Pular para conteúdo

Pular para sumário

Confie em Jeová e viva!

Confie em Jeová e viva!

“Confie em Jeová de todo o seu coração; não confie no seu próprio entendimento.” — PRO. 3:5.

CÂNTICOS: 152 e 49

1. Por que todos nós precisamos de consolo?

TODOS nós precisamos de consolo. Pode ser que preocupações, decepções e dificuldades façam parte de nossa vida. Talvez estejamos sofrendo com o envelhecimento, com doenças ou com a morte de alguém querido. Alguns são maltratados por outros. E o mundo está cada vez mais violento. É verdade que estes “tempos críticos, difíceis de suportar” são uma prova de que estamos “nos últimos dias”, e que cada dia que passa é um dia mais perto do novo mundo. (2 Tim. 3:1) Mesmo assim, já faz tempo que alguns de nós estão esperando para ver as promessas de Jeová se cumprirem. E as dificuldades não param de aumentar. Então, o que pode nos dar consolo?

2, 3. (a) O que sabemos sobre Habacuque? (b) Por que é bom estudarmos o livro de Habacuque?

2 O livro de Habacuque pode nos dar a resposta. A Bíblia não dá muitos detalhes sobre esse profeta, mas o livro que ele escreveu dá muito encorajamento. O nome Habacuque significa “forte abraço”. Isso pode ser uma referência de como Jeová nos consola, como se nos desse um abraço. Ou pode passar a ideia de nós segurando bem firme em Jeová, como um filho segurando firme no pai. Habacuque fez algumas perguntas bem interessantes a Deus. E já que Jeová fez questão de deixar a conversa entre eles registrada na Bíblia, é porque ela também pode nos ajudar. — Hab. 2:2.

3 A conversa entre Jeová e esse profeta aflito é tudo o que a Bíblia nos diz sobre Habacuque. Mas o seu livro faz parte ‘de todas as coisas escritas anteriormente’ e que foram registradas na Palavra de Deus, a Bíblia, “a fim de que, por meio da nossa perseverança e por meio do consolo das Escrituras, tivéssemos esperança”. (Rom. 15:4) Por que é bom estudarmos o livro de Habacuque? Ele nos mostra o que realmente significa confiar em Jeová. Também nos garante que podemos continuar calmos, mesmo passando por dificuldades e problemas. Vamos ver agora alguns detalhes interessantes sobre o livro de Habacuque.

FALE COM JEOVÁ

4. Por que Habacuque estava tão aflito?

4 A época em que Habacuque vivia era bem complicada. (Habacuque 1:2, 3). Ele estava cercado de pessoas más e violentas, e isso o deixava muito triste. Quando será que toda aquela maldade ia acabar? Por que Jeová ainda não tinha feito nada? Para onde Habacuque olhava, ele via os israelitas tratando mal uns aos outros. Ele se sentia sozinho. Então, no meio daquela fase difícil, ele orou para que Jeová fizesse alguma coisa. Habacuque talvez tivesse começado a achar que Jeová não se importava. Parecia que Deus estava demorando para tomar uma atitude. Já se sentiu assim como Habacuque?

5. Que lição importante o livro de Habacuque nos ensina? (Veja a foto no começo do estudo.)

5 Será que Habacuque já não confiava mais em Jeová? Será que ele tinha perdido a fé nas promessas de Deus? Claro que não! Se tivesse perdido de vez as esperanças, ele não teria orado a Jeová sobre suas dúvidas. Na verdade, Habacuque não entendia por que Jeová ainda não tinha feito nada ou por que Jeová estava permitindo que ele sofresse. O fato de Jeová deixar que Habacuque escrevesse sobre suas dúvidas nos ensina uma lição importante: não tenha medo de orar a Deus sobre suas preocupações e dúvidas. Aliás, Jeová gosta quando abrimos nosso coração a ele. (Sal. 50:15; 62:8) Provérbios 3:5 ainda nos incentiva a ‘confiar em Jeová de todo o coração e não confiar no próprio entendimento’. É provável que Habacuque já conhecesse essas palavras, e ele as colocou em prática.

