Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Língua angolana de sinais

A Sentinela (Edição de Estudo)  |  Abril de 2016

“Deixem que a perseverança complete a sua obra”

“Deixem que a perseverança complete a sua obra”

“Deixem que a perseverança complete a sua obra, para que vocês sejam completos e sãos em todos os sentidos, sem lhes faltar nada.” — TIA. 1:4.

CÂNTICOS: 43, 139

1, 2. (a) O que podemos aprender da perseverança de Gideão e os 300 soldados israelitas? (Veja a gravura no início do artigo.) (b) De acordo com Lucas 21:19, por que a perseverança é tão importante?

A BATALHA estava desgastante. O juiz Gideão e os soldados israelitas tinham passado a noite perseguindo os midianitas e seus aliados por 32 quilômetros! Depois, “Gideão chegou ao Jordão e o atravessou. Ele e os 300 homens que o acompanhavam estavam cansados”. Mesmo assim, Gideão e seu exército não podiam desistir. Depois de anos sofrendo nas mãos dos midianitas, eles sabiam que precisavam conquistar o inimigo por completo. Ainda restavam uns 15 mil soldados inimigos. Então, eles continuaram a perseguir os midianitas até que os venceram completamente. — Juí. 7:22; 8:4, 10, 28.

2 Nós também estamos numa luta difícil. Também enfrentamos inimigos, como Satanás, este mundo mau e nossas imperfeições. Alguns de nós já estamos lutando por muitos anos e, com a ajuda de Jeová, tivemos muitas conquistas. Mas não podemos desistir porque, assim como Gideão e os soldados israelitas, ainda não vencemos por completo. Mesmo assim, pode ser que às vezes fiquemos cansados de lutar ou de esperar pelo fim deste mundo. Jesus disse que nos últimos dias seus discípulos seriam perseguidos cruelmente e enfrentariam outros problemas sérios. Mas ele também disse que, se perseverarmos, ganharemos a batalha. (Leia Lucas 21:19.) O que é perseverança? O que vai nos ajudar a perseverar? O que podemos aprender de outros que perseveraram? E como podemos deixar “que a perseverança complete a sua obra”? — Tia. 1:4.

O QUE É PERSEVERANÇA?

3. O que é perseverança?

3 Na Bíblia, perseverar é mais do que simplesmente suportar dificuldades. A perseverança envolve nossa mente e coração, ou seja, o modo como encaramos as dificuldades. Uma pessoa que persevera demonstra coragem, determinação e paciência. Segundo uma obra de referência, perseverança é “a qualidade que mantém o homem em pé com o rosto voltado contra o vento”. Ela “pode [transformar] a provação mais difícil em glória, porque enxerga o alvo além da dor”. Essa mesma obra diz que perseverar não é simplesmente se conformar com uma situação difícil, mas conseguir suportá-la com forte esperança.

4. Como o amor motiva o cristão a perseverar?

4 O que motiva um cristão a perseverar? O amor. (1 Coríntios 13:4, 7.) O amor por Jeová nos motiva a suportar qualquer coisa que ele permita. (Luc. 22:41, 42) O amor por nossos irmãos nos motiva a suportar suas imperfeições. (1 Ped. 4:8) O amor por nosso marido ou esposa nos ajuda a suportar as dificuldades que até os casais mais felizes enfrentam e a fortalecer nosso casamento. — 1 Cor. 7:28.

O QUE VAI AJUDAR VOCÊ A PERSEVERAR?

5. Por que Jeová é a melhor pessoa para nos ajudar a perseverar?

5 Busque a ajuda de Jeová em oração. Jeová é “o Deus que dá perseverança e consolo”. (Rom. 15:5) Quando enfrentamos problemas, ele é o único que entende completamente nossa situação. Ele sabe como nossa criação, nossos sentimentos e até nossa genética nos afetam. Por isso, ele é a melhor pessoa para nos ajudar a perseverar. A Bíblia diz que “ele satisfaz o desejo dos que o temem; ouve o seu clamor por ajuda e os livra”. (Sal. 145:19) Mas como Deus nos dá forças para perseverar?

