Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Língua brasileira de sinais

A Sentinela (Edição de Estudo)  |  Novembro de 2016

Um povo organizado que segue as orientações da Bíblia

Um povo organizado que segue as orientações da Bíblia

“Jeová lançou os alicerces da terra com sabedoria. Estabeleceu firmemente os céus com discernimento.” — PRO. 3:19.

CÂNTICOS: 105, 107

1, 2. (a) O que algumas pessoas dizem sobre Deus ter uma organização? (b) O que vamos ver neste artigo?

SERÁ que Deus tem uma organização? Algumas pessoas dizem: “Não é necessário adorar a Deus como parte de uma religião ou de uma organização. Tudo que a pessoa precisa é ter Deus no coração.” Isso é verdade? O que os fatos mostram?

2 Neste artigo, vamos ver provas de que Jeová é muito organizado. Também vamos ver como devemos agir quando recebemos uma orientação da organização de Jeová. (1 Cor. 14:33, 40) Nos dias dos apóstolos, os servos de Deus seguiram as orientações das Escrituras e conseguiram pregar as boas novas em muitos lugares. E hoje acontece a mesma coisa. Por seguirmos as orientações da Bíblia e da organização de Jeová, conseguimos levar as boas novas a pessoas no mundo todo. Além disso, conseguimos manter a congregação limpa, unida e em paz.

JEOVÁ É MUITO ORGANIZADO

3. O que convence você de que Jeová é muito organizado?

3 A criação prova que Jeová é muito organizado. A Bíblia diz: “Jeová lançou os alicerces da terra com sabedoria. Estabeleceu firmemente os céus com discernimento.” (Pro. 3:19) Existem muitas coisas sobre Deus que não sabemos. Na verdade, a Bíblia diz que só conhecemos ‘as beiradas dos caminhos de Deus’ e o que ouvimos sobre ele é “somente um leve sussurro”. (Jó 26:14) Mas o pouco que sabemos sobre o Universo nos ajuda a ver que os planetas, as estrelas e as galáxias são muito bem-organizados. (Sal. 8:3, 4) Milhões de estrelas formam as galáxias, e as estrelas se movimentam no espaço de forma organizada. Os planetas no sistema solar se movimentam em volta do Sol como se estivessem simplesmente obedecendo a leis de trânsito! A ordem que existe no Universo é tão incrível que só podemos chegar a uma conclusão: Jeová, que fez os céus e a Terra com habilidade, merece nosso louvor, nossa lealdade e nossa adoração. — Sal. 136:1, 5-9.

4. Por que a ciência não consegue responder a muitas perguntas importantes?

4 A ciência já descobriu muitas coisas sobre o Universo e a Terra. E podemos dizer que nossa vida é melhor em vários sentidos por causa da ciência. Mas ela não consegue responder a muitas perguntas. Por exemplo, os cientistas não conseguem dizer exatamente como o Universo começou, nem por que existem pessoas, animais e plantas aqui na Terra. Além disso, as pessoas em geral não conseguem explicar por que os humanos querem tanto viver para sempre. (Ecl. 3:11) Muitos cientistas e outras pessoas dizem que Deus não existe e que tudo surgiu por meio da evolução. Por isso, a ciência não consegue responder a essas perguntas. Mas, na Bíblia, Jeová responde a todas as perguntas importantes que as pessoas têm.

5. Que exemplos mostram que dependemos das leis da natureza?

5 As leis da natureza criadas por Jeová são confiáveis e nunca mudam. Já parou para pensar em como nós dependemos delas? Eletricistas, encanadores, engenheiros, pilotos e cirurgiões: todos eles confiam nessas leis para fazer seu trabalho. Por exemplo, antes de fazer uma cirurgia, o médico confia que vai encontrar os órgãos da pessoa no lugar certo. Por isso, ele não precisa ficar procurando o coração do paciente! Pense em outro exemplo: todos nós obedecemos às leis da natureza. Ninguém se joga do alto de um prédio para ver se a lei da gravidade existe mesmo!

ORGANIZADOS POR DEUS

6. Por que podemos concluir que Jeová quer que seus adoradores sejam organizados?

6 Se Jeová fez o Universo tão bem-organizado, podemos concluir que ele quer que seus adoradores sejam organizados também, não acha? E, para sermos organizados, Jeová nos deu a Bíblia. Quando seguimos as orientações que Deus nos dá por meio da Bíblia e de sua organização, temos uma vida feliz e satisfatória.

7. O que mostra que a Bíblia é um livro organizado?

7 Para alguns, a Bíblia não passa de uma coleção de livros judaicos e cristãos que não têm nada a ver uns com os outros. Mas a Bíblia é um livro organizado, uma obra-prima de Deus. De Gênesis a Apocalipse, os livros da Bíblia se complementam perfeitamente. Ela gira em torno de um só tema: como Jeová vai provar que Ele é o único que tem o direito de governar, e como o prometido “descendente”, Jesus Cristo, vai usar o Reino para transformar a Terra num paraíso. — Leia Gênesis 3:15; Mateus 6:10; Apocalipse 11:15.

