Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Língua angolana de sinais

A Sentinela (Edição de Estudo)  |  Junho de 2016

Não deixe os erros de outros afastar você de Jeová

Não deixe os erros de outros afastar você de Jeová

“Continuem . . . a perdoar uns aos outros liberalmente.” — COL. 3:13.

CÂNTICOS: 53, 28

1, 2. O que Jeová disse sobre o aumento do seu povo?

AS TESTEMUNHAS de Jeová formam uma organização sem igual. É verdade que esses servos fiéis de Deus não são perfeitos. Mas, graças ao espírito santo, essa congregação mundial está crescendo. Veja algumas coisas incríveis que Jeová está fazendo com seus servos, que, mesmo sendo imperfeitos, querem muito fazer a vontade dele.

2 Em 1914, quando começaram os últimos dias deste mundo, os servos de Deus na Terra eram poucos. Mas Jeová abençoou o trabalho de pregação que eles fizeram. Nas décadas seguintes, milhões de pessoas aprenderam as verdades da Bíblia e se tornaram Testemunhas de Jeová. Na verdade, o próprio Jeová falou desse crescimento impressionante: “O pequeno se tornará mil; e o menor, uma nação forte. Eu, Jeová, apressarei isso no tempo devido.” (Isa. 60:22) Essa profecia com certeza se cumpriu nestes últimos dias. Hoje, o número dos servos de Deus na Terra é maior do que a população de muitos países.

3. Como os servos de Deus têm mostrado amor?

3 Ao mesmo tempo, Jeová ajudou seu povo a demonstrar cada vez mais a principal qualidade dele: o amor. (1 João 4:8) Jesus, que mostrava amor assim como Deus, disse aos seus seguidores: “Eu lhes dou um novo mandamento: Amem uns aos outros . . . Por meio disto todos saberão que vocês são meus discípulos: se tiverem amor entre si.” (João 13:34, 35) Obedecer a esse mandamento tem sido muito importante, principalmente em nossos dias. Como nunca antes, nações do mundo inteiro têm se envolvido em guerras sangrentas. Por exemplo, só na Segunda Guerra Mundial, uns 55 milhões de pessoas foram mortas. Mas as Testemunhas de Jeová não participaram desse massacre. (Miqueias 4:1, 3.) Assim, elas permaneceram ‘limpas do sangue de todos os homens’. — Atos 20:26.

4. Por que o aumento do povo de Jeová é impressionante?

4 É impressionante ver que o povo de Deus continua aumentando mesmo neste mundo sem amor, controlado por Satanás. A Bíblia o chama de “o deus deste mundo”. (2 Cor. 4:4) Ele tem poder sobre todo o sistema político mundial e sobre a mídia, o que inclui os jornais, a televisão e a internet. Mas ele não consegue parar a obra de pregação. Mesmo assim, Satanás sabe que o tempo dele está acabando. Por isso, ele tenta desviar as pessoas da adoração verdadeira de muitas maneiras. — Apo. 12:12.

UM TESTE DE LEALDADE

5. Por que nossos irmãos nos magoam de vez em quando? (Veja a gravura no começo do artigo.)

5 Amar a Deus e aos irmãos é algo muito importante para os verdadeiros cristãos. Jesus disse que deveria ser assim. Certa vez, perguntaram a ele qual era o maior mandamento. Ele respondeu: “‘Ame a Jeová, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de toda a sua mente.’ Esse é o maior e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a esse, é: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’” (Mat. 22:35-39) Ao mesmo tempo, a Bíblia deixa claro que, por causa do pecado de Adão, todos nós nascemos imperfeitos. (Leia Romanos 5:12, 19.) Então, às vezes, alguém na congregação pode fazer ou dizer alguma coisa que nos magoe. Essa situação pode testar nosso amor por Jeová e pelo seu povo. O que vamos fazer se isso acontecer? É bom lembrar que até mesmo servos fiéis do passado disseram ou fizeram coisas que magoaram outros. Nós podemos aprender desses relatos da Bíblia.

Se você tivesse vivido em Israel na época de Eli e de seus filhos, como você teria reagido? (Veja o parágrafo 6.)

6. Como Eli falhou em disciplinar seus filhos?

6 Por exemplo, o sumo sacerdote Eli tinha dois filhos que não obedeciam às leis de Jeová. A Bíblia diz: “Os filhos de Eli eram maus; não respeitavam a Jeová.” (1 Sam. 2:12) O pai deles tinha um papel importante na adoração verdadeira. Mesmo assim, eles cometeram pecados muito graves. Eli sabia disso e deveria ter corrigido seus filhos, mas ele não foi firme com eles. Por isso, Jeová condenou todos da casa de Eli. (1 Sam. 3:10-14) Com o tempo, seus descendentes foram proibidos de servir como sumo sacerdotes. Se você tivesse vivido na época de Eli, como teria reagido ao ver que ele fechou os olhos para os erros de seus filhos? Será que você teria parado de servir a Deus por causa disso?

