Pular para conteúdo

Pular para sumário

Você está avançando com a organização de Jeová?

Você está avançando com a organização de Jeová?

“Os olhos de Jeová estão sobre os justos.” — 1 PED. 3:12.

1. Que organização substituiu a apóstata nação de Israel? (Veja a gravura no início do artigo.)

ATRIBUI-SE a Jeová, e com razão, o crédito pelo estabelecimento da congregação cristã no primeiro século e pela restauração da adoração verdadeira nos tempos modernos. Como vimos no artigo anterior, a organização formada pelos primeiros seguidores de Cristo substituiu a apóstata nação de Israel como povo para representar o nome de Jeová. Essa nova organização, grandemente favorecida por Deus, sobreviveu à destruição de Jerusalém em 70 EC. (Luc. 21:20, 21) Esses acontecimentos do primeiro século foram uma indicação do que ocorreria com os servos de Jeová em nossos dias. O sistema de coisas de Satanás acabará em breve, mas a organização de Deus sobreviverá aos últimos dias. (2 Tim. 3:1) Como podemos ter certeza disso?

2. O que Jesus disse sobre a “grande tribulação”, e como ela começará?

2 Referente à sua presença invisível e à terminação do sistema de coisas, Jesus disse: “Haverá grande tribulação, tal como nunca ocorreu desde o princípio do mundo até agora, não, nem tampouco ocorrerá de novo.” (Mat. 24:3, 21) Essa tribulação sem precedentes começará quando Jeová, usando os poderes políticos, destruir “Babilônia, a Grande”, o império mundial da religião falsa. (Rev. 17:3-5, 16) O que acontecerá a seguir?

UMA AÇÃO SATÂNICA LEVARÁ AO ARMAGEDOM

3. Após a destruição da religião falsa, que ataque haverá contra o povo de Jeová?

3 Depois que a religião falsa for destruída, Satanás e vários elementos de seu mundo atacarão os servos de Jeová. Com respeito a “Gogue da terra de Magogue”, por exemplo, as Escrituras predizem: “Entrarás como tempestade. Tornar-te-ás como nuvens para cobrir a terra, tu e todas as tuas tropas, e muitos povos contigo.” Visto que as Testemunhas de Jeová não possuem exércitos e são o povo mais pacífico da Terra, elas parecerão alvos fáceis. Mas atacá-las será um grande erro! — Eze. 38:1, 2, 9-12.

4, 5. Como Jeová reagirá às tentativas satânicas para destruir seus servos?

4 Como Deus reagirá aos esforços satânicos para destruir seu povo? Jeová agirá em seu favor, exercendo Seu direito como Soberano Universal. Para Jeová, atacar os seus servos é o mesmo que atacá-lo. (Leia Zacarias 2:8.) Por isso, nosso Pai celestial tomará uma ação imediata para nos salvar. Esse livramento chegará ao seu clímax com a destruição do mundo de Satanás no Armagedom, “a guerra do grande dia de Deus, o Todo-Poderoso”. — Rev. 16:14, 16.

5 A Bíblia profetiza o seguinte sobre o Armagedom: “‘Há uma controvérsia que Jeová tem com as nações. Ele terá de pôr-se pessoalmente em julgamento com toda a carne. Quanto aos iníquos, terá de entregá-los à espada’, é a pronunciação de Jeová. Assim disse Jeová dos exércitos: ‘Eis que sai uma calamidade de nação em nação e suscitar-se-á até mesmo uma grande tormenta desde as partes mais remotas da terra. E os mortos por Jeová certamente virão a estar naquele dia de uma extremidade da terra até à outra extremidade da terra. Não serão lamentados, nem serão recolhidos ou enterrados. Tornar-se-ão como estrume sobre a superfície do solo.’” (Jer. 25:31-33) Com o Armagedom, este sistema perverso terá o seu fim. O mundo de Satanás sairá de cena, mas a parte terrestre da organização de Jeová sobreviverá.

POR QUE A ORGANIZAÇÃO DE JEOVÁ PROSPERA HOJE

6, 7. (a) De onde vêm as pessoas que compõem a “grande multidão”? (b) Que aumentos têm ocorrido em anos recentes?

6 A organização de Jeová sobrevive e prospera na Terra porque as pessoas que fazem parte dela têm Sua aprovação. A Bíblia nos garante: “Os olhos de Jeová estão sobre os justos e os seus ouvidos estão atentos às súplicas deles.” (1 Ped. 3:12) Os justos incluem “uma grande multidão” que ‘sai da grande tribulação’. (Rev. 7:9, 14) Esses sobreviventes não são apenas ‘uma multidão’. Eles são “uma grande multidão” — um número enorme de pessoas. Você consegue se ver entre elas como um sobrevivente “da grande tribulação”?

