Pular para conteúdo

Pular para sumário

UMA CONVERSA SOBRE A BÍBLIA

As Testemunhas de Jeová acreditam em Jesus?

As Testemunhas de Jeová acreditam em Jesus?

Leia a seguir uma típica conversa que uma Testemunha de Jeová pode ter com um morador. Imaginemos que Antônio está visitando novamente um homem chamado Sérgio.

 

Antônio: Oi, Sérgio. É um prazer encontrar você de novo.

Sérgio: O prazer é meu.

Antônio: Eu trouxe A Sentinela e a Despertai! deste mês. Tenho certeza que você vai gostar desses assuntos.

Sérgio: Obrigado. Foi bom você ter vindo. Eu queria saber uma coisa.

Antônio: Pois não. O que é?

Sérgio: Outro dia, eu estava falando com um colega de trabalho. Eu disse a ele que achei muito interessantes aqueles folhetinhos que você me deu. Mas ele disse que eu não deveria lê-los porque as Testemunhas de Jeová não acreditam em Jesus. Eu disse que falaria com você. Isso é verdade?

Antônio: Fico contente por você querer saber isso diretamente de uma Testemunha de Jeová. Afinal, a melhor forma de conhecer as crenças de alguém é perguntando à própria pessoa, não acha?

Sérgio: Foi o que eu pensei.

Antônio: As Testemunhas de Jeová com certeza acreditam em Jesus. Aliás, achamos que exercer fé nele é essencial para a salvação.

Sérgio: Era o que eu imaginava mesmo, mas quando meu colega disse que vocês não acreditam em Jesus, fiquei curioso. Acho que nós nunca conversamos sobre isso.

Antônio: Que tal eu lhe mostrar alguns textos na Bíblia que explicam a importância de exercer fé em Jesus? Nós costumamos ler esses versículos para as pessoas.

Sérgio: Tudo bem.

Antônio: Podemos começar lendo o que o próprio Jesus disse aqui em João 14:6. Essa é parte de uma conversa dele com um de seus apóstolos: “Jesus disse-lhe: ‘Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.’” De acordo com esse versículo, qual é a única maneira de nos aproximarmos do Pai?

Sérgio: Por meio de Jesus.

Antônio: Isso mesmo. E as Testemunhas de Jeová têm plena convicção disso. Então, Sérgio, pelo que você já aprendeu da Bíblia, quando alguém ora, em nome de quem ele deve fazer isso?

Sérgio: Em nome de Jesus.

Antônio: Exatamente. É por isso que eu sempre oro em nome dele. E todas as Testemunhas de Jeová fazem o mesmo.

Sérgio: Interessante.

Antônio: Outro texto que podemos ler é João 3:16. Esse versículo é tão importante que alguns o chamam de Evangelho em miniatura. A ideia é que, se você pudesse juntar tudo o que foi escrito sobre o ministério e a vida de Jesus aqui na Terra e colocar em um só versículo, seria este. Você quer ler?

Sérgio: Quero. Ele diz: “Porque Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, a fim de que todo aquele que nele exercer fé não seja destruído, mas tenha vida eterna.”

Antônio: Obrigado. Você já conhecia esse versículo?

Sérgio: Sim, eu ouvi falar muito dele na minha igreja.

Antônio: É um texto bem conhecido. Jesus disse que o amor de Deus torna possível que os humanos tenham vida eterna. Mas para isso temos de fazer o quê?

Sérgio: Exercer fé.

Antônio: Isso. Mais especificamente, exercer fé em seu Filho unigênito, Jesus Cristo. É essa fé que abre caminho para termos a vida eterna. E é sobre isso que essa revista fala, aqui na página 2. Aqui diz que o objetivo de A Sentinela é, entre outras coisas, promover “a fé em Jesus Cristo, que morreu para que nós pudéssemos ter vida eterna e que agora reina como Rei do Reino de Deus”.

Sérgio: Interessante. Bem aqui na sua revista está a prova de que as Testemunhas de Jeová acreditam em Jesus.

Antônio: Pois é.

Sérgio: Então, por que as pessoas dizem que vocês não acreditam nele?

Antônio: Por vários motivos. Elas podem simplesmente estar repetindo o que ouviram de outras pessoas. Ou talvez seus líderes religiosos tenham lhes ensinado esse conceito.

Sérgio: Pensando bem, acho que alguns dizem isso porque vocês se chamam Testemunhas de Jeová e não Testemunhas de Jesus.

