Pular para conteúdo

Pular para sumário

Será que Deus se preocupa com você?

Será que Deus se preocupa com você?

O QUE APRENDEMOS DO MODO COMO DEUS NOS CRIOU

Os primeiros 60 minutos da vida de uma criança fora do útero são um período vital de adaptação. Por quê? O vínculo que as mães criam com seus bebês durante esses minutos importantes contribuem muito para o desenvolvimento e crescimento dos seus filhos. *

O que leva uma mãe a ser tão carinhosa com seu bebê recém-nascido? A professora universitária Jeannette Crenshaw, especialista em enfermagem, disse que, após o parto, há um aumento no nível do hormônio oxitocina que “estimula os sentimentos maternais enquanto a mãe toca, olha, e amamenta seu bebê”. Outro hormônio liberado nesse período “ajuda a mãe a dar atenção ao bebê” e melhora a interação dela com o filho. Por que isso é importante?

O forte vínculo entre a mãe e o bebê é obra do nosso amoroso Criador, Jeová Deus. * O rei Davi disse que foi Deus que o ‘tirou do ventre’ e o fez se sentir seguro nos braços da sua mãe. Ele orou: “Fui entregue ao teu cuidado desde que nasci; desde o ventre da minha mãe, tens sido o meu Deus.” — Salmo 22:9, 10.

PARE E PENSE: Deus criou o forte vínculo entre mãe e bebê para garantir que a mãe fosse carinhosa com seu filho, desse atenção a ele e cuidasse dele. Então, podemos ter certeza de que Deus também se importa com cada um de nós; porque nós somos “filhos de Deus”. — Atos 17:29.

O QUE A BÍBLIA ENSINA

Jesus Cristo, que conhece o Criador melhor do que qualquer outra pessoa, disse: “Não se vendem dois pardais por uma moeda de pequeno valor? Contudo, nem mesmo um deles cairá no chão sem o conhecimento do Pai de vocês. Mas até mesmo os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Portanto, não tenham medo; vocês valem mais do que muitos pardais.” — Mateus 10:29-31.

Poucas pessoas dão atenção a cada pequeno pássaro que veem. E menos ainda percebem quando algum deles cai no chão. Mas o nosso Pai no céu fica atento a cada um deles! E, para Deus, os humanos valem mais do que muitos pássaros. A lição é clara: não tenha dúvida de que Deus se importa com o que você está passando. Não ‘tenha medo’, pois Deus se preocupa muito com você!

Deus se preocupa muito com nosso bem-estar, nos ama e está atento a cada um de nós

O que a Bíblia nos garante

  • “Os olhos de Jeová estão em todo lugar, vigiando tanto os maus como os bons.” — PROVÉRBIOS 15:3.

  • “Os olhos de Jeová estão sobre os justos, e os seus ouvidos escutam o seu clamor por ajuda.” — SALMO 34:15.

  • “Terei grande alegria com o teu amor leal, pois tu vês a minha aflição; tu conheces a minha profunda angústia.” — SALMO 31:7.

“EU SENTIA QUE JEOVÁ NÃO ME AMAVA”

Deus se preocupa muito com nosso bem-estar, nos ama e está atento a cada um de nós. Será que faz diferença saber disso? Com certeza! Uma mulher chamada Hannah, * da Inglaterra, diz:

“Muitas vezes, eu sentia que Jeová não me amava e não ouvia as minhas orações. Perdi as contas de quantas vezes me senti assim. Eu pensava que isso acontecia porque eu tinha pouca fé. Achava que eu não era importante para Deus e que, por isso, ele estava me castigando e me deixando de lado. Eu sentia que Deus não ligava pra mim.”

Mas agora Hannah tem certeza de que Deus a ama e se preocupa com ela. Por que ela mudou de ideia? Ela explica: “Fui mudando meu jeito de pensar aos poucos. Eu me lembro de um discurso bíblico que ouvi muitos anos atrás sobre o sacrifício de resgate feito por Jesus. Esse discurso me tocou muito e me ajudou a ter certeza de que Jeová me amava. E quando minhas orações eram respondidas, muitas vezes eu começava a chorar, porque aquilo mostrava que Jeová realmente me amava. Além disso, estudar a Bíblia e frequentar reuniões cristãs me ajudou a aprender mais sobre Jeová, suas qualidades e o que ele sente por nós. Agora eu vejo claramente que Jeová nos ama e quer muito cuidar de cada um de nós.”

As palavras de Hannah tocam nosso coração, não acha? Mas como você pode ter certeza de que Deus entende seus sentimentos e se importa com eles? O próximo artigo vai responder essa pergunta.

^ parágrafo 3 Algumas mães que sofrem de depressão pós-parto podem ter dificuldades para criar um vínculo com seu bebê. Mas elas não precisam se sentir culpadas. Segundo o Instituto Nacional de Saúde Mental dos EUA, é provável que a depressão pós-parto seja “resultado de uma combinação de fatores físicos e emocionais . . . ela não acontece por causa de algo que a mãe fez ou deixou de fazer”. Para saber mais sobre esse assunto, veja o artigo “Entenda melhor a depressão pós-parto” da Despertai! de 8 de junho de 2003.

^ parágrafo 5 A Bíblia mostra que Jeová é o nome de Deus. — Salmo 83:18.

^ parágrafo 15 Alguns nomes nesta revista foram mudados.