8. O que mostra que os israelitas eram bem-organizados?

8 Os israelitas eram bem-organizados porque seguiam a Lei de Deus. Por exemplo, algumas mulheres “haviam sido organizadas para servir à entrada da tenda de reunião”. (Êxo. 38:8) Quando os israelitas tinham de mudar o acampamento e o tabernáculo de lugar, eles faziam isso de forma organizada. Mais tarde, o rei Davi organizou os levitas e os sacerdotes para realizarem várias tarefas. (1 Crô. 23:1-6; 24:1-3) Quando os israelitas obedeciam a Jeová, ele os abençoava; eles eram organizados e viviam em paz e união. — Deut. 11:26, 27; 28:1-14.

9. O que mostra que os primeiros cristãos eram organizados?

9 Os primeiros cristãos também eram organizados. Eles seguiam as orientações do corpo governante. No começo, só os apóstolos faziam parte desse grupo, mas depois outros irmãos passaram a fazer parte dele também. (Atos 6:1-6; 15:6) Os cristãos naquela época também recebiam conselho e instrução por meio de cartas. Essas cartas eram escritas tanto por membros do corpo governante como por homens que trabalhavam lado a lado com eles. (1 Tim. 3:1-13; Tito 1:5-9) Como seguir as orientações do corpo governante ajudou as congregações?

10. O que acontecia quando as congregações colocavam em prática as instruções do corpo governante? (Veja a gravura no começo do artigo.)

10 Leia Atos 16:4, 5. O corpo governante enviava alguns irmãos para visitar as congregações e transmitir “as decisões tomadas pelos apóstolos e pelos anciãos em Jerusalém”. As congregações colocavam em prática essas instruções e por isso ficavam mais fortes na fé e “cresciam a cada dia”. O que podemos aprender desse relato?

VOCÊ OBEDECE ÀS ORIENTAÇÕES?

11. Como os que tomam a liderança na organização devem agir quando recebem orientações?

11 O que os irmãos de Comissões de Filial, os superintendentes de circuito e os anciãos devem fazer quando recebem orientações da organização de Jeová? A Bíblia diz que todos os cristãos devem ser obedientes e submissos. (Deut. 30:16; Heb. 13:7, 17) Uma atitude crítica e rebelde não tem lugar na organização de Deus. Esse tipo de atitude pode prejudicar o amor, a paz e a união em nossas congregações. É claro que nenhum cristão quer ser como Diótrefes, que era desleal e não tinha o menor respeito pelos irmãos que cuidavam da congregação. (Leia 3 João 9, 10.) Por isso, é bom nos perguntar: ‘Será que meu exemplo ajuda os irmãos a serem leais a Jeová? Será que eu logo obedeço e apoio as orientações que recebo dos anciãos?’

12. Como os anciãos e os servos ministeriais são designados?

12 Considere o ajuste feito recentemente pelo Corpo Governante. A Sentinela de 15 de novembro de 2014 (na seção “Perguntas dos Leitores”) explicou que, na época dos apóstolos, o corpo governante autorizava os superintendentes viajantes a designar anciãos e servos ministeriais. Para seguir melhor esse exemplo bíblico, desde 1.° de setembro de 2014 é o superintendente de circuito que designa os anciãos e os servos ministeriais. Primeiro, os anciãos recomendam um irmão para ser ancião ou servo ministerial. Daí o superintendente de circuito tenta conhecer esse irmão e a família dele. (1 Tim. 3:4, 5) O superintendente também procura trabalhar com o irmão no campo, se possível. Antes de tomar a decisão, o superintendente se reúne com os anciãos para analisar com cuidado as qualidades que a Bíblia diz que anciãos e servos ministeriais precisam ter. — 1 Tim. 3:1-10, 12, 13; 1 Ped. 5:1-3.

13. Como podemos mostrar que apoiamos as orientações que recebemos dos anciãos?

13 Precisamos seguir as orientações bíblicas que recebemos dos anciãos. Esses pastores leais são guiados pela “instrução sadia” da Palavra de Deus. (1 Tim. 6:3) Nos dias do apóstolo Paulo, alguns eram indisciplinados; eles não trabalhavam e ainda ficavam dando palpite em coisas que não eram da conta deles. Mesmo recebendo conselhos dos anciãos, eles não queriam mudar. Como os irmãos da congregação deveriam tratar alguém assim? Paulo disse: “Tomem nota dele e parem de se associar com ele.” Os irmãos deviam parar de ter contato com essa pessoa fora da congregação, como por exemplo em alguma recreação. Mas não deviam tratá-la como inimiga. (2 Tes. 3:11-15) Hoje, alguém pode ter uma atitude que leva outros a falar mal do povo de Deus. Num caso assim, os anciãos talvez decidam dar um discurso para alertar a congregação sobre essa atitude errada. Por exemplo, pode acontecer de um irmão insistir em namorar alguém que não serve a Jeová. (1 Cor. 7:39) Pergunte-se: ‘Como eu reagiria se os anciãos da minha congregação fizessem um discurso desse tipo? Será que eu seria obediente e pararia de ter contato fora da congregação com uma pessoa nessa situação?’ Nossa atitude firme, mas amorosa, pode ajudar a pessoa a mudar. [1]

