Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Língua angolana de sinais

A Sentinela (Edição de Estudo)  |  Maio de 2017

Não deixe seu amor diminuir

Não deixe seu amor diminuir

“Por causa do aumento do que é contra a lei, o amor da maioria esfriará.” — MAT. 24:12.

CÂNTICOS: 60, 154

1. Como Mateus 24:12 se cumpriu nos dias dos apóstolos?

QUANDO Jesus esteve na Terra, ele disse que no “final do sistema de coisas” o amor da maioria das pessoas ‘ia esfriar’, ou diminuir. Essa seria uma das características do tempo do fim. (Mat. 24:3, 12) Nos dias dos apóstolos, isso aconteceu com os judeus. Eles diziam que eram o povo de Deus, mas deixaram que seu amor por ele diminuísse.

2. Como o livro de Atos mostra que a maioria dos cristãos não deixou que seu amor diminuísse? (Veja a figura no começo do artigo.)

2 Já os cristãos eram diferentes. Como vemos no livro de Atos, a maioria deles mostrava amor a Deus, a seus irmãos e a outros, e pregava com alegria “as boas novas a respeito do Cristo”. (Atos 2:44-47; 5:42) Mas infelizmente alguns cristãos deixaram seu amor diminuir.

3. O que pode ter feito o amor de alguns cristãos diminuir?

3 Mais tarde, quando Jesus já estava no céu, ele disse à congregação na cidade de Éfeso: “Tenho o seguinte contra você: você abandonou o amor que tinha no princípio.” (Apo. 2:4) Por que será que isso aconteceu? Aqueles cristãos talvez tenham sido influenciados pelas pessoas ao seu redor, que só pensavam em agradar a si mesmas. (Efé. 2:2, 3) Como acontece em muitas cidades hoje, Éfeso estava cheia de todo tipo de coisa ruim. Era uma cidade muito rica, e as pessoas ali só pensavam em dinheiro, luxo e diversão. Elas eram muito imorais e não tinham o menor respeito pelas leis de Deus. Elas amavam tanto esse estilo de vida que não sobrava lugar para o amor a Deus e a outros.

4. (a) Como o amor diminuiu nos nossos dias? (b) Que três tipos de amor precisamos manter forte?

4 As palavras de Jesus também se cumprem hoje. O amor das pessoas por Deus está diminuindo cada vez mais. Milhões delas deram as costas a Deus e preferem confiar em organizações humanas para resolver os problemas do mundo. Por isso, o amor é cada vez mais raro hoje em dia. Como no caso da congregação de Éfeso, até os cristãos verdadeiros podem ficar acomodados e acabar deixando seu amor diminuir. Vamos ver três tipos de amor que precisamos manter forte: (1) amor por Jeová, (2) amor pela verdade da Bíblia e (3) amor pelos irmãos.

AMOR POR JEOVÁ

5. Por que devemos ter amor por Jeová?

5 No mesmo dia em que falou sobre o amor diminuir, Jesus deixou claro que tipo de amor seria o mais importante de todos. Ele disse: “‘Ame a Jeová, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de toda a sua mente.’ Esse é o maior e primeiro mandamento.” (Mat. 22:37, 38) O amor por Jeová nos ajuda a obedecer aos seus mandamentos, a perseverar e a odiar o que é mau. (Leia Salmo 97:10.) Mas Satanás e seu mundo fazem de tudo para enfraquecer nosso amor a Deus.

6. O que acontece quando as pessoas amam outras coisas em vez de a Deus?

6 O mundo de Satanás dá muita importância ‘ao desejo da carne, ao desejo dos olhos e à ostentação de posses’. (1 João 2:16) Além disso, muitas pessoas ‘amam a si mesmas’ em vez de amar a Deus. (2 Tim. 3:2) Mas o apóstolo Paulo aconselhou os cristãos a não “fixar a mente na carne”, ou seja, a não ficarem agradando só a si mesmos. Ele disse: “Fixar a mente na carne significa morte.” Por quê? Porque quem faz isso se torna inimigo de Deus. (Rom. 8:6, 7) E vemos que as pessoas que deram muita importância ao dinheiro ou levaram uma vida imoral acabaram ficando decepcionadas e sofreram muito. — 1 Cor. 6:18; 1 Tim. 6:9, 10.

7. O que pode ser perigoso para os cristãos?

7 Em alguns países, muitas pessoas não acreditam em Deus ou dizem que não há provas suficientes de que ele existe. Essas pessoas querem convencer outros de que eles não precisam amar a Deus nem acreditar nele. Elas dizem que, para acreditar num Criador, ou a pessoa é muito inocente ou não é inteligente. Além disso, muitos colocam os cientistas num pedestal; eles têm mais respeito pelos cientistas do que por Deus. (Rom. 1:25) Tudo isso pode ser perigoso para os cristãos. Se dermos ouvidos a essas ideias, poderemos nos afastar aos poucos de Jeová, e nosso amor por ele vai diminuir. — Heb. 3:12.

