Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Língua angolana de sinais

A Sentinela (Edição de Estudo)  |  Novembro de 2017

Rejeite os pensamentos do mundo

Rejeite os pensamentos do mundo

“Tenham cuidado para que ninguém os escravize por meio de filosofia e vão engano . . . do mundo.” — COL. 2:8.

CÂNTICOS: 60, 26

1. Que conselho Paulo deu aos irmãos em Colossos? (Veja o desenho no começo do estudo.)

POR volta do ano 60, enquanto estava preso em Roma, Paulo escreveu sua carta para os cristãos em Colossos. Na carta, ele falou sobre a importância de ter “compreensão espiritual”, que é a habilidade de ver as coisas como Jeová vê. (Col. 1:9) Depois, Paulo deu a eles o conselho: “Que ninguém iluda vocês com argumentos persuasivos. Tenham cuidado para que ninguém os escravize por meio de filosofia e vão engano, que são baseados em tradições humanas, nas coisas elementares do mundo, e não em Cristo.” (Col. 2:4, 8) Paulo falou de ideias erradas que são comuns entre as pessoas. Ele também explicou por que os humanos geralmente gostam dos pensamentos do mundo. Por exemplo, esses pensamentos talvez façam alguém se sentir melhor do que outros. Paulo queria ajudar os irmãos a rejeitar pensamentos e práticas comuns naquela época. — Col. 2:16, 17, 23.

2. Por que precisamos tomar cuidado com os pensamentos do mundo?

2 Todos nós precisamos tomar cuidado com os pensamentos do mundo porque eles não levam em conta o que Jeová diz que é certo. Aos poucos, esses pensamentos podem enfraquecer a nossa fé, afinal eles estão em todo lugar: na TV, na internet, no trabalho, na escola e assim por diante. Por isso, vamos estudar cinco exemplos de pensamentos do mundo e ver o que podemos fazer para que eles não contaminem a nossa mente.

É PRECISO ACREDITAR EM DEUS?

3. Que pensamento é comum entre muitas pessoas, e por quê?

3 “Eu não preciso acreditar em Deus para ser uma pessoa boa.” Em muitos países, é comum as pessoas dizerem que não acreditam em Deus. Muitas nem chegaram a pesquisar sobre a existência de Deus. Então, por que elas gostam da ideia de não acreditar em Deus? Porque assim elas se sentem à vontade para fazer o que bem entendem. (Salmo 10:4.) Outros acham que pessoas inteligentes não precisam de Deus para saber como levar a vida.

4. O que podemos dizer quando alguém fala que não acredita num Criador?

4 Será que faz sentido acreditar que não existe um Criador? Quando uma pessoa busca a resposta a essa pergunta na ciência, ela pode acabar ficando perdida num labirinto de informações. Mas a resposta é simples: se uma casa precisa de um construtor, então as coisas vivas também precisam de um Criador! Na verdade, as células mais simples que existem são muito mais complexas do que qualquer casa. Afinal elas fazem algo que nenhuma casa faz: elas se reproduzem. Essas células conseguem armazenar e transmitir as informações necessárias para fazer cópias de si mesmas. Quem projetou as células? A Bíblia responde: “Toda casa é construída por alguém, mas quem construiu todas as coisas foi Deus.” — Heb. 3:4.

5. Será que alguém pode dizer o que é certo e errado sem acreditar em Deus? Explique.

5 E quando alguém acha que não precisa acreditar em Deus para saber o que é certo e o que é errado? A Bíblia reconhece que até pessoas que não servem a Deus podem ter boas qualidades. (Rom. 2:14, 15) Por exemplo, essas pessoas talvez respeitem e amem os pais. Mas pense em alguém que vê as provas de que existe um Criador amoroso e rejeita isso. Se essa pessoa comete a injustiça de negar a existência de Deus, até que ponto ela sabe mesmo decidir o que é certo e errado? (Isa. 33:22) Ao ver os problemas do mundo, muitas pessoas inteligentes concordam que os humanos precisam de Deus. (Jeremias 10:23.) Então, a ideia de que alguém pode saber o que é certo sem acreditar em Deus e sem seguir as orientações dele é falsa. — Sal. 146:3.

É PRECISO TER UMA RELIGIÃO?

6. O que muitas pessoas acham das religiões?

6 “Ninguém precisa de religião para ser feliz.” Muitos pensam assim porque acham que religião é uma coisa chata, que não faz diferença na vida de ninguém. Sem falar que muitas religiões ensinam que existe um inferno de fogo, cobram o dízimo ou se envolvem com a política. É por isso que tanta gente acha que pode ser feliz sem ter uma religião. É comum ouvir pessoas dizendo: “Eu prefiro adorar a Deus do meu jeito, sem me envolver com uma religião.”