6. De que maneiras Jeová pode ‘providenciar a saída’ quando enfrentamos problemas?

6 Leia 1 Coríntios 10:13. Se pedirmos a ajuda de Jeová para lidar com algum problema, ele promete ‘providenciar a saída’. Será que isso quer dizer que ele vai acabar com o problema? Pode ser que sim. Mas, na maioria dos casos, ele providencia a saída no sentido de nos dar forças ‘para que possamos suportar’ o problema. Assim, conseguimos “perseverar plenamente com paciência e alegria”. (Col. 1:11) E já que Jeová conhece tão bem nossas limitações físicas, mentais e emocionais, ele nunca vai deixar uma situação ficar tão difícil a ponto de não conseguirmos continuar fiéis.

7. Que comparação nos ajuda a entender que precisamos de alimento espiritual para perseverar?

7 Fortaleça a sua fé com alimento espiritual. Para subir o Everest, a montanha mais alta do mundo, um alpinista precisa de umas 6 mil calorias por dia — a quantidade que uma pessoa normalmente consome em três ou quatro dias. Por isso, para aguentar a subida e chegar ao seu destino, o alpinista precisa consumir o máximo possível de calorias. Do mesmo modo, para perseverarmos e chegarmos ao nosso destino, precisamos ingerir a maior quantidade possível de alimento espiritual. Como? Por meio de nosso estudo pessoal e assistência às reuniões. É verdade que tirar tempo para essas coisas exige esforço, mas elas vão fortalecer a nossa fé com “alimento que permanece para a vida eterna”. — João 6:27.

8, 9. (a) De acordo com Jó 2:4, 5, o que está em jogo quando enfrentamos uma provação? (b) Quando passar por problemas difíceis, que cena você pode imaginar?

8 Lembre da questão da integridade. É claro que não é fácil enfrentar uma provação, mas há algo muito mais importante em jogo: nossa lealdade a Jeová. O modo como lidamos com os problemas mostra se apoiamos ou não a posição de Jeová como o Soberano do Universo. Satanás, que se opõe à autoridade de Jeová, disse: “O homem dará tudo o que tem pela sua vida. Mas agora, levanta a mão e atinge seus ossos e sua carne, e com certeza ele te amaldiçoará na tua própria face.” (Jó 2:4, 5) Em outras palavras, Satanás disse que as pessoas só servem a Jeová por interesse, não por amor. Será que Satanás mudou sua maneira de pensar? Não! Centenas de anos depois, quando foi expulso do céu, ele foi chamado de “o acusador dos nossos irmãos, que os acusa dia e noite perante o nosso Deus”. (Apo. 12:10) Satanás não esqueceu a questão da integridade. Ele quer que os problemas nos façam desistir de lutar e de apoiar a soberania de Deus.

9 Você está passando por problemas difíceis? Então imagine a seguinte cena: De um lado, Satanás e seus demônios estão apontando para você, dizendo que você não vai aguentar a pressão e vai desistir. Do outro, estão Jeová, o Rei Jesus Cristo, os ungidos ressuscitados e milhões de anjos. Eles estão torcendo por você, felizes de ver você perseverando dia após dia e sendo leal a Jeová. Então Jeová diz a você: “Seja sábio, meu filho, e alegre meu coração, para que eu possa dar uma resposta àquele que me desafia.” — Pro. 27:11.

