Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Língua angolana de sinais

A Sentinela (Edição de Estudo)  |  Abril de 2016

Seja fiel e faça Jeová feliz

Seja fiel e faça Jeová feliz

“Sejam imitadores daqueles que pela fé e pela paciência herdam as promessas.” — HEB. 6:12.

CÂNTICOS: 3, 54

1, 2. Que desafio Jefté e sua filha tiveram que enfrentar?

CHEGOU a hora que ela tanto esperava! A filha corre em direção ao seu pai, cantando e dançando. Ela está aliviada e feliz por ele ter voltado são e salvo da batalha. Mas, em vez de sentir a mesma alegria, ele rasga suas roupas e lamenta: “Ai, minha filha! Você partiu meu coração.” Então, ele diz algo que muda a vida dela para sempre, algo que acaba com os sonhos dela para o futuro. Mesmo assim, sem pensar duas vezes, a moça dá uma resposta muito bonita a seu pai. Ela quer que ele cumpra a promessa que ele fez a Jeová e está disposta a fazer o que for preciso para apoiá-lo. O que ela diz mostra que ela tem muita fé e confia que Jeová quer o melhor para ela. (Juí. 11:34-37) Isso deixa seu pai muito emocionado! Ele fica orgulhoso de saber que a atitude dela deixa Jeová muito feliz.

2 Jefté e sua filha confiaram na maneira de Jeová fazer as coisas, por mais difícil que isso fosse. Eles tinham certeza de que, para agradar a Deus, qualquer sacrifício valia a pena.

3. Por que o exemplo de Jefté e de sua filha pode nos ajudar?

3 É claro que ser fiel a Jeová nem sempre é fácil. Na verdade, temos que “travar uma luta árdua pela fé”. (Judas 3) O exemplo de Jefté e de sua filha pode nos ajudar, pois eles conseguiram vencer desafios. O que será que eles fizeram para se manter fiéis a Jeová?

FIÉIS APESAR DE INFLUÊNCIAS RUINS

4, 5. (a) Que ordem Jeová deu aos israelitas quando eles estavam para entrar na Terra Prometida? (b) De acordo com o Salmo 106, quais foram os resultados da desobediência dos israelitas?

4 Todos os dias, Jefté e sua filha viam provas de que ser infiel a Jeová resulta em problemas terríveis. Uns 300 anos antes, os israelitas tinham recebido a ordem de destruir todas as nações que adoravam deuses falsos na Terra Prometida. (Deut. 7:1-4) Mas eles não foram obedientes e muitos acabaram ficando iguais aos cananeus, adorando deuses falsos e praticando imoralidade sexual. — Leia Salmo 106:34-39.

5 Essa desobediência fez com que Jeová se afastasse do seu povo; eles não teriam mais sua proteção. (Juí. 2:1-3, 11-15; Sal. 106:40-43) Deve ter sido uma época muito difícil para as famílias que eram leais a Deus. Mas a Bíblia mostra que alguns foram fiéis e estavam decididos a fazer Jeová feliz, como Jefté e sua filha, e Elcana, Ana e Samuel. — 1 Sam. 1:20-28; 2:26.

6. Que coisas são consideradas normais hoje, e o que precisamos fazer?

6 Hoje em dia, o jeito de pensar e de agir das pessoas é muito parecido ao dos cananeus. A imoralidade sexual, o materialismo e a violência são encarados como coisas normais e até atraentes. Assim como Jeová fez com os israelitas, ele nos dá avisos claros para nos proteger dessas influências. Não acha que podemos tirar uma lição dos erros cometidos pelos israelitas? (1 Cor. 10:6-11) Se percebermos que estamos sendo influenciados pelo jeito de pensar do mundo, precisamos nos esforçar para mudar. (Rom. 12:2) Se queremos ser fiéis, vamos fazer isso.

FIEL APESAR DE DESAPONTAMENTOS

7. (a) Que injustiça Jefté sofreu? (b) Como Jefté reagiu?

7 Na época de Jefté, os israelitas sofriam nas mãos dos filisteus e dos amonitas por terem desobedecido a Jeová. (Juí. 10:7, 8) Mas Jefté não sofreu só por causa dessas nações inimigas. Ele também sofreu nas mãos de seus irmãos e dos líderes de sua própria nação. Por ser o primeiro filho, ele tinha o direito de receber uma parte maior da herança de seu pai. Mas seus meios-irmãos tinham ciúme e raiva dele e o expulsaram de suas terras. (Juí. 11:1-3) Apesar disso, Jefté não deixou que a atitude maldosa deles o influenciasse. Quando os líderes de Israel precisaram muito da ajuda dele, em vez de se vingar, ele os socorreu. (Juí. 11:4-11) O que pode ter ajudado Jefté a agir como um homem espiritual?

