Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Língua brasileira de sinais

A Sentinela (Edição de Estudo)  |  Agosto de 2015

Escolha bem suas companhias nestes últimos dias

Escolha bem suas companhias nestes últimos dias

“Más companhias estragam bons hábitos.” — 1 COR. 15:33.

CÂNTICOS: 25, 20

1. Em que período estamos vivendo?

VIVEMOS em tempos muito difíceis. A Bíblia chama de “últimos dias” a época que começou em 1914. Esses “tempos críticos, difíceis de suportar”, são caracterizados por condições muito piores do que qualquer outro tempo vivido pela humanidade antes desse ano marcante. (2 Tim. 3:1-5) Além disso, o mundo continuará a se deteriorar, pois a Bíblia predisse que “as pessoas más e os impostores se tornarão cada vez piores”. — 2 Tim. 3:13.

2. O que caracteriza o entretenimento deste mundo? (Veja a gravura no início do artigo.)

2 Para se divertir, muitas pessoas veem ou praticam coisas que a Bíblia diz que são condenadas por Deus, como violência, imoralidade sexual e ocultismo. Por exemplo, a internet, programas de televisão, filmes, livros e artigos de revistas muitas vezes apresentam a violência e a imoralidade de forma favorável. Práticas que antes eram consideradas inaceitáveis foram até legalizadas em alguns lugares. Mas isso não faz com que essas coisas sejam aceitáveis para Deus. — Leia Romanos 1:28-32.

3. Como geralmente são considerados aqueles que vivem de acordo com os padrões da Bíblia?

3 No primeiro século, os seguidores de Jesus rejeitavam o entretenimento impuro. Por causa disso e do seu modo de vida cristão, eles eram caluniados e perseguidos. O apóstolo Pedro escreveu àqueles cristãos: “Eles ficam intrigados porque vocês não continuam a correr com eles no mesmo proceder decadente de devassidão, e por isso falam mal de vocês.” (1 Ped. 4:4) Hoje, também, o mundo considera estranhos aqueles que vivem de acordo com os padrões de Deus. Além disso, “todos os que desejarem levar uma vida de devoção a Deus, em união com Cristo Jesus, também serão perseguidos”. — 2 Tim. 3:12.

“MÁS COMPANHIAS ESTRAGAM BONS HÁBITOS”

4. Segundo a Bíblia, o que não devemos fazer com respeito a este mundo?

4 A Bíblia aconselha os que querem fazer a vontade de Deus a não amar este mundo e suas práticas. (Leia 1 João 2:15, 16.) Os elementos religiosos, políticos e comerciais do mundo — e o uso que eles fazem da mídia — estão sob a influência do “deus deste mundo”, Satanás, o Diabo. (2 Cor. 4:4; 1 João 5:19) Por isso, como cristãos, precisamos escolher bem nossas companhias. A Palavra inspirada de Deus contém esta verdade fundamental: “Não se deixem enganar. Más companhias estragam bons hábitos.” — 1 Cor. 15:33.

5, 6. Com quem devemos evitar ter companhia, e por quê?

5 Para evitar estragar nossos bons hábitos, não devemos ter como amigos aqueles que praticam coisas más. Isso se aplica a ter companhia não só com descrentes que fazem coisas erradas, mas também com os que afirmam adorar a Jeová e ao mesmo tempo violam de propósito suas leis. Se essas pessoas que se dizem cristãs se envolvem em pecado grave e não se arrependem, nós deixamos de ter contato com elas. — Rom. 16:17, 18.

6 Se tivermos amizade com pessoas que não obedecem às leis de Deus, nossa tendência será fazer o que elas fazem, para sermos aceitos por elas. Por exemplo, se tivermos como amigos pessoas que praticam imoralidade sexual, poderemos ser tentados a fazer o mesmo. Isso já aconteceu com cristãos dedicados e alguns deles foram desassociados porque não se arrependeram. (1 Cor. 5:11-13) E, se não se arrependerem, poderão ficar na condição descrita por Pedro. — Leia 2 Pedro 2:20-22.

7. Quem devemos escolher como amigos íntimos?

7 Queremos ser bondosos com todos, até mesmo com os que não seguem as leis de Deus; mas não devemos ser amigos íntimos dessas pessoas. Assim, seria errado que um cristão solteiro namorasse alguém que não é dedicado e fiel a Deus e que não respeita os Seus altos padrões. Manter a integridade cristã é muito mais importante do que ser popular entre pessoas que não vivem de acordo com as leis de Jeová. Nossos amigos devem ser pessoas que fazem a vontade de Deus. Jesus disse: “Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.” — Mar. 3:35.

