Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Língua brasileira de sinais

A Sentinela (Edição de Estudo)  |  Outubro de 2015

“Dê-nos mais fé”

“Dê-nos mais fé”

“Ajude-me onde preciso de fé!” — MAR. 9:24.

CÂNTICOS: 54, 24

1. Por que é importante ter fé? (Veja a gravura no início do artigo.)

JÁ SE perguntou: ‘Sou o tipo de pessoa que Jeová vai querer salvar na grande tribulação e levar para o novo mundo?’ É verdade que nossa sobrevivência depende de vários fatores, mas o apóstolo Paulo destacou um requisito muito importante: “Sem fé é impossível agradar a Deus.” (Heb. 11:6) Isso pode parecer algo básico. Mas a verdade é que “a fé não é propriedade de todos”. (2 Tes. 3:2) Esses textos nos ajudam a entender como é importante cultivar uma forte fé.

2, 3. (a) O que 1 Pedro 1:7 nos ensina sobre a importância da fé? (b) Que perguntas consideraremos?

2 O apóstolo Pedro destacou a importância da fé ao falar sobre sua “qualidade provada”, que pode ser “considerada razão para louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo”. (Leia 1 Pedro 1:7.) Visto que a grande tribulação se aproxima rapidamente, queremos nos certificar de que temos o tipo de fé que será louvada por nosso glorioso Rei quando ele for revelado. Com toda certeza, queremos ser “dos que têm fé para preservar a vida”. (Heb. 10:39) Com esse alvo em mente, podemos fazer esta súplica: “Ajude-me onde preciso de fé!” (Mar. 9:24) Ou, como os apóstolos de Jesus, podemos nos sentir motivados a dizer: “Dê-nos mais fé.” — Luc. 17:5.

3 A necessidade de ter mais fé levanta algumas perguntas. Como podemos desenvolver essa qualidade? Como podemos mostrar que temos fé? Que garantia temos de que nossos pedidos por mais fé serão atendidos?

TENHA O TIPO DE FÉ QUE AGRADA A DEUS

4. Que exemplos podem nos motivar a fortalecer a fé?

4 “Todas as coisas escritas anteriormente foram escritas para a nossa instrução”; por isso, podemos aprender dos muitos exemplos de fé registrados na Bíblia. (Rom. 15:4) Ler sobre Abraão, Sara, Isaque, Jacó, Moisés, Raabe, Gideão, Baraque e muitos outros nos motiva a examinar a nossa própria fé. (Heb. 11:32-35) Além disso, ler sobre a notável fé de irmãos e irmãs de hoje nos incentiva a nos esforçar bastante para fortalecer a nossa fé. *

5. (a) Como Elias mostrou que tinha forte fé em Jeová? (b) O exemplo dele nos move a pensar sobre o quê?

5 Um exemplo da Bíblia é o do profeta Elias. Visualize as situações a seguir e veja como Elias mostrou total confiança em Jeová. Quando informou o rei Acabe que Jeová causaria uma seca, o profeta disse com convicção: “Tão certo como vive Jeová, . . . não haverá nem orvalho nem chuva . . . a não ser que eu ordene!” (1 Reis 17:1) Elias acreditou que Jeová supriria as necessidades dele e de outros durante a seca. (1 Reis 17:4, 5, 13, 14) Ele também tinha certeza de que Jeová podia ressuscitar uma criança. (1 Reis 17:21) Elias não tinha dúvidas de que Jeová enviaria fogo para queimar seu sacrifício no monte Carmelo. (1 Reis 18:24, 37) Quando chegou o tempo para Jeová acabar com a seca, antes mesmo de haver qualquer indício de chuva, Elias disse a Acabe: “Vá, coma e beba, pois já se ouve o barulho de uma chuva forte.” (1 Reis 18:41) Não concorda que esses relatos nos movem a examinar se temos uma fé tão forte assim?

O QUE PODEMOS FAZER PARA CULTIVAR A FÉ?

6. Para desenvolver a fé, o que precisamos pedir a Jeová?

6 Não podemos desenvolver a fé com nossas próprias forças. A fé é um aspecto do fruto do espírito santo de Deus. (Gál. 5:22) Por isso, seria sábio seguir o conselho de Jesus e orar pedindo mais desse espírito. Jesus nos garante que o Pai “dará espírito santo aos que lhe pedirem”. — Luc. 11:13.

