram substituídas, e fez-se um grande esforço para tornar o texto claro e fácil de entender, sem sacrificar a exatidão. Aplicar o que havia sido feito em outros idiomas ‘afiou’ o texto em inglês. — Pro. 27:17.

EXPRESSÕES DE GRATIDÃO

13. Qual tem sido a reação dos leitores à revisão de 2013?

13 O que os leitores acham da Tradução do Novo Mundo revisada em inglês? A sede mundial das Testemunhas de Jeová, em Brooklyn, recebeu milhares de cartas de apreço. As palavras de uma irmã refletem os sentimentos de muitos: “A Bíblia é como um tesouro, um baú transbordando de joias valiosas. Ler e entender as palavras de Jeová na revisão de 2013 é como examinar cada joia e admirar suas muitas facetas, seu brilho, cor e beleza. A linguagem simples usada nas Escrituras me ajudou a conhecer melhor a Jeová. Eu me sinto aconchegada nos braços de Jeová, que é como um pai que lê para mim suas palavras tranquilizadoras.”

14, 15. Que impacto positivo teve a Tradução do Novo Mundo em outros idiomas?

14 Não foi apenas a Tradução do Novo Mundo revisada em inglês que causou impacto. Um homem idoso de Sófia, na Bulgária, disse o seguinte a respeito da edição em búlgaro: “Eu já leio a Bíblia por muitos anos, mas nunca li uma tradução tão fácil de entender e que toca tanto o coração.” Uma irmã albanesa, depois de receber seu exemplar da Tradução do Novo Mundo completa, comentou: “Como soa bonito a Palavra de Deus em albanês! Que privilégio maravilhoso é Jeová falar conosco em nossa própria língua!”

15 Em muitos países, as Bíblias são caras e não é tão fácil conseguir um exemplar; então, só o fato de receber uma Bíblia já é uma grande bênção. Um relatório de Ruanda declarou: “Por um bom tempo, muitos estudantes não progrediam porque não tinham Bíblia. Eles não tinham condições de comprar a edição da igreja local. E muitas vezes não conseguiam entender o sentido de certos versículos; isso dificultava seu progresso.” As coisas mudaram quando a Tradução do Novo Mundo foi lançada no idioma local. Uma família ruandesa com quatro filhos adolescentes disse: “Somos muito gratos a Jeová e ao escravo fiel e prudente por nos dar essa Bíblia. Somos muito pobres e não temos dinheiro para comprar Bíblias para cada membro da família. Mas agora cada um de nós tem o seu exemplar. Para mostrar gratidão a Jeová, lemos a Bíblia em família todos os dias.”

16, 17. (a) Qual é a vontade de Jeová para seu povo? (b) O que devemos estar decididos a fazer?

16 Esforços estão sendo feitos para que a Tradução do Novo Mundo revisada esteja disponível em outros idiomas. * Satanás tenta impedir isso, mas sabemos que é da vontade de Jeová que todos do seu povo o escutem em linguagem clara e fácil de entender. (Leia Isaías 30:21.) Logo chegará o tempo em que “a terra certamente ficará cheia do conhecimento de Jeová, assim como as águas cobrem o mar”. — Isa. 11:9.

17 Que estejamos decididos a nos beneficiar de todo presente que Jeová nos dá, incluindo essa tradução que honra o seu nome. Deixe que ele fale com você todos os dias por meio da Sua Palavra. Jeová, com suas habilidades ilimitadas, ouve com atenção nossas orações. Essa comunicação com ele nos ajuda a conhecê-lo ainda mais e faz com que nosso amor por ele continue crescendo. — João 17:3.

“Que privilégio maravilhoso é Jeová falar conosco em nossa própria língua!”

^ parágrafo. 2 Veja o Apêndice A1 da Tradução do Novo Mundo revisada e o artigo “Como você pode escolher uma boa tradução da Bíblia?”, no número de 1.° de maio de 2008 de A Sentinela.

^ parágrafo. 7 Algumas obras de referência apoiam esse entendimento, embora nem todos os eruditos concordem.

^ parágrafo. 7 Veja a Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas com Referências, Apêndice 1A, “O nome divino nas Escrituras Hebraicas”, p. 1501.

^ parágrafo. 16 A Tradução do Novo Mundo revisada em português (edição brasileira) foi lançada em 22 de março de 2015.