8. (a) Que coisas podem nos deixar desanimados? (b) Como o Salmo 136 mostra que Jeová nos ama?

8 O desânimo é outra coisa que pode enfraquecer nossa fé e fazer nosso amor por Deus diminuir. Neste mundo controlado por Satanás, todos nós podemos ficar desanimados de vez em quando. (1 João 5:19) Pode ser que a gente esteja desanimado por causa de problemas de saúde, problemas financeiros ou porque estamos ficando mais velhos. Talvez a gente ache que não tem valor ou que tem um monte de defeitos. Ou às vezes ficamos decepcionados porque as coisas não aconteceram como esperávamos. Mas nunca devemos achar que Jeová nos abandonou. Em vez disso, devemos meditar, ou pensar com atenção, em textos que mostram que Jeová nos ama muito. Por exemplo, Leia o Salmo 136:23 diz: “Ele se lembrou de nós em nossa humilhação, pois o seu amor leal dura para sempre.” O amor de Jeová por seus servos nunca acaba. Por isso, podemos ter certeza de que ele ouve e responde nossas “súplicas por ajuda”. — Sal. 116:1; 136:24-26.

9. O que ajudou Paulo a manter forte o seu amor por Jeová?

9 O apóstolo Paulo também meditava em como Jeová sempre o apoiou. Isso o ajudou a manter forte o seu amor por Jeová. Ele escreveu: “Jeová é o meu ajudador; não terei medo. O que me pode fazer o homem?” (Leia Heb. 13:6) Paulo confiava muito em Jeová, e isso o ajudou a enfrentar os problemas. Ele não deixou que situações difíceis o desanimassem. Até quando estava preso, Paulo animava outros por meio de suas cartas. (Efé. 4:1; Fil. 1:7; Filêm. 1) Mesmo nas piores dificuldades, o amor de Paulo por Jeová continuou forte. O que o ajudou? Ele continuou confiando no “Deus de todo o consolo, que nos consola em todas as nossas provações”. (2 Cor. 1:3, 4) Como podemos imitar Paulo e manter forte nosso amor por Jeová?

Mostre amor por Jeová (Veja o parágrafo 10.)

10. Como podemos manter forte nosso amor por Jeová?

10 Uma coisa importante que pode ajudar a manter forte nosso amor por Jeová é a oração. Paulo disse: “Orem constantemente.” Mais tarde ele disse: “Perseverem em oração.” (Leia 1 Tes. 5:17; Rom. 12:12) É impossível termos uma forte amizade com Jeová, nosso Pai celestial, se não falarmos com ele em oração. (Sal. 86:3) Quando tiramos tempo para falar com Jeová do fundo do coração, nos sentimos mais perto dele. (Sal. 65:2) E, quando vemos que Jeová responde nossas orações, nosso amor por ele aumenta e conseguimos sentir que “Jeová está perto” de quem pede a sua ajuda. (Sal. 145:18) Confiar que Jeová está do nosso lado vai nos ajudar a lidar com testes de fé agora e no futuro.

AMOR PELA VERDADE DA BÍBLIA

11, 12. Que coisas precisamos fazer para amar a verdade da Bíblia?

11 Como cristãos, nós amamos a verdade, e a verdade está na Bíblia. Numa oração, Jesus disse ao seu Pai: “A tua palavra é a verdade.” (João 17:17) Assim, o primeiro passo para amar a verdade é ter “conhecimento exato” da Palavra de Deus. (Col. 1:10) Mas não basta simplesmente encher a cabeça de conhecimento. O Salmo 119 nos ajuda a ver outra coisa que precisamos fazer para amar a verdade da Bíblia. (Salmo 119:97-100.) Será que meditamos em textos bíblicos em vários momentos durante o dia? Se meditarmos em como a Bíblia nos ajuda no dia a dia, vamos dar ainda mais valor a ela.

12 O Salmo 119:103 diz: “Como são doces para o meu paladar as tuas declarações, mais do que mel para a minha boca!” Da mesma forma, as publicações bíblicas que temos são como uma comida gostosa. Quando gostamos de uma comida, nós comemos sem pressa para sentir bem o gosto. Nós queremos fazer o mesmo com a verdade da Bíblia. Queremos estudar sem pressa para “sentir o gosto” da verdade. Assim, vamos conseguir nos lembrar do que lemos e vamos poder usar isso para ajudar outros. — Ecl. 12:10.