6. Por que a oração é importante?

6 Habacuque confiava em Jeová como um amigo e pai, e tomou a iniciativa de se abrir com ele. Em vez de se preocupar ou ‘confiar no próprio entendimento’, Habacuque orou a Jeová contando como se sentia. Esse é um ótimo exemplo para nós. Jeová é o “Ouvinte de oração”, e ele quer que nós contemos nossas preocupações para ele. (Sal. 65:2) Se fizermos isso, poderemos ver como Jeová vai responder nossas orações. Ele vai nos guiar e nos consolar, como se estivesse nos dando um abraço carinhoso. (Sal. 73:23, 24) Não importa pelo que estejamos passando, Jeová vai nos ajudar a ver nossas preocupações como ele vê. Por isso, sempre ore a Jeová. Esse é um dos melhores modos de mostrar que confiamos nele.

ESCUTE A JEOVÁ

7. O que Jeová achou das preocupações de Habacuque?

7 Depois de contar para Jeová como se sentia, Habacuque deve ter se perguntado: ‘O que Jeová vai achar do que eu disse?’ Por ser um Pai amoroso e compreensivo, Jeová não repreendeu Habacuque. (Habacuque 1:5) Ele sabia que Habacuque se sentia daquele jeito porque estava sofrendo. Então, Deus contou para o profeta o que ele ia fazer no futuro com aqueles judeus desobedientes. (Habacuque 1:6, 7)É bem possível que Habacuque tenha sido a primeira pessoa para quem Jeová contou sobre o fim daquele período violento.

8. Por que a resposta de Jeová deixou Habacuque surpreso?

8 Jeová contou a Habacuque que estava pronto para agir. Aquela geração má e violenta seria punida. E Jeová disse que isso ia acontecer enquanto Habacuque ou aqueles israelitas maus ainda estivessem vivos. Mas algo na resposta de Jeová pegou Habacuque de surpresa. Jeová disse que usaria os caldeus, ou seja, os babilônios, para punir os israelitas. O profeta deve ter pensado: ‘Como assim? Os caldeus são mais cruéis e violentos que os israelitas. E os israelitas pelo menos conhecem a Jeová. Por que Jeová vai usar essa nação pagã? Isso só vai aumentar o sofrimento para todo o povo.’ Imagine que você estivesse no lugar de Habacuque. O que acharia da resposta de Jeová?

9. Que outras perguntas Habacuque fez?

9 Habacuque entendeu que Jeová ia usar Babilônia para punir as pessoas más de Judá, mas ainda estava confuso. Mesmo assim, foi humilde e continuou confiando em Jeová. Ele até chamou Jeová de “minha Rocha”. (Deut. 32:4; Isa. 26:4) Habacuque sabia que Jeová é amoroso e bondoso, e isso deu a ele a confiança de fazer mais perguntas: ‘Por que o Senhor vai deixar a situação em Judá ficar pior? Por que não age agora? Por que o Senhor, que é todo-poderoso, vai “tolerar a maldade”? Por que “se mantém calado” enquanto a maldade se espalha? O Senhor é o Santo, e “seus olhos são puros demais para ver o que é mau”.’ (Habacuque 1:12-14, 17).

10. Que sentimento igual ao de Habacuque às vezes podemos ter?

10 Às vezes, nós podemos sentir o mesmo que Habacuque. Nós escutamos a Jeová, confiamos nele, lemos e estudamos a Bíblia, e isso nos dá esperança. Também ouvimos tudo o que sua organização diz sobre as promessas para o futuro. Mas uma pergunta talvez continue em nossa mente: ‘Será que vai demorar muito para o fim chegar e acabar com todo esse sofrimento?’ O livro de Habacuque nos ensina como lidar com esse sentimento.

ESPERE POR JEOVÁ

11. Depois de escutar a Jeová, que decisão Habacuque tomou?

11 Depois de conversar com Jeová, Habacuque se sentiu mais calmo. (Habacuque 2:1). Ele decidiu confiar em Jeová e esperar pelo momento de Deus agir. Essa não foi uma decisão baseada na emoção daquele momento, porque Habacuque disse mais tarde: “Espero tranquilamente o dia da aflição.” (Hab. 3:16) Outros servos fiéis de Jeová também confiaram em Jeová e foram pacientes. E, se eles conseguiram, nós também podemos conseguir. — Miq. 7:7; Tia. 5:7, 8.