8. Como os antigos israelitas foram afetados pelas más companhias?

8 As más companhias trouxeram resultados desastrosos para os israelitas. Quando Jeová libertou os israelitas da escravidão no Egito e os levou à Terra Prometida, ele disse como deveriam lidar com os habitantes dali: “Não se curve diante dos deuses dessas nações nem os sirva, e não imite as suas práticas. Pelo contrário, destrua-os e quebre em pedaços as suas colunas sagradas. Sirvam a Jeová, seu Deus.” (Êxo. 23:24, 25) Mas, no fim das contas, a maioria dos israelitas não obedeceu às instruções de Deus. (Sal. 106:35-39) Eles foram infiéis; por isso, Jesus disse mais tarde: “Agora a sua casa ficará abandonada.” (Mat. 23:38) Jeová rejeitou Israel e transferiu sua bênção para a congregação cristã. — Atos 2:1-4.

ESCOLHA COM CUIDADO O QUE VOCÊ LÊ E ASSISTE

9. Por que o material produzido pela mídia pode ser perigoso?

9 Muito do que é produzido pela mídia deste mundo pode ser espiritualmente perigoso para os cristãos. Essas coisas não são preparadas para fortalecer a fé em Jeová e em suas promessas. Em vez disso, refletem o mundo perverso de Satanás e seus objetivos. Por isso, precisamos ter muito cuidado para não nos entreter com material que poderia estimular “desejos mundanos”. — Tito 2:12.

10. O que acontecerá com o material prejudicial produzido pela mídia deste mundo?

10 Em breve, tudo que é produzido pela mídia prejudicial deixará de existir. Ela será destruída junto com o mundo que ela representa — o mundo de Satanás. A Palavra de Deus diz: “O mundo está passando, e também o seu desejo, mas quem faz a vontade de Deus permanece para sempre.” (1 João 2:17) Da mesma forma, o salmista cantou: “Os maus serão eliminados, mas os que esperam em Jeová possuirão a terra. Mas os mansos possuirão a terra e terão grande alegria na abundância de paz.” Por quanto tempo? “Os justos possuirão a terra e viverão nela para sempre.” — Sal. 37:9, 11, 29.

11. Como Deus fornece alimento espiritual edificante para o seu povo?

11 Em contraste com o mundo, o que a organização de Jeová produz nestes últimos dias incentiva a conduta que leva à vida eterna. Jesus disse em oração a Jeová: “Isto significa vida eterna: que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e àquele que tu enviaste, Jesus Cristo.” (João 17:3) Por meio da sua organização, nosso Pai celestial fornece uma fartura de alimento espiritual edificante. Como somos abençoados por ter revistas, brochuras, livros, vídeos e páginas de internet que promovem a adoração verdadeira! A organização de Deus também providencia reuniões regulares nas mais de 110 mil congregações ao redor do mundo. Nessas reuniões, bem como em assembleias e congressos, nós consideramos matérias baseadas na Bíblia, que fortalecem nossa fé em Deus e nas suas promessas. — Heb. 10:24, 25.

CASE-SE “SOMENTE NO SENHOR”

12. Explique a orientação bíblica de casar-se “somente no Senhor”.

12 Tomar cuidado com as companhias é especialmente importante no caso dos cristãos solteiros que querem se casar. A orientação da Palavra de Deus é clara: “Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois que afinidade a justiça tem com o que é contra a lei? Ou o que a luz tem em comum com a escuridão?” (2 Cor. 6:14) A Bíblia diz que os servos de Deus que querem se casar devem fazer isso “somente no Senhor”, isto é, devem se casar somente com um adorador de Jeová, alguém que seja dedicado e batizado e viva de acordo com os ensinamentos bíblicos. (1 Cor. 7:39) Quando o cristão se casa com uma pessoa que ama a Jeová, ele passa a ter como companhia alguém que o ajudará a se manter fiel a Deus.

13. Qual foi o mandamento de Deus aos israelitas com respeito a casamento?

13 Jeová sabe o que é melhor para os seus servos, e ele é coerente nas suas instruções sobre casamento. O que ele disse a Israel por meio de Moisés foi bem claro. Com relação às pessoas das nações vizinhas — povos que não serviam a Jeová —, os israelitas receberam este mandamento: “Não forme nenhuma aliança matrimonial com elas. Não dê as suas filhas aos filhos deles, nem tome as filhas deles para os seus filhos. Pois eles desviarão os seus filhos de me seguir, e estes servirão a outros deuses. Então a ira de Jeová se acenderá contra vocês, e ele destruirá você depressa.” — Deut. 7:3, 4.

14, 15. O que aconteceu com Salomão por ele ter desconsiderado a orientação de Jeová?