7 De onde vêm as pessoas que compõem a grande multidão? Elas estão sendo ajuntadas em resultado do que Jesus predisse como parte do sinal da sua presença. Ele disse: “Estas boas novas do reino serão pregadas em toda a terra habitada, em testemunho a todas as nações; e então virá o fim.” (Mat. 24:14) Nestes últimos dias, essa é a principal obra realizada pela organização de Deus. Por causa da atividade global de pregação e ensino das Testemunhas de Jeová, milhões de pessoas têm aprendido a adorar a Deus “com espírito e verdade”. (João 4:23, 24) Por exemplo, num período recente de dez anos — entre os anos de serviço de 2003 e 2012 —, mais de 2.707.000 pessoas foram batizadas em símbolo de sua dedicação a Deus. Hoje, no mundo todo, existem mais de 7.900.000 Testemunhas de Jeová, além de outros milhões que se associam conosco, principalmente na Celebração anual da morte de Cristo. Nós não nos gabamos desses números, porque é ‘Deus que faz crescer’. (1 Cor. 3:5-7) Não há dúvida de que a grande multidão está crescendo e ficando maior a cada ano.

8. O que explica o incrível aumento na organização de Jeová nos tempos modernos?

8 Temos visto um incrível aumento no número dos servos de Deus porque o próprio Jeová está apoiando suas Testemunhas. (Leia Isaías 43:10-12.) Esse aumento foi predito nestas palavras proféticas: “O próprio pequeno tornar-se-á mil e o menor, uma nação forte. Eu mesmo, Jeová, apressarei isso ao seu próprio tempo.” (Isa. 60:22) Houve uma época em que o restante ungido era como o “pequeno”, mas esse número foi crescendo à medida que outros israelitas espirituais eram trazidos para a organização de Deus. (Gál. 6:16) Por causa da bênção de Jeová ao longo dos anos, esse aumento continua com o ajuntamento da grande multidão.

O QUE JEOVÁ REQUER DE NÓS

9. O que se espera de nós para fazermos parte do futuro maravilhoso prometido na Bíblia?

9 Quer sejamos cristãos ungidos, quer membros da grande multidão, poderemos fazer parte do futuro maravilhoso prometido na Palavra de Deus. Mas, para isso, precisamos obedecer aos requisitos de Jeová. (Isa. 48:17, 18) Pense nos israelitas sob a Lei mosaica. Um dos objetivos da Lei era proteger o povo de Israel por lhes dar regulamentos benéficos envolvendo conduta sexual, o modo correto de tratar o próximo, tratos comerciais, criação dos filhos e assim por diante. (Êxo. 20:14; Lev. 19:18, 35-37; Deut. 6:6-9) Obedecer aos requisitos de Deus nos beneficia de maneiras similares — e com certeza não achamos que fazer sua vontade seja um fardo. (Leia 1 João 5:3.) Assim como os israelitas eram protegidos pela Lei, nossa obediência às leis e princípios de Jeová Deus também nos protege, além de nos manter “sãos na fé”. — Tito 1:13.

10. Por que devemos reservar tempo para estudar a Bíblia e para a Noite de Adoração em Família?

10 A parte terrestre da organização de Jeová está avançando de várias maneiras. Por exemplo, nosso entendimento da verdade bíblica está se tornando cada vez mais claro. Isso é de esperar, porque “a vereda dos justos é como a luz clara que clareia mais e mais até o dia estar firmemente estabelecido”. (Pro. 4:18) Mas faríamos bem em nos perguntar: ‘Acompanho os ajustes no nosso entendimento da verdade bíblica? Tenho o hábito de ler a Bíblia todo dia? Faço questão de ler todas as nossas publicações? Reservo tempo toda semana para a Noite de Adoração em Família?’ A maioria de nós concorda que não é difícil demais fazer essas coisas. Muitas vezes é apenas uma questão de programar tempo para elas. E como é importante adquirir conhecimento exato da Bíblia, colocá-lo em prática e fazer progresso espiritual — especialmente agora que a grande tribulação está tão próxima!

11. Mencione os benefícios proporcionados pelos eventos espirituais do passado e dos tempos modernos.

11 É para o nosso próprio bem que a organização de Jeová nos orienta a acatar o conselho do apóstolo Paulo: “Consideremo-nos uns aos outros para nos estimularmos ao amor e a obras excelentes, não deixando de nos ajuntar, como é costume de alguns, mas encorajando-nos uns aos outros, e tanto mais quanto vedes chegar o dia.” (Heb. 10:24, 25) As festividades anuais e outros eventos para a adoração edificavam os israelitas em sentido espiritual. Além disso, ocasiões como a notável Festividade das Barracas nos dias de Neemias eram marcadas por grande alegria. (Êx. 23:15, 16; Nee. 8:9-18) De maneira similar, somos beneficiados por nossas reuniões, assembleias e congressos. Portanto, tiremos pleno proveito dessas provisões para nos manter alegres e fortes na fé. — Tito 2:2.

12. Como devemos nos sentir em relação à obra de pregar o Reino?

12 Por fazermos parte da organização de Deus, temos a alegria de participar “na obra santa das boas novas de Deus”. (Rom. 15:16) Estarmos ativos nessa “obra santa” nos torna “colaboradores” de Jeová, “o Santo”. (1 Cor. 3:9; 1 Ped. 1:15) Pregar as boas novas contribui para a santificação do santo nome de Jeová. Sem dúvida, pregar “as gloriosas boas novas do Deus feliz” é um privilégio inestimável confiado a nós. — 1 Tim. 1:11.