7. Ilustre como podemos manter forte a nossa fé.

7 Uma vez que desenvolvemos a fé, precisamos continuar a fortalecê-la. Nossa fé pode ser comparada a uma fogueira. Assim que acendemos a fogueira, as chamas são bem fortes. No entanto, se não fizermos mais nada, aos poucos o fogo vai apagar; tudo que sobrará serão brasas que por fim virarão cinzas. Mas, se regularmente colocarmos mais lenha, o fogo pode continuar para sempre. Da mesma forma, nossa fé pode continuar forte se regularmente nos alimentarmos da Palavra de Deus. Por continuarmos a estudar a Bíblia, criamos mais amor por ela e por seu Autor, e isso se torna a base para desenvolvermos mais fé.

8. O que pode nos ajudar a desenvolver e manter nossa fé?

8 O que mais você pode fazer para desenvolver e manter uma forte fé? Não se contente apenas com o que aprendeu até o seu batismo. (Heb. 6:1, 2) Estude profecias bíblicas que se cumpriram, pois elas podem lhe dar fortes motivos para ter fé. Você também pode usar a Palavra de Deus para avaliar se a sua fé está de acordo com o que se espera dos que têm forte fé. — Leia Tiago 1:25; 2:24, 26.

9, 10. Como a nossa fé é fortalecida: (a) pelas boas companhias? (b) pelas reuniões congregacionais? (c) pelo serviço de campo?

9 O apóstolo Paulo disse a seus companheiros cristãos que eles poderiam ‘se encorajar mutuamente por meio da sua fé’. (Rom. 1:12) Quando passamos tempo com outros cristãos, fortalecemos a fé uns dos outros, especialmente quando estamos com aqueles que já demonstraram a “qualidade provada” da sua fé. (Tia. 1:3) Más companhias arruínam a fé, mas boas companhias a edificam. (1 Cor. 15:33) Por isso, somos aconselhados a não deixar de “nos reunir”, mas a continuar “encorajando uns aos outros”. (Leia Hebreus 10:24, 25.) Além disso, a matéria analisada nas reuniões nos dão instruções que fortalecem a fé. Isso está em harmonia com a declaração de Paulo: “A fé segue ao que se ouve.” (Rom. 10:17) Será que temos o hábito de estar com nossos irmãos nas reuniões cristãs?

10 Quando participamos no ministério de campo, além de ajudarmos outros a desenvolver a fé, também fortalecemos a nossa. Como os primeiros cristãos, aprendemos a ter total confiança em Jeová e a falar com coragem em qualquer situação. — Atos 4:17-20; 13:46.

11. Por que Josué e Calebe tinham forte fé, e como podemos ser como eles?

11 Nossa fé aumenta quando vemos como Jeová nos ajuda em nossa vida e como ele responde nossas orações. Isso aconteceu com Josué e Calebe. Eles demonstraram fé em Jeová quando foram espionar a Terra Prometida. Mas sua fé aumentou ainda mais conforme o tempo foi passando e eles viram a orientação de Jeová em cada aspecto de sua vida. Não é de admirar que Josué tenha dito com tanta convicção aos israelitas: “Não falhou nem sequer uma palavra de todas as boas promessas que Jeová, seu Deus, lhes fez.” Ele acrescentou mais tarde: “Portanto, temam a Jeová e sirvam-no com integridade e fidelidade . . . Quanto a mim e aos da minha casa, serviremos a Jeová.” (Jos. 23:14; 24:14, 15) Nós também podemos desenvolver essa mesma convicção ao ‘provarmos’ a bondade de Jeová em nossa vida. — Sal. 34:8.

COMO DEMONSTRAR NOSSA FÉ

12. Como mostramos que temos forte fé?

12 Como mostramos que temos forte fé? O discípulo Tiago responde ao dizer: “Eu lhe mostrarei a minha fé pelas minhas obras.” (Tia. 2:18) Nossas ações mostrarão que a nossa fé é verdadeira. Vejamos alguns exemplos.

Os que se dedicam ao ministério mostram que têm forte fé (Veja o parágrafo 13.)

13. Por que participar na pregação é um modo de mostrar fé?

13 Participar na pregação é uma excelente maneira de demonstrar nossa fé. Por quê? Porque, para realizar essa obra, precisamos confiar que Deus sabe a hora certa de trazer o fim deste sistema e que o fim “não se atrasará”. (Hab. 2:3) Uma maneira de medir nossa fé é analisar até que ponto estamos dispostos a nos dedicar à pregação. Estamos dando o nosso melhor, talvez até buscando maneiras de expandir o ministério? (2 Cor. 13:5) De fato, fazer “declaração pública visando a salvação” é uma excelente maneira de mostrar que nosso coração exerce fé. — Leia Romanos 10:10.

