Pular para conteúdo

Pular para sumário

Sete passos para uma boa leitura da Bíblia

Sete passos para uma boa leitura da Bíblia

 Sete passos para uma boa leitura da Bíblia

“A Bíblia não é apenas o livro mais vendido de todos os tempos. É o livro mais vendido do ano todos os anos.” — REVISTA TIME.

“Eu leio a Bíblia de vez em quando, mas acho muito enfadonho.” — KEITH, UM MÚSICO FAMOSO DA INGLATERRA.

É UMA ironia que muitas pessoas tenham a Bíblia e tirem pouco proveito dela. Mas há quem aprecie ler a Bíblia. Por exemplo, uma senhora chamada Nancy disse: “Desde que comecei a ler e a meditar na Bíblia logo de manhã, me sinto pronta para enfrentar o dia. Isso me ajudou muito mais a lidar com minhas crises de depressão do que qualquer outra coisa que tenha tentado nos últimos 35 anos.”

Mesmo que você nunca tenha lido a Bíblia, não fica intrigado por saber que ela já ajudou outras pessoas? E se você a lê, gostaria de saber como tornar a leitura mais proveitosa? Então tente seguir os sete passos descritos neste artigo.

1.° PASSO — Leia com o objetivo correto

▪ Alguns leem a Bíblia simplesmente por considerá-la um belo livro, por obrigação ou para saber como viver neste mundo atribulado. Mas você tirará mais proveito se seu objetivo for aprender a verdade sobre Deus. Se, além disso, seu alvo for descobrir como a mensagem da Bíblia pode mudar sua vida, você será muito recompensado.

Destacando a importância de ler com o objetivo correto, as Escrituras comparam a Palavra de Deus a um espelho: “Se alguém for ouvinte da palavra e não cumpridor, este é igual a um homem que olha para o seu rosto natural num espelho. Pois, ele olha para si mesmo e vai embora, e esquece imediatamente que sorte de homem ele é. Mas aquele que olha de perto para a lei perfeita que pertence à liberdade e que persiste nisso, este, porque se tornou, não ouvinte esquecediço, mas fazedor da obra, será feliz em fazê-la.” — Tiago 1:23-25.

O homem nesse texto olhou no espelho, mas não fez nada para melhorar sua aparência. Pode ser que ele tenha apenas dado uma olhada, ou não quis fazer mudanças. De forma similar, tiraremos pouco proveito da leitura da Bíblia se a lermos com pouca atenção ou não aplicarmos aquilo que lemos. Por outro lado, seremos realmente felizes se ‘olharmos de perto’ a Bíblia com o objetivo de nos tornarmos ‘fazedores da obra’, deixando que Deus molde nossos pensamentos e ações.

2.° PASSO — Escolha uma boa tradução

▪ Pode ser que existam muitas traduções da Bíblia em seu idioma. Embora qualquer tradução da Palavra de Deus possa ser de ajuda, algumas usam linguagem arcaica ou complicada, difícil de entender. (Atos 4:13) Outras até mesmo adulteram a mensagem da Bíblia por seguir tradições. Por exemplo, conforme vimos nos artigos de capa desta revista, algumas substituíram o nome de Deus, Jeová, por títulos como “Deus” ou “Senhor”. Assim, escolha uma tradução da Bíblia que seja exata, fácil de entender e que torne a leitura agradável.

Milhões de pessoas no mundo todo descobriram que esse é o caso da Tradução do Novo Mundo. * Veja o que disse um senhor idoso na Bulgária que recebeu um exemplar dessa tradução numa reunião das Testemunhas de Jeová: “Eu já leio a Bíblia por muitos anos, mas nunca li uma tradução tão fácil de entender e que toca tanto o coração.”

3.° PASSO — Ore antes de ler

▪ Você pode entender melhor a Bíblia por pedir ajuda ao seu Autor, como fez o salmista: “Desvenda os meus olhos, para que eu olhe para as coisas maravilhosas procedentes da tua lei.” (Salmo 119:18) Ore a Deus toda vez que ler as Escrituras, pedindo ajuda para entender Sua Palavra. Você também pode agradecer pela Bíblia, pois sem ela não poderíamos conhecer a Deus. — Salmo 119:62.

Será que Deus ouve essas orações? Veja o que aconteceu com duas irmãs adolescentes no Uruguai. Elas estavam lendo o texto de Daniel 2:44, mas não conseguiam entender nada. Oraram a Deus para que ele enviasse alguém para ajudá-las. Elas nem tinham fechado a Bíblia quando duas Testemunhas de Jeová bateram à sua porta e leram o mesmíssimo texto. Explicaram que ele descreve como o Reino de Deus substituirá os governos humanos. * Isso convenceu as moças de que Deus tinha ouvido sua oração.