13. (a) O que ajudou Jeremias a amar a verdade da Palavra de Deus? (b) Qual foi o resultado de Jeremias meditar na Palavra de Deus?

13 O profeta Jeremias amava a verdade da palavra de Deus. Ele disse: “Ao encontrar as tuas palavras, eu as comi. E a tua palavra tornou-se a exultação e a alegria do meu coração, pois eu levo o teu nome, ó Jeová, Deus dos exércitos.” (Jer. 15:16) O que Jeremias quis dizer com ‘comer as palavras de Deus’? Ele quis dizer que meditava nas valiosas palavras de Jeová. Isso fez com que ele amasse a verdade da palavra de Deus e desse muito valor ao privilégio de levar o nome Dele. O que aprendemos disso? Quando amamos a verdade da Bíblia, reconhecemos que temos um grande privilégio: levar o nome de Jeová e falar sobre o seu Reino.

Mostre amor pela verdade da Bíblia (Veja o parágrafo 14.)

14. O que mais vai aumentar nosso amor pela verdade da Bíblia?

14 Outra coisa que vai aumentar nosso amor pela verdade da Bíblia é assistir regularmente às reuniões. Toda semana estudamos a Bíblia com a ajuda da revista A Sentinela. Essa é uma maneira muito importante de Jeová nos ensinar. Para o estudo realmente valer a pena, a gente precisa se preparar bem. Uma maneira de fazer isso é ler todos os textos. Hoje, podemos baixar A Sentinela em muitos idiomas, tanto no site jw.org como no aplicativo JW Library. Dependendo do formato eletrônico, dá para encontrar rapidamente os textos de um artigo. Não importa o método que a gente use, ler os textos com atenção e meditar neles vai nos ajudar a amar ainda mais a verdade da Bíblia. — Leia Salmo 1:2.

AMOR PELOS IRMÃOS

15, 16. (a) De acordo com João 13:34, 35, o que precisamos fazer? (b) Por que nosso amor pelos irmãos anda de mãos dadas com nosso amor por Jeová? (c) Por que nosso amor pelos irmãos anda de mãos dadas com nosso amor pela Bíblia?

15 Na última noite de Jesus na Terra, ele disse aos seus discípulos: “Eu lhes dou um novo mandamento: Amem uns aos outros; assim como eu amei vocês, amem também uns aos outros. Por meio disto todos saberão que vocês são meus discípulos: se tiverem amor entre si.” — Leia João 13:34, 35.

16 O amor pelos irmãos anda de mãos dadas com o amor que temos por Jeová. Na verdade, não é possível ter um sem o outro. O apóstolo João escreveu: “Quem não ama o seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.” (1 João 4:20) Podemos dizer também que nosso amor por Jeová e pelos irmãos anda de mãos dadas com nosso amor pela Bíblia. Como assim? A Bíblia diz que devemos amar a Jeová e os irmãos. Então, se amamos a Bíblia, vamos querer fazer o que ela diz. — 1 Ped. 1:22; 1 João 4:21.

Mostre amor pelos irmãos (Veja o parágrafo 17.)

17. Como podemos mostrar que amamos nossos irmãos?

17 1 Tessalonicenses 4:9, 10. Como podemos mostrar que amamos nossos irmãos? Veja alguns exemplos: Podemos dar carona a um irmão idoso para ele ir às reuniões. Podemos ajudar uma irmã viúva por fazer alguns consertos na casa dela. (Tia. 1:27) E se a gente perceber que um irmão está desanimado, deprimido ou passando por outros problemas? Podemos encorajar, consolar e dar atenção a esse irmão. (Pro. 12:25; Col. 4:11) Mostramos que realmente amamos nossos irmãos, “nossa família na fé”, pelo que dizemos e fazemos. — Gál. 6:10.

18. O que vai nos ajudar a resolver qualquer problema com um irmão?

18 Hoje, vemos que muitas pessoas só amam a si mesmas e ao dinheiro. Foi exatamente isso que a Bíblia disse que ia acontecer nos “últimos dias”. (2 Tim. 3:1, 2) Por isso, mais do que nunca temos que nos esforçar para fortalecer nosso amor por Deus, pela verdade da Bíblia e pelos irmãos. É verdade que de vez em quando a gente fica chateado com um irmão. Mas toda a congregação sai ganhando quando deixamos que o amor fale mais alto e resolvemos qualquer problema de modo amoroso. (Efé. 4:32; Col. 3:14) Então, não vamos deixar nosso amor diminuir! Em vez disso, vamos continuar a ter um forte amor por Jeová, pela verdade da Bíblia e pelos irmãos.