Pular para conteúdo

Pular para sumário

Tire pleno benefício da leitura da Bíblia

Tire pleno benefício da leitura da Bíblia

“Eu realmente me deleito na lei de Deus.” — ROM. 7:22.

1-3. Quais são alguns dos benefícios de ler a Bíblia e aplicar seus ensinos?

“AGRADEÇO a Jeová todas as manhãs por me ajudar a entender a Bíblia.” A irmã idosa que disse isso já leu a Bíblia mais de 40 vezes, e continua lendo. Uma irmã mais jovem escreveu que ler a Bíblia a ajudou a ver que Jeová é real. Com isso, ela se achegou mais ao seu Pai celestial. Ela disse: “Nunca fui tão feliz na minha vida!”

2 O apóstolo Pedro incentivou a todos a ‘ansiar o leite não adulterado pertencente à palavra’. (1 Ped. 2:2) Os que satisfazem esse anseio por meio do estudo da Bíblia e que aplicam seus ensinos têm uma consciência limpa e um objetivo na vida. Eles desenvolvem grandes amizades com outros que também amam e servem o Deus verdadeiro. Todas essas são boas razões para ‘se deleitar na lei de Deus’. (Rom. 7:22) Mas há ainda outros benefícios. Quais são alguns deles?

3 Quanto mais você aprender sobre Jeová e seu Filho, tanto maior será seu amor por eles e pelo seu próximo. Ter conhecimento bíblico exato o ajuda a ver como Deus em breve salvará os humanos obedientes da destruição deste mundo agonizante. Você tem uma positiva mensagem de boas novas a transmitir no seu ministério. Jeová o abençoará à medida que você ensinar a outros as coisas que aprendeu da leitura da Palavra de Deus.

LEIA E REFLITA

4. O que significa ler a Bíblia “em voz baixa”?

4 Jeová não quer que seus servos leiam correndo a sua Palavra. Ele disse a Josué da antiguidade: “Este livro da lei não se deve afastar da tua boca e tu o tens de ler em voz baixa dia e noite.” (Jos. 1:8; Sal. 1:2) Será que essa instrução requer que você literalmente pronuncie em voz baixa cada palavra que lê de Gênesis a Revelação? Não. Ela significa que você deve ler num ritmo que torne possível a meditação. Ler a Bíblia “em voz baixa” o ajudará a fixar a atenção em trechos especialmente úteis e animadores para você naquele momento. Ao encontrar frases, versículos ou relatos assim, leia-os devagar, talvez apenas movimentando os lábios. O pleno peso de um ponto bíblico talvez lhe toque de uma maneira muito pessoal. Por que isso é importante? Porque captar o sentido dos conselhos de Deus dá a você forte motivação para aplicá-los.

5-7. Ilustre como ler a Palavra de Deus em voz baixa pode ajudá-lo a (a) permanecer moralmente limpo; (b) tratar outros com paciência e bondade; (c) edificar confiança em Jeová mesmo em tempos difíceis.

5 Ler em voz baixa é útil quando você considera livros bíblicos que não conhece muito bem. Para ilustrar, imagine três situações. Primeiro, pense num jovem cristão que no seu programa de leitura pessoal chegou à profecia de Oseias. No capítulo 4, ele pausa depois de ler em voz baixa os versículos 11 a 13. (Leia Oseias 4:11-13.) Por quê? Esses versículos prendem sua atenção porque ele está lutando para resistir a pressões imorais na escola. Ele medita nesses versículos e pensa: ‘Jeová vê as coisas más que as pessoas fazem, mesmo na privacidade. Eu não quero magoá-lo.’ O irmão decide manter-se moralmente limpo perante Deus.

6 Numa segunda situação, uma irmã está lendo a profecia de Joel e chega ao capítulo 2, versículo 13. (Leia Joel 2:13.) Ao ler esse versículo em voz baixa, ela medita sobre como deve imitar a Jeová, que é “clemente e misericordioso, vagaroso em irar-se e abundante em benevolência”. Ela decide tentar acabar com o sarcasmo e as palavras iradas que às vezes usa ao falar com o marido e outros.

7 Terceiro, imagine um pai cristão que perdeu o emprego e está preocupado com o bem-estar da esposa e dos filhos. Em Naum 1:7, ele lê em voz baixa que Jeová “tem conhecimento dos que procuram refugiar-se nele” e os protege como um “baluarte no dia da aflição”. Essa ideia o consola. Ele sente o cuidado amoroso de Jeová e deixa de se preocupar demais. Daí ele lê em voz baixa o versículo 15. (Leia Naum 1:15.) O nosso irmão vê que, por pregar as boas novas em tempos difíceis, ele mostra que realmente encara a Jeová como seu baluarte. Enquanto continua a procurar emprego, sente-se também movido a apoiar o serviço de campo no meio da semana.

