Pular para conteúdo

Pular para sumário

A criação revela o Deus vivente

A criação revela o Deus vivente

“Digno és, Jeová, sim, nosso Deus, de receber a glória . . . porque criaste todas as coisas.” — REV. 4:11.

1. O que precisamos fazer para nos certificar de que nossa fé continue forte?

MUITAS pessoas dizem que só acreditam nas coisas que conseguem ver com os próprios olhos. Como podemos ajudá-las a desenvolver fé em Jeová? Afinal, a Bíblia diz que “nenhum homem jamais viu a Deus”. (João 1:18) E nós? Como podemos nos certificar de que nossa fé no “Deus invisível”, Jeová, continue forte? (Col. 1:15) O primeiro passo é identificar ensinamentos que ofuscam a verdade sobre Jeová. Daí, devemos usar a Bíblia com habilidade para derrubar qualquer argumento que seja ‘levantado contra o conhecimento de Deus’. — 2 Cor. 10:4, 5.

2, 3. Que dois ensinamentos escondem das pessoas a verdade sobre Deus?

2 Um ensinamento falso bem difundido que esconde das pessoas a verdade sobre Deus é a doutrina da evolução. Esse conceito humano contradiz a Bíblia e priva as pessoas de esperança. Em termos simples, a teoria da evolução afirma que toda forma de vida veio à existência espontaneamente, dando a entender que a vida humana não tem objetivo.

3 Por outro lado, fundamentalistas da cristandade ensinam que o Universo, incluindo a Terra e todas as formas de vida nela, tem apenas alguns milhares de anos de existência. Aqueles que ensinam essa doutrina — conhecida como criacionismo — podem até ter muito respeito pela Bíblia, mas insistem que Deus criou todas as coisas em seis dias de 24 horas, apenas uns poucos milhares de anos atrás. Eles rejeitam evidências científicas confiáveis que contradizem seu conceito. Em resultado disso, o ensinamento do criacionismo acaba diminuindo o respeito pela Bíblia, dando a impressão de que ela não é lógica nem exata. Pessoas que promovem conceitos assim nos lembram alguns no primeiro século que tinham zelo por Deus, “mas não segundo o conhecimento exato”. (Rom. 10:2) Como podemos usar a Palavra de Deus para derrubar as “fortemente entrincheiradas” doutrinas da evolução e do criacionismo? * A única maneira é por nos esforçar em adquirir o conhecimento exato do que a Bíblia ensina.

A FÉ BASEIA-SE EM EVIDÊNCIAS E RACIOCÍNIO LÓGICO

4. Em que nossa fé deve se basear?

4 A Bíblia nos ensina a valorizar o conhecimento. (Pro. 10:14) Jeová quer que nossa fé nele seja baseada em evidências e raciocínio lógico, não em filosofias humanas ou tradições religiosas. (Leia Hebreus 11:1.) Para desenvolvermos forte fé em Deus, precisamos primeiro estar convencidos de que Jeová existe. (Leia Hebreus 11:6.) Essa conclusão não se baseia em mero sonho, mas na análise de fatos e no uso da “faculdade de raciocínio”. — Rom. 12:1.

5. Qual é um motivo pelo qual podemos estar convencidos de que Deus existe?

5 O apóstolo Paulo mostra um motivo pelo qual podemos estar convencidos de que Deus existe, embora não possamos vê-lo. A respeito de Jeová, ele escreveu: “Suas qualidades invisíveis são claramente vistas desde a criação do mundo em diante, porque são percebidas por meio das coisas feitas, mesmo seu sempiterno poder e Divindade.” (Rom. 1:20) Como você pode ajudar alguém que duvida da existência de Deus a ver que as palavras inspiradas de Paulo são verdadeiras? Um modo de fazer isso é por considerar evidências da criação que revelam o poder e a sabedoria de Deus. Veja algumas delas.

O PODER DE DEUS EVIDENTE NA CRIAÇÃO

6, 7. Como o poder de Jeová é evidente em dois escudos que nos protegem?

6 Vemos evidência do poder de Jeová em dois escudos que nos protegem: a atmosfera e o campo magnético da Terra. A atmosfera, por exemplo, faz mais do que fornecer o ar que respiramos. Ela também nos protege da maioria dos detritos que se deslocam velozmente pelo espaço. Em geral, grandes pedaços de rocha que poderiam causar enormes estragos se desintegram ao entrar na atmosfera terrestre, criando belos rastros de luz no céu noturno.

7 O campo magnético da Terra também nos protege. A fonte desse escudo está bem no centro de nosso planeta. A parte externa do núcleo da Terra, composta basicamente de ferro fundido, produz um poderoso campo magnético ao nosso redor que se estende espaço afora. Esse campo nos protege da radiação vinda de erupções, ou explosões, que ocorrem na superfície do Sol. O campo magnético da Terra impede que a radiação dessas explosões de energia acabe com toda a vida em nosso planeta. Ele faz isso por absorver essa radiação ou desviá-la. Podemos ver evidências de nosso escudo magnético em ação nas belas exibições multicoloridas de luzes que dançam no céu perto dos Polos Norte e Sul. Não há dúvida de que Jeová é “vigoroso em poder”. — Leia Isaías 40:26.