8, 9. (a) Que princípios na Lei mosaica ajudaram Jefté? (b) O que era mais importante para Jefté?

8 Jefté não era apenas um forte guerreiro; ele conhecia bem a história de Israel. Pensar em como Jeová tratou seu povo o ajudou a saber o que é certo e o que é errado para Jeová. (Juí. 11:12-27) A Lei mosaica também ajudou Jefté. Ele procurava entender os princípios por trás das leis, e por isso conseguia ver as coisas do ponto de vista de Jeová. Por exemplo, a Lei exigia que os israelitas amassem uns aos outros. Assim, Jefté sabia que Jeová não quer que guardemos mágoa de outra pessoa. Jefté também aprendeu na Lei que é errado ignorar alguém que precisa de ajuda, mesmo que essa pessoa ‘odeie’ você. — Êxodo 23:5; Levítico 19:17, 18.

9 O exemplo de pessoas fiéis também pode ter ajudado Jefté a agir como um homem espiritual. Por exemplo, José tratou seus irmãos com bondade, apesar de ter sido maltratado por eles anos antes. (Gên. 37:4; 45:4, 5) Meditar em exemplos como esse talvez tenha ajudado Jefté a agir de um modo que agradava a Jeová. É claro que Jefté ficou triste com o que seus irmãos fizeram, mas ele não deixou que isso atrapalhasse seu serviço a Jeová e a seu povo. (Juí. 11:9) Para Jefté, defender o nome de Jeová era mais importante do que ficar magoado por causa de desentendimentos. Ele estava decidido a ser leal a Jeová, e isso resultou em bênçãos para ele mesmo e para outros. — Heb. 11:32, 33.

10. Como podemos imitar o exemplo de Jefté e agir como pessoas espirituais?

10 O que aprendemos do exemplo de Jefté? Se acontecer de você ficar magoado com algum irmão, não permita que isso faça você perder reuniões nem deixe de passar tempo com os irmãos da congregação. Servir a Jeová deve ser a coisa mais importante. Quando seguimos os princípios da Bíblia, conseguimos vencer situações difíceis e ser uma boa influência na congregação. — Rom. 12:20, 21; Col. 3:13.

SACRIFÍCIOS SÃO UM SINAL DE FÉ

11, 12. O que Jefté prometeu, e o que estava envolvido nessa promessa?

11 Jefté sabia que precisava da ajuda de Deus para vencer os amonitas. Então ele prometeu que faria uma “oferta queimada” a Jeová caso vencesse a batalha. Ele disse que essa oferta seria a primeira pessoa que saísse de sua casa quando ele voltasse da guerra. (Juí. 11:30, 31) O que isso significava?

12 Jefté não tinha a intenção de sacrificar um humano em sentido literal. Essa prática era detestável para Jeová. (Deut. 18:9, 10) Segundo a Lei mosaica, uma oferta queimada era uma oferta totalmente dedicada a Jeová. Ou seja, ao fazer aquela promessa, Jefté estava dizendo que a pessoa seria exclusivamente dedicada ao serviço de Jeová. Ela teria que servir no tabernáculo pelo resto da vida. Jeová aceitou a proposta de Jefté e fez com que ele vencesse a batalha de modo impressionante — os inimigos de Israel foram completamente derrotados. (Juí. 11:32, 33) Mas quem foi que saiu da casa e agora teria que servir como “oferta queimada” a Deus?

13, 14. O que as palavras de Jefté em Juízes 11:35 revelam sobre a fé que ele tinha?

13 Pense na cena descrita no início deste artigo. Quando Jefté voltou da batalha, a pessoa que veio ao seu encontro foi sua querida filha — sua única filha! Ela teria que servir no tabernáculo pelo resto da vida. E agora? Será que Jefté cumpriria sua palavra e abriria mão de ficar perto de sua filha?