13. De que dependem a boa saúde espiritual e nossa própria vida?

13 Deus quer que mantenhamos uma boa saúde espiritual por nos apegar a ele e apoiar sua organização em suas várias atividades. Moisés disse aos israelitas: “Deveras tomo hoje os céus e a terra por testemunhas contra vós de que pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a invocação do mal; e tens de escolher a vida para ficar vivo, tu e tua descendência, amando a Jeová, teu Deus, escutando a sua voz e apegando-te a ele; pois ele é a tua vida e a longura dos teus dias, para morares no solo de que Jeová jurou aos teus antepassados Abraão, Isaque e Jacó que lhes havia de dar.” (Deut. 30:19, 20) Nossa vida depende de fazer a vontade de Jeová, amá-lo, escutar a sua voz e nos apegar a ele.

14. Como certo irmão se expressou em relação à parte visível da organização de Deus?

14 O irmão Pryce Hughes, que se manteve totalmente apegado a Deus e acompanhava o passo de Sua organização, escreveu certa vez: “Sou muito grato por ter conhecimento dos propósitos de Jeová desde aqueles dias de pouco antes de 1914 . . . Se há alguma coisa de máxima importância para mim, é a questão de me manter bem achegado à organização visível de Jeová. As minhas primeiras experiências me ensinaram como é imprudente confiar em raciocínios humanos. Uma vez que aceitei esse fato, decidi permanecer com a fiel organização. De que outra maneira se pode obter o favor e as bênçãos de Jeová?”

CONTINUE AVANÇANDO COM A ORGANIZAÇÃO DE DEUS

15. Dê um exemplo bíblico que mostra como devemos encarar ajustes em nosso entendimento da Bíblia.

15 Se queremos pessoalmente ter o favor e as bênçãos de Jeová, devemos apoiar sua organização e aceitar os ajustes em nosso entendimento das Escrituras. Pense nisto: após a morte de Jesus, havia milhares de cristãos judeus que eram zelosos em observar a Lei e achavam difícil deixar de segui-la. (Atos 21:17-20) No entanto, com a ajuda da carta de Paulo aos hebreus, eles aceitaram o fato de que haviam sido santificados, não por meio de sacrifícios ‘oferecidos segundo a Lei’, mas “por intermédio da oferta do corpo de Jesus Cristo, uma vez para sempre”. (Heb. 10:5-10) Não há dúvida de que a maioria daqueles cristãos de formação judaica ajustou seu modo de pensar e progrediu espiritualmente. Nós também precisamos ser estudantes esforçados e ser receptivos aos ajustes relacionados ao nosso entendimento da Palavra de Deus ou à nossa obra de pregação.

16. (a) Por que nossa vida será maravilhosa no novo mundo? (b) Que bênção você mais aguarda no Paraíso?

16 Todos os que permanecerem leais a Jeová e à sua organização receberão bênçãos eternas. Os ungidos fiéis receberão grandiosos privilégios como co-herdeiros de Cristo no céu. (Rom. 8:16, 17) Se a nossa esperança for terrestre, imagine como será bom viver no Paraíso! Como membros da organização de Jeová, sentimos grande alegria de falar a outros sobre o prometido novo mundo de Deus. (2 Ped. 3:13) “Os próprios mansos possuirão a terra”, diz o Salmo 37:11, “e deveras se deleitarão na abundância de paz”. As pessoas “hão de construir casas e as ocuparão” e usufruirão “o trabalho das suas próprias mãos”. (Isa. 65:21, 22) Não haverá mais opressão, pobreza nem fome. (Sal. 72:13-16) Babilônia, a Grande, não enganará mais a ninguém, porque deixará de existir. (Rev. 18:8, 21) Os mortos serão ressuscitados e terão a oportunidade de viver para sempre. (Isa. 25:8; Atos 24:15) Que perspectiva emocionante para os milhões que se dedicaram a Jeová! Para que essas promessas bíblicas se tornem realidade no nosso caso, devemos continuar progredindo espiritualmente e avançando com a organização de Deus, sempre acompanhando seu passo.

Você consegue se ver no Paraíso? (Veja o parágrafo 16.)

17. Como devemos nos sentir em relação à adoração de Jeová e sua organização?

17 Com o fim deste sistema tão próximo, permaneçamos firmes na fé e mostremos profunda gratidão pelo arranjo de Deus para a adoração. Essa foi a atitude do salmista Davi, que cantou: “Uma coisa pedi a Jeová — é o que procurarei: morar na casa de Jeová todos os dias da minha vida, para contemplar a afabilidade de Jeová e olhar com apreciação para o seu templo.” (Sal. 27:4) Que cada um de nós se mantenha apegado a Deus, acompanhe o passo de seu povo e continue avançando com a organização de Jeová!