A SABEDORIA DE DEUS REVELADA NA NATUREZA

8, 9. Como os ciclos que sustentam a vida revelam a sabedoria de Jeová?

8 A sabedoria de Jeová é revelada nos ciclos que sustentam a vida na Terra. Para ilustrar: imagine que você viva numa cidade murada e bem populosa que não tem nenhum sistema para receber água potável nem para descartar resíduos. Uma cidade assim logo se tornaria imunda e inabitável. Em certo sentido, nossa Terra é como essa cidade murada. Ela possui uma quantidade limitada de água potável, e não daria para ficar descartando no espaço todo lixo e quaisquer outros resíduos. Essa “cidade murada”, porém, é capaz de sustentar bilhões de seres vivos, geração após geração. Por quê? Por causa de sua espantosa capacidade de reciclar ou trocar os elementos essenciais à vida.

9 Considere o ciclo do oxigênio. Bilhões de criaturas inalam oxigênio e exalam dióxido de carbono. Mesmo assim, o suprimento de oxigênio nunca se esgota e a atmosfera nunca fica saturada do gás descartado, o dióxido de carbono. Por que não? Isso se deve a um incrível processo conhecido como fotossíntese. Por meio desse processo, as plantas absorvem dióxido de carbono, água, luz do Sol e nutrientes, produzindo carboidratos e oxigênio. Quando inalamos oxigênio, completamos o ciclo. Jeová literalmente usa a vegetação que ele criou para dar ‘a todos vida e fôlego’. (Atos 17:25) Que notável sabedoria!

10, 11. Como a borboleta-monarca e a libélula revelam a grande sabedoria de Jeová?

10 A grande sabedoria de Jeová também é revelada na vasta quantidade de animais que habitam nosso incrível planeta. Estima-se que a quantidade de espécies que habitam a Terra varie de 2 milhões a 100 milhões. (Leia Salmo 104:24.) Note a sabedoria evidente no projeto de apenas algumas dessas criaturas.

A sabedoria de Deus é vista na estrutura do olho da libélula; destaque mostra imagem ampliada (Veja o parágrafo 11.)

11 O cérebro da borboleta-monarca, por exemplo, tem o tamanho da ponta de uma caneta esferográfica. Mesmo assim, essa borboleta tem a capacidade de migrar quase 3 mil quilômetros do Canadá até determinada floresta no México, orientando-se pelo Sol. Como ela faz para não se perder à medida que o Sol muda de posição no céu? Jeová projetou seu diminuto cérebro com a capacidade de compensar o movimento do Sol. Considere também o olho da libélula. Esse inseto enxerga por meio de dois olhos compostos. Cada olho tem umas 30 mil lentes. Apesar disso, o minúsculo cérebro da libélula é capaz de decifrar sinais transmitidos através de todas as lentes e detectar qualquer movimento, o mais leve que seja, em seu ambiente.

12, 13. O que impressiona você no modo como Jeová projetou as células do corpo humano?

12 O modo como Jeová projetou as células que compõem todas as criaturas vivas é ainda mais impressionante. Por exemplo, o corpo humano é composto de uns 100 trilhões de células. Dentro de cada uma delas há uma minúscula estrutura semelhante a uma corda, conhecida como DNA (ácido desoxirribonucleico). Ele armazena grande parte das informações necessárias para formar todo o seu corpo.

13 Quanta informação o DNA contém? Compare a capacidade de armazenamento de 1 grama de DNA com a de um CD. É possível armazenar num CD toda a informação contida em um dicionário, o que é impressionante levando em conta que um CD não passa de um fino disco de plástico. Mas apenas 1 grama de DNA é capaz de armazenar informação equivalente à de 1 trilhão de CDs! Sendo assim, uma única colher de chá de DNA desidratado pode armazenar informação suficiente para formar 350 vezes o total de seres humanos vivos hoje!

14. Como você se sente em relação a Jeová ao pensar nas descobertas feitas por cientistas?

14 O Rei Davi descreveu as informações necessárias para a formação do corpo humano como estando escritas num livro figurativo. Falando sobre Jeová Deus, ele disse: “Teus olhos viram até mesmo meu embrião, e todas as suas partes estavam assentadas por escrito no teu livro, referente aos dias em que foram formadas, e ainda não havia nem sequer uma entre elas.” (Sal. 139:16) É compreensível que Davi se sentisse motivado a louvar a Jeová quando pensou no modo como seu corpo havia sido criado. Em anos recentes, descobertas feitas por cientistas sobre o corpo humano nos deixam ainda mais impressionados. Essas descobertas nos dão mais motivos para concordar com o salmista que escreveu a respeito de Jeová: “Elogiar-te-ei porque fui feito maravilhosamente, dum modo atemorizante. Teus trabalhos são maravilhosos, de que minha alma está bem apercebida.” (Sal. 139:14) Honestamente, como alguém seria capaz de não ver que a criação revela a existência do Deus vivente?