14 Mais uma vez, as lições que Jefté tinha aprendido na Lei de Deus provavelmente o ajudaram a tomar a decisão certa. Talvez ele tenha se lembrado de Êxodo 23:19. Ali, a Lei dizia que o povo de Deus devia dar o melhor a Jeová. A Lei também dizia: “Se um homem fizer um voto a Jeová . . . , ele não deve violar a sua palavra. Deve fazer tudo o que prometeu.” (Núm. 30:2) Assim como Ana, que deve ter vivido na mesma época, Jefté teria que cumprir sua promessa, mesmo sabendo como isso afetaria o futuro dele e de sua filha. Como assim? Bem, o voto de Jefté significava que sua filha não se casaria nem teria filhos. Como Jefté não tinha outros filhos, não restaria ninguém para levar seu nome e herdar suas terras. (Juí. 11:34) Apesar do grande sacrifício que teria que fazer, Jefté foi fiel. Ele disse: “Fiz um voto a Jeová e não posso voltar atrás.” (Juí. 11:35) Em resultado disso, ele foi abençoado e fez Jeová feliz. Você teria agido assim também?

15. Que promessa muitos de nós fizemos, e como podemos mostrar que somos fiéis?

15 Muitos de nós já dedicamos nossa vida a Jeová. Com isso, prometemos fazer a vontade dele não importa o que ele peça de nós. Sabíamos que isso envolveria fazer sacrifícios. Mas na prática isso pode ser difícil, principalmente quando precisamos fazer algo que de início não queremos. Quando fazemos esses sacrifícios e experimentamos coisas novas no serviço de Jeová, provamos que somos fiéis. Isso pode ser doloroso no começo, mas as bênçãos que recebemos sempre valem a pena. (Mal. 3:10) E o que podemos aprender da filha de Jefté?

Como podemos mostrar fé igual à de Jefté e de sua filha? (Veja os parágrafos 16 e 17.)

16. Como a filha de Jefté reagiu ao saber da promessa que seu pai tinha feito? (Veja a gravura no início do artigo.)

16 Não deve ter sido fácil para a filha de Jefté aceitar as consequências da promessa de seu pai. Essa promessa era diferente da promessa de Ana. Ela dedicou seu filho Samuel para servir no tabernáculo como nazireu. (1 Sam. 1:11) Um nazireu podia se casar e formar uma família. Já a filha de Jefté teria que abrir mão de tudo isso. Ela serviria como “oferta queimada”, ou seja, seria totalmente dedicada ao serviço de Jeová. (Juí. 11:37-40) Por ser filha do líder vitorioso de Israel, ela poderia ter tido um excelente marido. Mas, em vez disso, ela seria uma humilde serva no tabernáculo. Como essa jovem reagiu? Ela mostrou que colocava o serviço a Jeová em primeiro lugar ao dizer: “Meu pai, se o senhor fez um voto a Jeová, faça comigo conforme prometeu.” (Juí. 11:36) Seria natural que ela quisesse ter filhos e se casar, mas ela deixou de lado essas coisas para servir mais a Jeová. Como podemos imitar a atitude dela?

17. (a) Como podemos imitar a fé de Jefté e de sua filha? (b) Por que as palavras em Hebreus 6:10-12 animam você a fazer sacrifícios?

17 Milhares de irmãos e irmãs mais jovens estão fazendo sacrifícios para fazer mais no serviço de Jeová. Por exemplo, eles decidem ficar solteiros ou não ter filhos, pelo menos por um tempo. Irmãos de mais idade também fazem sacrifícios. Alguns talvez gostariam de passar mais tempo com os filhos ou com os netos, mas abrem mão disso para apoiar a construção de locais de adoração ou cursar a Escola para Evangelizadores do Reino e servir em lugares onde a necessidade é maior. Outros mudam sua rotina para apoiar mais a pregação na época da Celebração. Jeová fica muito feliz com os esforços que todos esses irmãos fazem e nunca vai se esquecer do amor que demonstram por ele. (Leia Hebreus 6:10-12.) Será que você também pode fazer mais no serviço de Jeová?

LIÇÕES IMPORTANTES

18, 19. O que aprendemos do exemplo de Jefté e sua filha, e como podemos imitá-los?

18 O que ajudou Jefté a lidar com os muitos desafios que teve na vida? Ele procurava agir de um modo que agradasse a Jeová. Ele não se deixava influenciar pela atitude das pessoas em sua volta. Enquanto elas rejeitavam os padrões de Deus, Jefté e sua filha seguiam de perto esses padrões. E mesmo quando outros o desapontaram, ele continuou fiel. Como Jefté e sua filha foram abençoados pelos sacrifícios que fizeram? Entre outras coisas, eles foram bem usados por Jeová na adoração verdadeira.

19 A Bíblia diz que devemos ser “imitadores daqueles que pela fé e pela paciência herdam as promessas”. (Heb. 6:12) Aprendemos de Jefté e sua filha algo muito importante: quem é fiel faz Jeová feliz. Queremos imitar a fé deles e viver de um modo que agrada a Jeová.