Antônio: Pode ser isso também.

Sérgio: Por que vocês falam tanto sobre Jeová?

“EU LHES TENHO DADO A CONHECER O TEU NOME”

Antônio: Um dos motivos é que acreditamos ser muito importante usar o nome de Deus, Jeová. Jesus também pensava assim. Veja o que ele disse em oração a seu Pai, aqui em João 17:26. Você pode ler esse versículo?

Sérgio: Claro. “Eu lhes tenho dado a conhecer o teu nome e o hei de dar a conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles e eu em união com eles.”

Antônio: Obrigado. Note que Jesus disse que ele tornou conhecido o nome de Deus. Por que ele faria isso?

Sérgio: Humm. Não sei.

Exercer fé em Jesus é essencial para a salvação

Antônio: Bem, vamos ver outro versículo que talvez ajude você a entender melhor. O texto é Atos 2:21. Aqui diz: “Todo aquele que invocar o nome de Jeová será salvo.” Se invocar o nome de Jeová é um requisito para a salvação, com certeza Jesus sabia disso, não concorda?

Sérgio: É, com certeza.

Antônio: É por isso que Jesus quer tanto que seus seguidores conheçam e usem o nome de Deus: a salvação deles está envolvida. E esse é um dos principais motivos de falarmos tanto sobre Jeová. Para nós, é importante tornar conhecido o nome de Deus e ajudar outros a invocar esse nome.

Sérgio: Mas, mesmo quando as pessoas não sabem o nome de Deus nem o usam, elas sabem que estão orando a Deus.

Antônio: Pode ser. Mesmo assim, por nos revelar seu nome, Deus fez com que fosse mais fácil conhecê-lo.

Sérgio: Como assim?

Antônio: Pense no seguinte: nós não precisávamos saber o nome de Moisés. Poderíamos simplesmente conhecê-lo como o homem que partiu o mar Vermelho ou que recebeu os Dez Mandamentos. Podemos dizer o mesmo de Noé — para que saber o nome dele? Poderíamos apenas nos referir a ele como o homem que construiu a arca e salvou sua família e os animais. Até Jesus Cristo poderia ser conhecido como aquele que veio do céu e morreu por nossos pecados, não é verdade?

Sérgio: Acho que sim.

Antônio: Mas Deus se certificou de que soubéssemos o nome de cada um deles. Saber o nome das pessoas faz com que os relatos se tornem mais reais para nós. Mesmo que nunca tenhamos nos encontrado com Moisés, Noé ou Jesus, é como se os conhecêssemos pessoalmente.

Sérgio: Nunca tinha pensado nisso, mas faz sentido.

Antônio: E esse é outro motivo de usarmos tanto o nome de Deus. Queremos ajudar as pessoas a ter fé em Jeová como alguém real que pode ser amigo delas. Ao mesmo tempo, damos grande importância ao papel de Jesus como nosso salvador. O que acha de lermos mais um texto que explica isso?

Sérgio: Ok.

Antônio: Em João 14:6, vimos que Jesus falou de si mesmo como “o caminho, e a verdade, e a vida”. Vamos ver agora João 14:1. Você poderia ler o que Jesus disse na última parte desse versículo?

Sérgio: Diz assim: “Exercei fé em Deus, exercei fé também em mim.”

Antônio: Obrigado. Segundo esse texto, você diria que a verdadeira fé é uma questão de escolha? Ou seja, temos de escolher em quem vamos acreditar: Jesus ou Jeová?

Sérgio: Não. Jesus disse que devemos acreditar nos dois.

Antônio: Isso mesmo. E acho que você concorda que não basta apenas dizer que temos fé em Deus e em Jesus. Precisamos demonstrar isso em nossa vida.

Sérgio: Com certeza.

Antônio: Mas como alguém demonstra que tem fé em Deus e em Jesus? Talvez possamos conversar sobre isso numa outra hora. *

Sérgio: Gostei da ideia.

Você tem alguma pergunta sobre um assunto bíblico específico? Quer saber mais sobre as crenças ou as práticas religiosas das Testemunhas de Jeová? Então, fique à vontade para perguntar a uma Testemunha de Jeová. Ela terá prazer em considerar esses assuntos com você.

^ parágrafo 3 Para mais informações, veja o capítulo 12 do livro O Que a Bíblia Realmente Ensina?, publicado pelas Testemunhas de Jeová.