7. Como a verdadeira religião nos ajuda a ser felizes?

7 Será mesmo que uma pessoa não precisa de religião para ser feliz? Ninguém precisa da religião falsa para ter felicidade. Mas, para sermos felizes de verdade, precisamos ser amigos de Jeová, que é chamado de “Deus feliz”. (1 Tim. 1:11) Um dos motivos de Jeová ser feliz é porque ele ajuda as pessoas. Os servos dele também se concentram em ajudar outros, e por isso são felizes. (Atos 20:35) A religião verdadeira também nos ensina a ter uma família feliz. Ela nos incentiva a honrar e respeitar o marido ou a esposa, a criar filhos respeitosos e a mostrar amor. A religião verdadeira ajuda o povo de Jeová a ter união e paz. Juntos, formamos uma família mundial de adoradores felizes. — Isaías 65:13; 65:14.

8. Como o texto de Mateus 5:3 nos ajuda a entender o que dá verdadeira felicidade?

8 Então, como devemos encarar essa ideia de que ninguém precisa servir a Deus para ser feliz? Pense no seguinte: o que nos dá verdadeira felicidade? Alguns ficam contentes porque trabalham com o que gostam, praticam um esporte ou fazem outra atividade interessante. Outros ficam felizes por ter uma família unida ou bons amigos. Tudo isso nos faz sentir bem, mas a nossa vida tem um objetivo muito maior. Nós não somos como os animais, que não conhecem o Criador. Jeová nos criou de um modo que só temos felicidade quando conhecemos e servimos a ele. (Mateus 5:3.) É por isso que ficamos felizes quando nos reunimos para encorajar uns aos outros e adorar a Jeová. (Sal. 133:1) Nós também temos uma família mundial de irmãos, um estilo de vida saudável e uma esperança para o futuro.

PRECISAMOS OBEDECER ÀS LEIS DE DEUS?

9. (a) Que ideia sobre sexo é comum no mundo? (b) Por que a Palavra de Deus proíbe sexo antes do casamento?

9 “Sexo antes do casamento é uma coisa normal.” Muitas pessoas dizem: “A gente tem que aproveitar a vida. Não tem nada de errado em fazer sexo antes de casar.” Mas essa ideia é errada. Por quê? Porque a Palavra de Deus proíbe a imoralidade sexual. * (1 Tessalonicenses 4:3, 8; 4:4-7.) Jeová é o nosso Criador e, por isso, ele tem o direito de criar regras para orientar as nossas ações. A Bíblia diz que apenas um homem e uma mulher casados um com o outro podem ter relações sexuais. As leis de Deus são para o nosso bem e mostram o quanto ele nos ama. Quando os membros da família obedecem a essas leis, existe um ambiente de amor, respeito e segurança. Deus vai julgar os que decidem desobedecer ao que ele diz. — Heb. 13:4.

10. O que precisamos fazer para não cometer imoralidade?

10 A Bíblia diz o que precisamos fazer para não cometer imoralidade. Por exemplo, é muito importante controlar as coisas que vemos. Jesus disse: “Todo aquele que persiste em olhar para uma mulher, a ponto de sentir paixão por ela, já cometeu no coração adultério com ela. Então, se seu olho direito o faz tropeçar, arranque-o e lance-o para longe de você.” (Mat. 5:28, 29) Por isso, não devemos ver pornografia nem escutar músicas que falam de coisas imorais. Paulo escreveu: ‘Façam morrer os membros do seu corpo com respeito a imoralidade sexual.’ (Col. 3:5) Além disso, temos que controlar os nossos pensamentos e as nossas conversas. — Efé. 5:3-5.

SERÁ QUE DEVEMOS BUSCAR SUCESSO PROFISSIONAL?

11. Por que muitas pessoas buscam sucesso profissional?

11 “Pra ser feliz, nada melhor do que ter sucesso profissional.” Muitas pessoas acreditam que, se buscarem uma carreira de sucesso, vão ter riquezas, poder ou reconhecimento. Muitos acham que investir numa carreira é a melhor coisa que alguém faz. Por isso, alguns cristãos podem sentir vontade de fazer o mesmo.

12. Por que ter sucesso profissional não traz felicidade?

12 Será que, para ter felicidade, precisamos de uma carreira que nos ofereça poder e reconhecimento? Não! Veja o que aconteceu com Satanás. Ele queria ter poder e ser admirado. Mas ele não é feliz; pelo contrário, Satanás é uma pessoa cheia de ira. (Mat. 4:8, 9; Apo. 12:12) A satisfação que o sucesso profissional nos dá nem se compara com a alegria de ajudar alguém a aprender sobre Jeová e ter a esperança de vida eterna. E tem mais: o mundo de hoje é muito competitivo. Ele incentiva as pessoas a ser invejosas e a puxar o tapete umas das outras. Mas, no fim, todo o esforço que alguém faz para ter sucesso profissional é como “correr atrás do vento”. — Ecl. 4:4.

13. (a) Como devemos encarar o nosso emprego? (b) De acordo com 1 Tessalonicenses 2:13, 19, 20, o que deixava Paulo muito feliz?