8. Mencione brevemente uma joia espiritual que você descobriu na sua leitura da Bíblia.

8 Os pontos benéficos já mencionados são de livros bíblicos que alguns talvez achem difícil de entender. Ao considerar os livros de Oseias, Joel e Naum com o desejo de aprender, talvez queira ler outros versículos deles em voz baixa. Imagine quanta sabedoria e consolo o aguardam nos escritos desses profetas! E que dizer do restante da Bíblia? A Palavra de Deus é como uma produtiva mina de diamantes. Explore bem essa mina! Leia a Bíblia inteira com o alvo de encontrar ‘joias’ de orientações e garantia de apoio divinos.

ESFORCE-SE PARA ENTENDER

9. Como podemos aumentar nosso entendimento da vontade de Deus?

9 Embora seja importante ler a Bíblia diariamente, você deseja também ganhar entendimento e compreensão. Assim, faça bom uso das publicações da organização de Jeová para pesquisar o fundo histórico das pessoas, dos lugares e dos eventos sobre os quais você lê. Ou, se tiver dúvida sobre como certo ensino bíblico pode afetar a sua vida, poderá pedir ajuda a um ancião de congregação ou a outro cristão maduro. Para ilustrar a importância de aumentar nosso entendimento, vejamos o exemplo de um cristão do primeiro século que se esforçou em fazer exatamente isso. Seu nome era Apolo.

10, 11. (a) Como Apolo foi ajudado a melhorar como ministro das boas novas? (b) O que podemos aprender do relato de Apolo? (Veja o quadro  “Seu ensino está atualizado?”.)

10 Apolo era um judeu cristão “bem versado nas Escrituras” e “fervoroso no espírito”. O livro de Atos diz a seu respeito: “Falava e ensinava com precisão as coisas a respeito de Jesus, mas estava familiarizado apenas com o batismo de João.” Sem se dar conta, Apolo ensinava um entendimento desatualizado sobre o batismo. Depois de ouvi-lo ensinar em Éfeso, um casal cristão chamado Áquila e Priscila explicou-lhe “mais corretamente o caminho de Deus”. (Atos 18:24-26) Como isso beneficiou Apolo?

11 Depois de pregar em Éfeso, Apolo foi à Acaia. “Chegando . . . lá, ajudou grandemente os que tinham crido por causa da benignidade imerecida de Deus; pois provava cabalmente, com intensidade e em público, que os judeus estavam errados, demonstrando pelas Escrituras que Jesus era o Cristo.” (Atos 18:27, 28) Apolo podia então explicar corretamente o significado do batismo cristão. Com conhecimento ampliado, ele “ajudou grandemente” os novos a progredir na adoração verdadeira. O que aprendemos desse relato? Assim como Apolo, nós nos esforçamos em entender o que lemos na Bíblia. No entanto, quando um irmão experiente sugere como podemos ensinar com mais eficiência, certamente queremos aceitar essa ajuda com humildade e gratidão. Se fizermos isso, a qualidade de nosso serviço sagrado melhorará.

USE O QUE VOCÊ APRENDE PARA AJUDAR OUTROS

12, 13. Ilustre como usar as Escrituras com tato pode ajudar estudantes da Bíblia a progredir.

12 Assim como Priscila, Áquila e Apolo, nós podemos ser uma bênção para outros. Como se sente quando o encorajamento que você dá ajuda uma pessoa interessada a vencer um obstáculo ao seu progresso espiritual? Ou, como ancião, como se sente quando um irmão lhe agradece por um conselho bíblico que o ajudou num período difícil? Sem dúvida, usar a Palavra de Deus para ajudar outros a melhorar sua vida é uma fonte de satisfação e alegria. * Veja como você pode atingir esse alvo.

13 Quanto à adoração verdadeira e falsa, muitos israelitas nos dias de Elias estavam em cima do muro. O conselho de Elias a essas pessoas pode ajudar um estudante da Bíblia indeciso que não faz progresso espiritual. (Leia 1 Reis 18:21.) Considere outra situação: se uma pessoa interessada teme a reação de amigos ou da família, você pode fortalecer a decisão dela de adorar a Jeová por raciocinar à base de Isaías 51:12, 13. — Leia.