10. Como você pode imitar a perseverança de Jesus?

10 Pense nas recompensas de perseverar. Imagine que você está fazendo uma viagem de carro e passa por um longo túnel. Para todo lugar que você olha, está escuro. Mas você sabe que, se continuar e chegar no fim do túnel, vai encontrar luz. Da mesma forma, você às vezes pode se sentir sufocado pelos problemas da vida. Até Jesus poderia ter se sentido assim. Ele teve que enfrentar “palavras hostis da parte de pecadores”, humilhação e até uma dolorosa execução numa “estaca de tortura” — com certeza o período mais sombrio de sua vida na Terra. Mas ele perseverou por causa da “alegria que lhe foi apresentada”. (Heb. 12:2, 3) Ele pensou nas recompensas de sua perseverança. Ele estava fazendo a sua parte para santificar o nome de Deus e apoiar a soberania de Jeová. A escuridão dos problemas de Jesus era passageira, mas o brilho da sua recompensa celestial seria eterno. Hoje, seus problemas talvez deixem você arrasado. Mas lembre-se de que os problemas que enfrentamos no caminho da vida eterna são apenas passageiros.

“OS QUE PERSEVERARAM”

11. Por que devemos pensar no exemplo dos “que perseveraram”?

11 Não estamos sozinhos nessa luta. Para ajudar os cristãos a suportar os problemas causados por Satanás, o apóstolo Pedro os lembrou: “Tomem posição contra ele, firmes na fé, sabendo que a inteira fraternidade dos seus irmãos no mundo está passando pelos mesmos sofrimentos.” (1 Ped. 5:9) O exemplo daqueles “que perseveraram” nos mostra como podemos nos manter firmes em épocas difíceis. A perseverança deles prova que é possível ser fiel até o fim e que vamos ser recompensados se fizermos isso. (Tia. 5:11) Veja alguns exemplos. [1]

12. O que aprendemos do exemplo dos querubins no jardim do Éden?

12 Os querubins. O exemplo deles pode nos ajudar a perseverar quando temos uma designação difícil. Eles estão entre as primeiras criaturas espirituais a aparecer aos humanos. Jeová Deus “colocou ao leste do jardim do Éden os querubins e a lâmina chamejante de uma espada que girava continuamente, guardando o caminho para a árvore da vida”. [2] (Gên. 3:24) É claro que os querubins não tinham sido criados para essa designação, até porque Jeová não queria que os humanos tivessem pecado e se tornado rebeldes. Esse trabalho estava muito abaixo do que eles podiam fazer porque eles eram anjos de alta posição. Mesmo assim, em nenhum momento a Bíblia diz que esses querubins reclamaram dessa designação. Eles não ficaram entediados nem deixaram o trabalho pela metade. Pelo contrário, foram obedientes e cumpriram fielmente sua designação. Talvez ela tenha durado até a época do Dilúvio, ou seja, mais de 1.600 anos!

13. Como Jó conseguiu suportar tantos problemas?

13 O fiel Jó. Se você está sofrendo com a morte de alguém que amava ou com alguma doença grave, ou se um amigo ou parente disse algo que o deixou desanimado, o exemplo de Jó pode consolar você. (Jó 1:18, 19; 2:7, 9; 19:1-3) Jó não sabia por que estava sofrendo, mas não desistiu. Por que não? Principalmente porque ele “temia a Deus”. (Jó 1:1) Jó estava decidido a agradar a Jeová, não importavam as circunstâncias. Jeová ajudou Jó a meditar nas coisas maravilhosas que Ele já tinha feito por meio de Seu espírito santo. Assim, Jó ficou mais confiante de que Jeová o livraria de seus problemas no tempo certo. (Jó 42:1, 2) E foi exatamente isso o que aconteceu. “Jeová acabou com a tribulação de Jó e restaurou a sua prosperidade. Jeová lhe deu o dobro de tudo o que ele tinha antes.” Jó teve “uma vida longa e satisfatória”. — Jó 42:10, 17.