13 É verdade que precisamos ter um ganha-pão. E não há nada de errado em trabalhar com algo que gostamos de fazer. Mas o emprego não pode ser a coisa mais importante da nossa vida. Jesus disse: “Ninguém pode ser escravo de dois senhores; pois ou odiará um e amará o outro, ou se apegará a um e desprezará o outro. Vocês não podem ser escravos de Deus e das Riquezas.” (Mat. 6:24) Quando nosso principal objetivo na vida é servir a Jeová e ensinar a Bíblia a outros, sentimos muita alegria. O apóstolo Paulo sentiu isso. Quando era jovem, ele tinha buscado uma carreira de sucesso. Mas ele só foi feliz quando começou a ensinar a verdade e viu como isso mudava a vida das pessoas para melhor. (1 Tessalonicenses 2:13, 19, 20.) Nenhum emprego, por melhor que seja, nos dá esse tipo de satisfação.

Ensinar as pessoas sobre Jeová nos dá muita felicidade (Veja os parágrafos 12 e 13.)

SERÁ QUE PODEMOS RESOLVER OS PROBLEMAS DO MUNDO?

14. Por que muitos gostam de pensar que os humanos conseguem resolver os problemas do mundo?

14 “Nós temos condições de resolver os problemas do mundo.” Muitas pessoas gostam de pensar assim. Por quê? Porque isso seria o mesmo que dizer que não precisamos de Deus e que podemos fazer as coisas do nosso jeito. Além disso, muitos acreditam que os humanos podem melhorar o mundo porque, de acordo com algumas pesquisas, a guerra, os crimes, as doenças e a pobreza estão diminuindo. Um relatório disse: “A humanidade está melhorando porque os humanos decidiram fazer do mundo um lugar melhor.” Será que as coisas estão melhorando mesmo? Vamos ver alguns fatos.

15. Que fatos mostram que os problemas da humanidade são muito sérios?

15 Guerra: Acredita-se que mais de 60 milhões de pessoas morreram nas duas guerras mundiais. E, pelo visto, os humanos não aprenderam a lição. Até 2015, 65 milhões de pessoas tinham deixado suas casas por causa de guerra ou perseguição. E só em 2015, mais de 12 milhões de pessoas passaram por isso. Crimes: Alguns tipos de crimes diminuíram em certas regiões. Mas os crimes realizados pela internet, a violência doméstica e o terrorismo estão aumentando. Além disso, muitos acreditam que, no mundo inteiro, a corrupção está ficando pior. Os humanos não conseguem acabar com os crimes. Doenças: Algumas doenças foram controladas. Mas um relatório de 2013 afirmou que, todo ano, 9 milhões de pessoas com menos de 60 anos morrem de doenças do coração, derrame, câncer, doenças respiratórias e diabetes. Pobreza: De acordo com o Banco Mundial, o número de pessoas em extrema pobreza na África aumentou de 280 milhões em 1990 para 330 milhões em 2012.

16. (a) Por que só o Reino pode resolver os problemas do mundo? (b) De acordo com Isaías e o Salmo 72, que bênçãos o Reino trará?

16 As organizações políticas e econômicas deste mundo são controladas por pessoas egoístas. E essas pessoas não conseguem acabar com a guerra, os crimes, as doenças e a pobreza. Isso é algo que só o Reino de Deus pode fazer. Guerra: O Reino vai eliminar as verdadeiras causas da guerra, como o egoísmo, a corrupção, o amor à pátria e a religião falsa. Além disso, Satanás será destruído. (Sal. 46:8, 9) Crimes: O Reino já está ensinando milhões de pessoas a mostrar amor e a confiar uns nos outros. Nenhum governo consegue fazer isso. (Isa. 11:9) Doenças: Jeová vai abençoar seu povo com saúde perfeita. (Isa. 35:5, 6) Pobreza: Jeová vai acabar com a pobreza e dar ao seu povo muitas coisas em sentido físico e espiritual. Todos vão ter qualidade de vida. — Sal. 72:12, 13.

“SAIBAM COMO RESPONDER”

17. Como você pode rejeitar os pensamentos do mundo?

17 Quando você se deparar com um pensamento do mundo, não deixe isso enfraquecer sua fé. Em vez disso, pesquise o que a Bíblia diz sobre o assunto e converse com um irmão experiente. Tente entender por que tantas pessoas têm esse pensamento, por que ele está errado e como você pode rejeitá-lo. Todos nós podemos nos proteger contra os pensamentos do mundo. Para isso, precisamos fazer o que Paulo disse: “Prossigam andando com sabedoria para com os de fora. . . . Saibam como responder a cada pessoa.” — Col. 4:5, 6.

^ parágrafo. 9 Alguns usam João 7:53–8:11, que aparece em algumas traduções da Bíblia, para dizer que só uma pessoa sem pecado pode julgar quem cometeu adultério. Mas muitos não sabem que essa passagem não fazia parte dos escritos originais. Além disso, essa ideia vai contra a lei de Jeová aos israelitas: “Se um homem for encontrado deitado com uma mulher que é esposa de outro homem, ambos devem morrer juntos.” — Deut. 22:22.