AJUDE OUTROS A DAR GLÓRIA AO DEUS VIVENTE

15, 16. (a) De que forma nossas publicações têm ajudado as pessoas a ter mais apreço pela capacidade criativa de Jeová? (b) Qual artigo da seção “Teve um Projeto?” mais impressionou você?

15 Há décadas, a revista Despertai! vem ajudando milhões de pessoas a reconhecer o que a criação revela sobre nosso Deus vivente. Em 2006, por exemplo, o número de setembro foi intitulado “Existe um Criador?”. A revista inteira destinava-se a abrir os olhos dos que haviam sido cegados pela doutrina da evolução e do criacionismo. Referindo-se a esse número especial, uma irmã escreveu o seguinte à filial dos Estados Unidos: “A campanha para oferecer esse número especial correu muito bem. Uma mulher pediu 20 exemplares. Ela é professora de biologia e queria que cada um de seus alunos recebesse um exemplar.” Um irmão escreveu: “Participo na pregação desde o final da década de 40 e estou com quase 75 anos, mas nunca gostei tanto de participar no campo como neste mês, ao distribuir esse número especial da Despertai!.”

16 Nos últimos anos, a maioria dos números de Despertai! tem incluído a seção “Teve um Projeto?”. Esses artigos curtos destacam a impressionante engenharia evidente na criação e mostram como o homem tenta copiar o Projetista Supremo. Além disso, foi lançada em 2010 outra ferramenta que ajuda a dar glória a Deus: a brochura A Vida — Teve um Criador?. As belas fotos e figuras nessa publicação foram preparadas para aumentar nosso apreço pela capacidade criativa de Jeová. As perguntas no fim de cada seção ajudam o leitor a raciocinar sobre as informações que acabou de considerar. Você já usou essa brochura ao pregar de casa em casa, ao dar testemunho público ou informal?

17, 18. (a) Pais, como vocês podem ajudar seus filhos a ter mais confiança para defender sua fé? (b) Se você já usou as brochuras sobre a criação em sua adoração em família, como fez isso?

17 Pais, já pensaram em incluir essa colorida brochura em sua adoração em família? Se fizerem isso, vocês estarão ajudando seus filhos a ter mais apreço por nosso Deus vivente. Talvez seus filhos sejam adolescentes e estejam no ensino médio. Eles, em especial, são um alvo dos que ensinam a falsa doutrina da evolução. Cientistas, professores, documentários sobre natureza e até mesmo o mundo do entretenimento, com seus seriados e filmes, promovem a ideia de que a evolução é um fato. Vocês podem ajudar seus filhos adolescentes a combater essa influência negativa por usar outra brochura lançada em 2010: A Origem da Vida — Cinco Perguntas Que Merecem Resposta. Assim como a brochura A Vida — Teve um Criador?, essa publicação incentiva os jovens a desenvolver seu “próprio raciocínio”. (Pro. 2:10, 11) Ela ensina como eles podem determinar se as coisas que aprendem na escola fazem sentido.

Pais, preparem seus filhos para defender sua própria fé (Veja o parágrafo 17.)

18 A brochura Origem da Vida foi preparada para ajudar alunos a pensar bem antes de ir logo acreditando em notícias sensacionalistas que afirmam que cientistas encontraram “elos perdidos” fossilizados. Ela os incentiva a decidir por si mesmos se esse tipo de notícia realmente prova que o homem evoluiu de criaturas inferiores. Também ensina como responder a afirmações de que os cientistas conseguiram provar em seus laboratórios que a vida pode surgir espontaneamente. Pais, se vocês usarem essas brochuras, estarão ajudando bastante seus filhos a ter mais confiança quando precisarem defender sua crença num Criador. — Leia 1 Pedro 3:15.

19. Que privilégio todos nós temos?

19 As matérias bem pesquisadas que recebemos por meio da organização de Jeová nos ajudam a perceber as qualidades maravilhosas de Deus no mundo ao nosso redor. Essas sólidas evidências nos dão todos os motivos para louvar nosso Deus. (Sal. 19:1, 2) Sem dúvida, é um grande privilégio poder dar a Jeová, o Criador de todas as coisas, a honra e a glória que ele tanto merece! — 1 Tim. 1:17.

^ parágrafo 3 Para informações sobre como raciocinar com pessoas que promovem o criacionismo, veja as páginas 24 a 28 da brochura A Vida — Teve um Criador?.