14. O que o ajudará a se lembrar de textos bíblicos quando precisar deles para ajudar outros?

14 Obviamente, a Bíblia contém muitas palavras que podem encorajar, corrigir ou fortalecer seus leitores. Mas você talvez se pergunte: ‘Como posso me lembrar prontamente de textos bíblicos quando preciso deles?’ Leia a Bíblia e medite sobre os pensamentos de Deus diariamente. Assim, você criará uma reserva de expressões divinas das quais o espírito de Jeová poderá ajudá-lo a se lembrar quando necessário. — Mar. 13:11; leia João 14:26. *

15. O que o ajudará a entender melhor a Palavra de Deus?

15 Assim como o Rei Salomão, ore a Jeová pedindo sabedoria para cuidar de responsabilidades teocráticas. (2 Crô. 1:7-10) Como fizeram os profetas do passado, faça “diligente indagação e cuidadosa pesquisa” da Palavra de Deus em busca de conhecimento exato sobre Jeová e sua vontade. (1 Ped. 1:10-12) O apóstolo Paulo incentivou Timóteo a nutrir-se “com as palavras da fé e do ensino excelente”. (1 Tim. 4:6) Por fazer isso, você estará em ótimas condições de ajudar outros espiritualmente. Ao mesmo tempo, edificará sua própria fé.

PROTEÇÃO GARANTIDA COM BASE NA PALAVRA DE DEUS

16. (a) Como os bereanos se beneficiaram de ‘examinar cuidadosamente as Escrituras, cada dia’? (b) Por que a leitura diária da Bíblia é tão importante para nós hoje?

16 Os judeus da cidade de Bereia, na Macedônia, costumavam ‘examinar cuidadosamente as Escrituras, cada dia’. Quando Paulo pregou as boas novas àqueles judeus, eles compararam as palavras dele com o que eles conheciam das Escrituras. O resultado? Muitos se convenceram de que Paulo ensinava a verdade e “tornaram-se crentes”. (Atos 17:10-12) Isso mostra que a leitura diária da Bíblia promove forte fé em Jeová. Essa fé, “a expectativa certa de coisas esperadas”, é essencial se havemos de sobreviver para o novo mundo de Deus. — Heb. 11:1.

17, 18. (a) Como a forte fé e o amor protegem o coração figurativo do cristão? (b) Como a esperança nos protege do perigo?

17 Com boa razão, Paulo escreveu: “Quanto a nós, os que pertencemos ao dia, mantenhamos os nossos sentidos, estando vestidos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação.” (1 Tes. 5:8) O coração de um soldado precisa ser protegido do inimigo. Da mesma forma, o coração figurativo do cristão precisa de proteção contra a força do pecado. O que acontece quando um servo de Jeová combina forte fé nas promessas de Deus com amor a ele e ao próximo? Esse servo veste uma couraça espiritual da mais alta qualidade. É improvável que faça algo que perca o favor de Deus.

18 Paulo mencionou também um capacete, “a esperança da salvação”. Sem proteger a cabeça, um soldado nos tempos bíblicos podia facilmente perder a vida em batalha. Mas, com um bom capacete, ele podia sobreviver a golpes na cabeça sem sofrer graves ferimentos. Nós edificamos esperança nos atos de salvação de Jeová por estudar a sua Palavra. Forte esperança nos habilita a resistir a apóstatas e seus “falatórios vãos”, comparáveis à gangrena. (2 Tim. 2:16-19) A nossa esperança também nos fortalecerá a dizer “não” aos que nos induziriam a uma conduta que Jeová condena.

CHAVE PARA A SOBREVIVÊNCIA

19, 20. Por que temos em alta estima a Palavra de Deus, e como mostramos apreço por ela? (Veja o quadro  “Jeová me dá exatamente o que preciso”.)

19 Quanto mais avançamos no tempo do fim, tanto maior a necessidade de confiarmos na Palavra de Jeová. Seus conselhos nos ajudam a corrigir maus hábitos e a controlar tendências pecaminosas. Com seu encorajamento e consolo, passaremos nos testes que Satanás e seu mundo nos impõem. Com as orientações que Jeová provê na sua Palavra, permaneceremos no caminho da vida.

20 Lembre-se de que Deus deseja que “toda sorte de homens sejam salvos”. Os servos de Jeová estão entre “toda sorte de homens”. Como estão também aqueles a quem possamos ajudar por meio de nossa pregação e ensino. Mas todos os que querem a salvação precisam ganhar “um conhecimento exato da verdade”. (1 Tim. 2:4) Assim, sobreviver aos últimos dias anda de mãos dadas com ler a Bíblia e aplicar suas instruções inspiradas. Realmente, a nossa leitura diária da Bíblia mostra o quanto estimamos a preciosa Palavra da verdade de Jeová. — João 17:17.

^ parágrafo 12 Naturalmente, não usamos os conselhos bíblicos para pressionar ou condenar outros. Devemos ser tão pacientes e bondosos com um estudante da Bíblia como Jeová é conosco. — Sal. 103:8.

^ parágrafo 14 Que dizer se você lembra das palavras-chaves de um texto, mas não do livro, capítulo e versículo? Por procurar essas palavras no índice no fim da Bíblia, na Watchtower Library (Biblioteca da Torre de Vigia) ou na concordância da Tradução do Novo Mundo (disponível em inglês, espanhol e alguns outros idiomas), provavelmente encontrará o texto.