7. Que pecados graves Davi cometeu? O que Jeová fez?

7 A Bíblia também fala sobre Davi. Jeová amava Davi, um homem que ‘agradava ao seu coração’. (1 Sam. 13:13, 14; Atos 13:22) Só que mais tarde Davi cometeu imoralidade sexual com Bate-Seba, e ela ficou grávida. Isso aconteceu enquanto o marido dela, Urias, estava numa guerra. Quando Urias foi passar algum tempo em casa, Davi tentou fazer com que ele tivesse relações com Bate-Seba. Sua ideia era dar a impressão de que ela estava grávida de Urias. Quando seu plano não deu certo, Davi fez com que Urias fosse morto na guerra. Davi pagou caro por esse crime — ele e sua família sofreram sérias consequências. (2 Sam. 12:9-12) Mesmo assim, Jeová perdoou esse homem, que na maior parte de sua vida serviu a Jeová “com um coração íntegro”. (1 Reis 9:4) Se você estivesse lá e ficasse sabendo do que tinha acontecido, qual teria sido a sua reação? Será que você teria parado de servir a Jeová por causa da conduta errada de Davi?

8. (a) Como Pedro deixou de cumprir sua palavra? (b) Por que Jeová continuou usando Pedro mesmo depois do que ele fez?

8 Outro exemplo é o do apóstolo Pedro. Jesus o escolheu para ser um de seus apóstolos. Mas Pedro não era perfeito. Às vezes, ele falava ou fazia coisas das quais ele se arrependia depois. Por exemplo, num momento muito difícil, os apóstolos abandonaram Jesus. Um pouco antes, Pedro tinha dito que, mesmo que os outros fizessem isso, ele nunca faria. (Mar. 14:27-31, 50) Mas, quando Jesus foi levado preso, todos os apóstolos o abandonaram, incluindo Pedro. Ele até mesmo disse várias vezes que nem conhecia Jesus. (Mar. 14:53, 54, 66-72) Só que mais tarde Pedro ficou com remorso, e Jeová continuou a usá-lo. Se você fosse um discípulo naquela época, será que as atitudes de Pedro teriam feito você abandonar a Jeová?

9. Por que você tem certeza de que Deus sempre é justo?

9 Esses são apenas alguns exemplos de pessoas que acabaram magoando outras. Poderíamos falar de muitos outros casos, tanto do passado como da atualidade, em que servos de Jeová fizeram coisas ruins e ofenderam outros. A questão é: Qual vai ser a sua reação? Você vai permitir que erros como esses afetem você a ponto de abandonar a Jeová e seu povo? Ou você entende que Jeová dá tempo para que uma pessoa que errou se arrependa, corrija seus erros e mude de atitude? Por outro lado, às vezes alguns que cometem pecados graves não aceitam a ajuda de Jeová e não se arrependem. Nesse caso, você confia que Jeová vai julgar os pecadores no tempo certo, talvez até desassociando a pessoa?

CONTINUE LEAL

10. Por que Jesus não deixou que os erros de Judas e de Pedro o afastassem de Jeová?

10 Na Bíblia, há vários exemplos de pessoas que continuaram leais a Jeová e a seu povo apesar dos erros graves de outros. Por exemplo, depois de passar uma noite inteira orando a seu Pai, Jesus escolheu seus 12 apóstolos. Judas, que mais tarde o traiu, era um deles. Mas Jesus não deixou que a traição de Judas prejudicasse sua amizade com seu Pai. Da mesma forma, quando Pedro mentiu dizendo a outros que nem o conhecia, Jesus não deixou que isso o afastasse de Jeová. (Luc. 6:12-16; 22:2-6, 31, 32) Ele sabia que nada disso era culpa de Jeová ou de seu povo como um todo. Jesus talvez tenha ficado decepcionado com o que alguns de seus seguidores fizeram, mas ele continuou fazendo seu excelente trabalho. Jeová o recompensou por ressuscitá-lo e por mais tarde o tornar Rei do Reino celestial. — Mat. 28:7, 18-20.

11. O que a Bíblia disse que ia acontecer com os servos de Jeová hoje?

11 Jesus tinha e ainda tem bons motivos para confiar em Jeová e seu povo. E realmente Jeová está fazendo coisas incríveis por meio de seus servos nestes últimos dias! Eles são unidos e pregam a verdade no mundo inteiro. Nenhum outro grupo consegue fazer isso porque só a organização de Jeová recebe a orientação e a ajuda dele. A Bíblia predisse em Isaías 65:14 como o povo de Deus se sentiria por ser ensinado por ele: “Os meus servos gritarão de alegria por causa da boa condição de coração.”