4.° PASSO — Leia todos os dias

▪ Certa editora observou que “houve uma explosão de vendas de Bíblias” depois dos ataques terroristas nos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001. Muitos recorrem à Palavra de Deus só em épocas de dificuldades. Mas a própria Bíblia nos incentiva a lê-la todos os dias, dizendo: “Este livro da lei não se deve afastar da tua boca e tu o tens de ler em voz baixa dia e noite, para cuidar em fazer segundo tudo o que está escrito nele; pois então farás bem-sucedido o teu caminho e então agirás sabiamente.” — Josué 1:8.

A importância de ler a Bíblia todos os dias pode ser comparada à situação de um homem que decide melhorar sua alimentação depois de sofrer um infarto. Adianta ele seguir a dieta apenas quando sente uma forte dor no peito? Claro que não. Ele precisa seguir a dieta todos os dias. Da mesma forma, para tornar ‘bem-sucedido o seu caminho’, você precisa ler a Bíblia todos os dias.

5.° PASSO — Experimente outros métodos

▪ Muitos leem a Bíblia de Gênesis a Revelação (Apocalipse), mas há outros métodos que também são interessantes. Veja algumas sugestões.

Estude um personagem. Leia todos os capítulos ou livros que falam de um determinado servo de Deus, como os seguintes:

José: Gênesis 37-50.

Rute: Rute 1-3.

Jesus: Mateus 1-28; Marcos 1-16; Lucas 1-24; João 1-21. *

Estude por assunto. Por exemplo, pesquise sobre oração e então leia os conselhos da Bíblia a respeito desse assunto. Leia também algumas das muitas orações registradas na Bíblia. *

Leia em voz alta. Ler em voz alta pode trazer muitos benefícios. (Revelação 1:3) Isso pode até ser feito em família, cada um lendo um parágrafo ou as falas de um personagem diferente. Alguns gostam de ouvir gravações da Bíblia. Certa mulher disse: “Para mim, o difícil era começar a ler a Bíblia. Por isso, passei a ouvir gravações dela. Agora acho mais emocionante ler a Bíblia do que ler um bom romance.”

6.° PASSO — Medite

▪ O ritmo e as distrações da vida moderna não favorecem a meditação. Mas assim como precisamos digerir os alimentos para ficarmos nutridos também precisamos meditar no que lemos na Bíblia para sermos beneficiados. Podemos fazer isso por recapitular mentalmente o que lemos e por nos perguntar: ‘O que aprendi sobre Jeová Deus? Como essa matéria se aplica a mim? Como posso usá-la para ajudar outros?’

Refletir dessa forma permite que a mensagem da Bíblia toque nosso coração e aumente a alegria de ler a Palavra de Deus. O Salmo 119:97 diz: “Quanto eu amo a tua lei! O dia inteiro ela é a minha preocupação.” Por meio da meditação, o salmista pensava o dia todo nas Escrituras. Fazer isso o ajudava a desenvolver um profundo amor pelas coisas que aprendia.

7.° PASSO — Peça ajuda

▪ Deus não espera que entendamos plenamente sua Palavra sozinhos. A própria Bíblia diz que algumas coisas escritas nela são “difíceis de entender”. (2 Pedro 3:16) O livro bíblico de Atos fala de um alto funcionário etíope que estava confuso sobre algo que tinha lido nas Escrituras. Deus enviou um de Seus servos para o ajudar. O resultado foi que o etíope “seguiu caminho, alegrando-se”. — Atos 8:26-39.

Você também pode tirar mais proveito da leitura da Bíblia se pedir ajuda para entender o que lê. Procure as Testemunhas de Jeová perto de onde você mora, ou escreva para o endereço na página 4, solicitando um curso gratuito da Bíblia em sua casa.

[Nota(s) de rodapé]

^ parágrafo 12 A Tradução do Novo Mundo, publicada pelas Testemunhas de Jeová, já foi impressa inteira ou em partes em 83 idiomas e está disponível on-line em 17 idiomas no site www.watchtower.org.

^ parágrafo 15 Para mais informações sobre o Reino de Deus e o que ele fará, veja o capítulo 8 do livro O Que a Bíblia Realmente Ensina?, publicado pelas Testemunhas de Jeová.

^ parágrafo 24 Se você nunca leu a Bíblia, poderia começar com o relato dinâmico sobre o ministério de Jesus registrado no livro de Marcos.

^ parágrafo 25 O livro O Que a Bíblia Realmente Ensina? tem ajudado muitas pessoas a estudar a Bíblia por assunto. Por exemplo, o capítulo 17 considera o que as Escrituras dizem sobre oração.