MANTENHA A CONGREGAÇÃO LIMPA, UNIDA E EM PAZ

14. Como podemos ajudar a manter a congregação limpa?

14 Podemos ajudar a manter a congregação limpa por seguir as orientações da Bíblia. Veja o que aconteceu em Corinto. Paulo tinha dado tudo de si para pregar naquela cidade e amava os irmãos ali. (1 Cor. 1:1, 2) Mas imagine como ele se sentiu quando soube que um irmão estava cometendo imoralidade sexual e a congregação não estava fazendo nada a respeito! Paulo disse que os anciãos deveriam ‘entregar aquele homem a Satanás’, ou seja, ele tinha de ser desassociado. Isso era necessário para manter a congregação limpa. (1 Cor. 5:1, 5-7, 12) Hoje, os anciãos talvez decidam desassociar alguém porque ele não se arrepende de um pecado grave. Como vamos reagir? Se apoiarmos a decisão dos anciãos, vamos ajudar a manter a congregação limpa. E talvez até ajudemos a pessoa a ver que ela precisa se arrepender e procurar o perdão de Jeová.

15. Como podemos manter a paz na congregação?

15 Havia outro problema em Corinto: alguns estavam entrando na justiça contra seus irmãos. Paulo fez uma pergunta que dava o que pensar: ‘Não seria melhor sofrer injustiça?’ (1 Cor. 6:1-8) Isso também acontece hoje. Às vezes, um irmão faz negócios com outro irmão, mas o negócio não dá certo e eles perdem dinheiro. Daí um irmão acusa o outro de ser desonesto e acaba levando o caso para a justiça. Situações assim prejudicam a amizade entre os irmãos. A Bíblia nos ajuda a ver que é melhor ter prejuízo do que fazer com que as pessoas falem mal de Jeová ou acabar com a paz da congregação. [2] Para resolver problemas sérios como esse, devemos seguir o conselho de Jesus. (Leia Mateus 5:23, 24; 18:15-17.) Quando fazemos isso, mantemos a união na congregação.

16. Por que podemos esperar que o povo de Jeová seja unido?

16 A Bíblia mostra por que podemos esperar que o povo de Jeová seja unido. O salmista disse: “Vejam! Como é bom, como é agradável irmãos viverem juntos em união!” (Sal. 133:1) Enquanto obedeciam a Jeová, os israelitas eram organizados e unidos. Jeová disse sobre o seu povo: “Eu os porei em união como ovelhas no curral, como o rebanho no pasto.” (Miq. 2:12) Por meio do profeta Sofonias, Jeová também disse que seu povo iria aprender a verdade da Bíblia: “Mudarei a língua dos povos para uma língua pura, para que todos eles possam invocar o nome de Jeová, a fim de servi-lo ombro a ombro”, ou “adorá-lo em união”. (Sof. 3:9, nota) Somos muito felizes por ter o privilégio de adorar a Jeová em união!

Os anciãos se esforçam para ajudar alguém que deu um passo em falso (Veja o parágrafo 17.)

17. Para manter a congregação limpa e unida, o que os anciãos devem fazer se alguém comete um pecado grave?

17 Se alguém comete um pecado grave, os anciãos devem cuidar do assunto o mais rápido possível, de maneira amorosa. Isso é importante para manter a congregação limpa e unida. Paulo sabia que, apesar de Deus amar as pessoas, ele não se deixa levar pelos seus sentimentos, nem fecha os olhos para o pecado. (Pro. 15:3) Paulo amava os irmãos em Corinto, mas nem por isso deixou de dar fortes conselhos na primeira carta que escreveu para eles. Quando lemos sua segunda carta, escrita alguns meses depois, vemos que os anciãos ali em Corinto colocaram em prática os conselhos de Paulo, e isso funcionou. Se um irmão dá um passo em falso sem perceber, os anciãos precisam tentar ajudar essa pessoa de maneira bondosa. — Gál. 6:1.

18. (a) Como obedecer às orientações da Bíblia ajudou os primeiros cristãos? (b) O que vamos ver no próximo artigo?

18 Vimos que obedecer às orientações da Bíblia ajudou os primeiros cristãos a manter a congregação limpa, unida e em paz. (1 Cor. 1:10; Efé. 4:11-13; 1 Ped. 3:8) Por causa disso, os irmãos naquele tempo conseguiram pregar as boas novas “em toda a criação debaixo do céu”. (Col. 1:23) Hoje também o povo unido e organizado de Deus prega as boas novas em toda a Terra. No próximo artigo vamos ver outras provas de que eles dão muito valor à Bíblia e estão decididos a honrar o Soberano Senhor, Jeová. — Sal. 71:15, 16.

^ [1] (parágrafo 13) Veja o livro Organizados para Fazer a Vontade de Jeová, páginas 134-136.

^ [2] (parágrafo 15) Para saber em que situações um cristão talvez decida entrar na justiça contra outro, veja a primeira nota no fim da página 223 do livro ‘Mantenha-se no Amor de Deus’.