12. Qual deve ser a nossa atitude quando outros cometem erros?

12 Os servos de Jeová ficam felizes pelo que conseguem fazer com a ajuda dele. Diferente disso, a tristeza das pessoas que não servem a Jeová só aumenta, já que a situação do mundo de Satanás está cada vez pior. Com certeza não seria sábio nem correto culpar a Jeová ou a sua organização pelas falhas de alguns de seus servos. Precisamos continuar leais a Jeová e às suas orientações e saber como devemos reagir quando alguém comete um erro.

COMO VOCÊ DEVE REAGIR?

13, 14. (a) Por que devemos ter paciência uns com os outros? (b) De que promessa devemos sempre nos lembrar?

13 Então, o que podemos fazer caso um irmão diga ou faça alguma coisa que nos ofenda? A Bíblia nos dá um excelente conselho: “Não fique ofendido facilmente, pois é o coração dos tolos que fica ofendido.” (Ecl. 7:9) É bom lembrar que estamos muito longe da perfeição que existia no jardim do Éden uns 6 mil anos atrás. E pessoas imperfeitas têm a tendência de cometer erros. Por isso, não seria bom exigir demais de nossos irmãos nem deixar que os erros deles tirem nossa alegria de fazer parte do povo de Deus. Pior ainda seria deixar os erros de outros enfraquecer nossa fé e nos levar a abandonar a organização de Jeová. Se isso acontecesse, nós perderíamos o privilégio de fazer a vontade de Deus e a esperança de viver no novo mundo.

14 Para não perdermos a nossa alegria e esperança, precisamos sempre nos lembrar da promessa que Jeová nos faz: “Vejam! Crio novos céus e uma nova terra; e as coisas anteriores não serão lembradas, nem voltarão ao coração.” (Isa. 65:17; 2 Ped. 3:13) Não deixe que as falhas de outros o impeçam de ter esse futuro maravilhoso!

15. O que Jesus disse que devemos fazer quando alguém nos magoa?

15 Mas, até chegar o novo mundo, de vez em quando alguém vai dizer ou fazer alguma coisa que nos magoa. Então, quando passamos por isso, precisamos seguir as orientações de Deus. Por exemplo, pense no princípio dado por Jesus: “Se vocês perdoarem aos homens as falhas deles, o seu Pai celestial também perdoará vocês; ao passo que, se não perdoarem aos homens as falhas deles, o seu Pai também não perdoará as falhas de vocês.” Pense também na resposta de Jesus quando Pedro perguntou se devia perdoar “até sete vezes”. Jesus disse: “Eu não lhe digo até sete vezes, mas até 77 vezes.” Com isso, Jesus quis dizer que sempre devemos estar dispostos a perdoar. Essa deve ser a nossa primeira reação quando alguém nos magoa. — Mat. 6:14, 15; 18:21, 22.

16. Por que José foi um bom exemplo?

16 José foi um bom exemplo de como lidar com os erros de outros. Ele era um dos dois filhos que Jacó teve com Raquel. Os dez meios-irmãos de José tinham inveja dele porque ele era o filho que Jacó mais gostava. Por causa disso, eles o venderam como escravo, e ele foi parar no Egito. Ali, José fez um bom trabalho e, depois de muitos anos, ele se tornou o segundo governante mais importante do país. Então, quando uma fome se espalhou pela região, os irmãos de José foram para o Egito comprar comida, mas eles não o reconheceram. José podia ter usado essa chance para se vingar dos seus irmãos pelas coisas ruins que eles tinham feito. Mas ele não fez isso. Depois de fazer um teste e ver que seus irmãos realmente tinham mudado, José se identificou. Mais tarde, ele disse: “Não tenham medo. Eu continuarei a sustentar vocês e as suas crianças.” Daí, a Bíblia diz: “Assim ele os consolou e com suas palavras os tranquilizou.” — Gên. 50:21.

17. O que você vai fazer da próxima vez que alguém ofender você?

17 É importante lembrar que nós também cometemos falhas e, por isso, podemos ofender outros. Então, se percebermos que ofendemos alguém, devemos seguir a orientação da Bíblia. Ela nos diz para procurar a pessoa e tentar resolver o problema. (Leia Mateus 5:23, 24.) Esteja disposto a perdoar. Até porque é tão bom quando alguém nos perdoa, não acha? Colossenses 3:13 diz: “Continuem a suportar uns aos outros e a perdoar uns aos outros liberalmente, mesmo que alguém tenha razão para queixa contra outro. Assim como Jeová os perdoou liberalmente, vocês devem fazer o mesmo.” E 1 Coríntios 13:5 diz que o amor “não leva em conta o dano”. Se perdoarmos outros, Jeová vai nos perdoar também. Em resumo, como devemos lidar com os erros de outros? O melhor a fazer é sermos perdoadores e tratarmos nossos irmãos assim como Jeová nos trata. — Salmo 103:12-14.