14. Como mostramos fé no dia a dia?

14 Também mostramos fé ao lutar com os desafios do dia a dia. Não importa que provações enfrentemos — doença, desânimo, depressão ou pobreza —, temos confiança de que Jeová e seu Filho ‘nos ajudarão no tempo certo’. (Heb. 4:16) Mostramos essa confiança por orar pedindo ajuda não apenas em sentido espiritual. Jesus disse que podemos orar sobre coisas materiais, incluindo o “pão . . . segundo as nossas necessidades diárias”. (Luc. 11:3) Os relatos bíblicos nos convencem de que Jeová pode suprir nossas necessidades. Durante uma seca intensa em Israel, Jeová deu a Elias alimento e água. “Os corvos traziam-lhe pão e carne de manhã, e pão e carne ao anoitecer, e ele bebia água do riacho”, conforme a orientação de Jeová. (1 Reis 17:3-6) Temos fé na capacidade de Jeová de fazer o que for necessário para que nós também tenhamos o que precisamos.

Mostramos fé ao lutar com os desafios do dia a dia (Veja o parágrafo 14.)

15. Conte a experiência de alguém que mostrou forte fé.

15 Confiamos que seguir os princípios bíblicos pode nos ajudar a ter o sustento. Rebecca, uma irmã casada, da Ásia, comprovou que isso é verdade. Ela e sua família aplicaram as palavras de Mateus 6:33 e Provérbios 10:4 por dar prioridade aos interesses do Reino e ser bons trabalhadores. Rebecca diz que seu marido decidiu sair do emprego porque o tipo de trabalho que fazia e a pressão que sofria poderiam prejudicar a espiritualidade da família. Mas eles tinham quatro filhos para sustentar. Rebecca conta o que aconteceu: “Começamos a fazer doces para vender. Por anos conseguimos nos sustentar desse modo e sentimos que Jeová nunca nos abandonou. Nunca ficamos sem ter o que comer.” Que dizer de você? Já teve a oportunidade de demonstrar que acredita que a Bíblia é a melhor fonte de orientação que existe?

16. Se confiarmos em Deus, qual será o resultado?

16 Nunca devemos duvidar de que seguir as orientações de Deus resultará em nosso bem. Paulo, citando as palavras inspiradas de Habacuque, escreveu: “O justo viverá em razão da fé.” (Gál. 3:11; Hab. 2:4) Assim, é vital termos fé Naquele que realmente pode nos ajudar. Paulo nos lembra que Deus é aquele “que, segundo o Seu poder que atua em nós, pode fazer mais e infinitamente além de tudo que peçamos ou possamos imaginar”. (Efé. 3:20) Os servos de Jeová fazem tudo que podem para cumprir a vontade de Deus, mas levam em conta as limitações que têm e confiam que Jeová abençoará os resultados. Não é bom saber que Deus está conosco?

JEOVÁ RESPONDE NOSSO PEDIDO

17. (a) Como o pedido dos apóstolos por mais fé foi respondido? (b) Por que podemos esperar que nossos pedidos por mais fé sejam respondidos?

17 Depois do que consideramos, talvez nos sintamos como os apóstolos se sentiram quando pediram ao Senhor: “Dê-nos mais fé.” (Luc. 17:5) O pedido deles foi atendido especialmente no Pentecostes de 33 EC, quando o espírito santo foi derramado e eles receberam maior entendimento do propósito de Deus. Isso fortaleceu a sua fé. O resultado foi que eles começaram a maior campanha de pregação já realizada até então. (Col. 1:23) Será que podemos esperar que nossos pedidos por mais fé sejam respondidos? A Bíblia nos garante que sim, quando ‘pedimos segundo a vontade de Deus’. — 1 João 5:14.

18. Como Jeová abençoa os que cultivam a fé?

18 Fica claro que Jeová se agrada dos que confiam totalmente nele. Jeová responderá ao nosso pedido por mais fé, e a nossa fé ‘crescerá extraordinariamente’. Isso fará com que sejamos “considerados dignos do Reino de Deus”. — 2 Tes. 1:3, 5.

^ parágrafo 4 Veja as biografias de Lillian Gobitas Klose (Despertai! de 22 de julho de 1993), de Feliks Borys (Despertai! de 22 de fevereiro de 1994) e de Josephine Elias (Despertai! de setembro de 2009).