14. De acordo com 2 Coríntios 1:6, como a perseverança de Paulo ajudou outros?

14 O apóstolo Paulo. Você talvez esteja sofrendo oposição ou até mesmo perseguição por causa da sua fé. Ou pode ser que você seja um ancião ou superintendente de circuito que está se sentindo sobrecarregado com tantas responsabilidades. Algo que pode ajudar é meditar no exemplo de Paulo. Ele sofria muita perseguição e também ficava ansioso porque se preocupava muito com as congregações. (2 Cor. 11:23-29) Mas ele não permitia que essas coisas o desanimassem, e seu exemplo fortalecia outros. (Leia 2 Coríntios 1:6.) Então lembre-se: é bem provável que a sua perseverança esteja ajudando outros a perseverar.

DEIXE QUE A PERSEVERANÇA “COMPLETE A SUA OBRA”

15, 16. (a) Quando perseveramos, que “obra” fica completa? (b) Cite exemplos de como podemos deixar “que a perseverança complete a sua obra”.

15 Tiago foi inspirado a escrever: “Deixem que a perseverança complete a sua obra.” Que “obra” é essa? A perseverança nos ajuda a ser “completos e sãos em todos os sentidos”. (Tia. 1:4) Muitas vezes, é quando passamos por dificuldades que descobrimos quais são nossos pontos fracos, ou seja, aspectos da nossa personalidade que precisamos melhorar. Então, quando perseveramos, nossa personalidade cristã fica mais completa. Por exemplo, aprendemos a ser mais pacientes, amorosos e gratos.

Quando perseveramos, nossa personalidade cristã fica mais completa (Veja os parágrafos 15 e 16.)

16 Já que a perseverança nos torna cristãos melhores, faça de tudo para perseverar. Não vá contra os princípios da Bíblia para se livrar de uma provação. Por exemplo, pode ser que você esteja lutando contra pensamentos errados. Em vez de ceder à tentação, peça que Jeová o ajude a tirar esses pensamentos da cabeça. Isso vai ajudar você a ter mais autodomínio. Ou talvez você esteja enfrentando oposição na família. Se esse for o caso, não desista. Continue servindo a Jeová lealmente. Isso vai aumentar sua confiança nele. Não se esqueça: para termos a aprovação de Deus, precisamos perseverar. — Rom. 5:3-5; Tia. 1:12.

17, 18. (a) Por que é tão importante perseverar até o fim? Ilustre. (b) Nestes últimos dias, do que podemos ter certeza?

17 Precisamos perseverar, não por um tempo, mas até o fim. Imagine o seguinte: um navio com vários passageiros começa a afundar. Para sobreviver, eles precisam nadar até a praia. Se um passageiro desistir de nadar quando está quase chegando, ele vai se afogar, assim como o passageiro que desistiu muito antes dele. Hoje estamos bem perto do novo mundo. Não faz sentido desistir agora. Nossa vida depende de perseverarmos até o fim. Queremos pensar como o apóstolo Paulo, que disse duas vezes: “Não desistimos.” — 2 Cor. 4:1, 16.

18 Podemos ter certeza absoluta de que Jeová vai nos ajudar a perseverar até o fim. Concordamos com o que Paulo disse em Romanos 8:37-39: “Saímos completamente vitoriosos, por meio daquele que nos amou. Pois estou convencido de que nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem governos, nem coisas presentes, nem coisas por vir, nem poderes, nem altura, nem profundidade, nem qualquer outra criação será capaz de nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” É verdade que às vezes ficamos cansados. Mas lembre-se: Gideão e seu exército também “estavam cansados, mas continuaram”. Então, vamos fazer o mesmo — perseverar até o fim! — Juí. 8:4.

^ [1] (parágrafo 11) Você também vai gostar de ler sobre servos de Deus da atualidade que perseveraram. Por exemplo, os Anuários de 1992, 1999 e 2008 contam a história de fé dos nossos irmãos na Etiópia, em Malauí e na Rússia.

^ [2] (parágrafo 12) A Bíblia não diz quantos querubins receberam essa designação.