14 No início do seu reinado, o jovem Salomão, filho de Davi, orou pedindo sabedoria, e Deus lhe deu uma sabedoria imensa. Assim, o rei Salomão ficou famoso como o rei sábio de uma terra próspera. Quando a rainha de Sabá o visitou, ela disse: “Só acreditei no que ouvi depois de vir e ver com os meus próprios olhos. E, na verdade, não me contaram nem a metade. O senhor superou em muito o que ouvi, tanto em sabedoria como em prosperidade.” (1 Reis 10:7) Mas Salomão se tornou um triste exemplo do que pode acontecer quando uma pessoa desconsidera o mandamento de Deus de não se casar com um descrente. — Ecl. 4:13.

15 Apesar de tudo que Deus havia feito por ele, Salomão desobedeceu à ordem divina de não se casar com mulheres das nações vizinhas, que não serviam a Jeová. Salomão “amava muitas mulheres estrangeiras”, e por fim teve 700 esposas e 300 concubinas. Qual foi o resultado? Na velhice de Salomão, suas esposas pagãs “desviaram o seu coração para seguir outros deuses, . . . e Salomão fez o que era mau aos olhos de Jeová”. (1 Reis 11:1-6) As más companhias de Salomão enfraqueceram sua sabedoria e o levaram a se desviar da adoração verdadeira. Esse é um forte aviso para os cristãos que talvez pensem em se casar com alguém que não ama a Jeová!

16. Que orientação bíblica se aplica ao servo de Deus casado com um descrente?

16 Que dizer se alguém se torna servo de Deus quando já está casado com um descrente? A Bíblia diz: “Você, esposa, esteja sujeita ao seu marido, de modo que, se ele não for obediente à palavra, seja ganho sem palavras, por meio da conduta de sua esposa.” (1 Ped. 3:1) Essa orientação é dirigida às esposas cristãs, mas se aplica também a um marido que se torna adorador de Jeová quando já está casado com uma descrente. O conselho da Bíblia é claro: seja um bom cônjuge e viva de acordo com os altos padrões de Deus para o casamento. Muitos aceitaram a verdade por terem observado as mudanças que o marido ou a esposa fizeram ao aplicar os requisitos de Deus.

ESCOLHA COMO COMPANHIA OS QUE AMAM A JEOVÁ

17, 18. Como Noé e os cristãos do primeiro século conseguiram sobreviver à destruição do sistema em que viviam?

17 Más companhias estragam bons hábitos, mas boas companhias dão ótimos resultados. Veja o caso de Noé, que vivia num mundo perverso, mas não tinha nenhuma vontade de ter amizade achegada com as pessoas ali. Naquele tempo, “Jeová viu que a maldade do homem era grande na terra e viu que toda inclinação dos pensamentos do seu coração era só má, todo o tempo”. (Gên. 6:5) Por isso, ele decidiu trazer um dilúvio global para destruir aquele sistema mau e seus apoiadores. Mas “Noé era um homem justo. Mostrava-se íntegro entre os seus contemporâneos. Noé andava com o verdadeiro Deus”. — Gên. 6:7-9.

18 Sem dúvida, Noé não procurou a companhia de pessoas ímpias. Ele e os sete membros de sua família se ocuparam com o trabalho que Deus tinha lhes dado, que incluía construir uma arca. Nesse meio-tempo, Noé também foi “pregador da justiça”. (2 Ped. 2:5) A pregação, o trabalho na arca e o convívio com sua família mantiveram Noé ocupado com coisas que agradavam a Deus. O resultado foi que Noé e sua família imediata sobreviveram ao dilúvio. Devemos ser gratos a esses servos de Jeová — o fiel Noé, sua esposa, seus filhos e as esposas deles — porque todos nós somos seus descendentes. De modo similar, os cristãos do primeiro século que foram leais e obedientes se mantiveram separados de pessoas ímpias e sobreviveram à destruição de Jerusalém e do sistema de coisas judaico em 70 EC. — Luc. 21:20-22.

A companhia saudável de nossos irmãos é uma pequena amostra de como será a vida no novo mundo (Veja o parágrafo 19.)

19. O que precisamos fazer para ganhar o favor de Deus?

19 Como adoradores de Jeová, precisamos imitar Noé e sua família, bem como os cristãos obedientes do primeiro século. Devemos nos manter separados do sistema perverso em que vivemos e procurar, entre nossos milhões de irmãos, amigos que nos edifiquem. Andar com pessoas que são guiadas pela sabedoria divina nos ajudará a ‘nos manter firmes na fé’ durante estes tempos tão difíceis. (1 Cor. 16:13; Pro. 13:20) E pense na maravilhosa perspectiva que temos! Se escolhermos bem nossas companhias nestes últimos dias, poderemos sobreviver ao fim deste sistema perverso e entrar no novo mundo justo de Jeová, que agora está tão perto!