12. Quais são algumas das lições que aprendemos com Habacuque?

12 O que a decisão de Habacuque nos ensina? Primeiro, nunca pare de orar a Jeová. Conte a ele os seus problemas. Segundo, escute a Jeová. Ele fala com a gente por meio da Bíblia e de sua organização. Terceiro, espere com paciência por Jeová. Confie que no momento certo ele vai acabar com nosso sofrimento. Se fizermos tudo o que Habacuque fez, também vamos nos sentir calmos e vamos conseguir perseverar. A esperança de que Jeová vai agir em breve nos ajuda a ser pacientes e a suportar os problemas com alegria. — Rom. 12:12.

13. Que garantia Jeová deu a Habacuque?

13 A atitude de Habacuque deixou Jeová muito contente. O Todo-Poderoso sabia bem do sofrimento que Habacuque estava passando. Então, de modo amoroso e bondoso, ele garantiu ao profeta que as perguntas dele seriam respondidas. (Habacuque 2:3) Em breve ele veria o fim de suas preocupações. Foi como se Deus estivesse dizendo a Habacuque: “Confie em mim, espere só mais um pouco. Pode parecer que está demorando, mas minha resposta vai chegar!” Jeová lembrou Habacuque de que suas promessas iam se cumprir no tempo certo. Então, incentivou o profeta a continuar esperando com paciência. No final, ele não ficaria decepcionado.

Por que devemos servir a Jeová o melhor que pudermos? (Veja o parágrafo 14.)

14. Mesmo que nossa situação seja difícil, o que devemos fazer?

14 É bom esperar com paciência por Jeová e prestar atenção ao que ele nos diz. Isso nos dá confiança e calma, mesmo que nossa situação seja ruim. Jesus nos garantiu que Jeová sabe o tempo certo de agir. Então, não precisamos nos preocupar com “os tempos ou as épocas” que Jeová ainda não revelou. (Atos 1:7) O que devemos fazer é não desistir, mas ser humildes e ter fé em Deus. E, enquanto esperamos, devemos usar bem o nosso tempo para servir a Jeová o melhor que pudermos. — Mar. 13:35-37; Gál. 6:9.

CONFIE EM JEOVÁ PARA GANHAR A VIDA

15, 16. (a) Que promessas encontramos no livro de Habacuque? (b) O que essas promessas nos ensinam?

15 Jeová prometeu: “O justo viverá pela sua fidelidade.” E acrescentou: “A terra ficará cheia do conhecimento da glória de Jeová.” (Hab. 2:14) Esses versículos mostram que aqueles que confiam em Jeová e são pacientes vão ganhar a vida eterna.

16 Olhando por cima, parece que a promessa de Habacuque 2:4 é só uma frase genérica, sem nada de especial. Mas o apóstolo Paulo considerava essa promessa tão importante que a mencionou em três das suas cartas! (Rom. 1:17; Gál. 3:11; Heb. 10:38) Não importa qual seja o sofrimento que o justo esteja enfrentando, ele vai ver as promessas de Deus se cumprirem. Mas é preciso ter fé em Jeová e confiar nele. Jeová quer que nós olhemos lá na frente, para o nosso futuro.

17. Que garantia Jeová nos deu por meio de Habacuque?

17 O livro de Habacuque ensina lições valiosas para nós, que vivemos nos últimos dias. Jeová quer dar vida para toda pessoa justa que tem fé e confia nele. Por isso, mesmo que você esteja lidando com ansiedades e problemas, continue alimentando sua fé e confiança em Deus. Jeová garantiu por meio de Habacuque que vai ajudar e salvar você. Tudo o que ele pede é confiar nele e ter paciência. No tempo certo, a Terra inteira será governada pelo Reino de Deus, e o mundo será formado por pessoas felizes e “de temperamento brando”. — Mat. 5:5; Heb. 10:36-39.

CONFIE COM ALEGRIA

18. Como Habacuque se sentiu com as palavras de Jeová?

18 Leia . As palavras de Jeová tocaram fundo em Habacuque. Ele meditou em como Jeová já tinha salvado seu povo no passado de maneiras impressionantes. Agora, sua confiança em Deus estava renovada. (Habacuque 3:16, 19) Ele sabia que Jeová ia agir em breve. Isso foi um consolo para Habacuque, mesmo sabendo que ainda teria que sofrer por um pouco mais de tempo. As dúvidas que ele tinha se transformaram em confiança e alegria. O que o profeta falou no versículo 18 pode ser considerado uma das maiores expressões de confiança registradas na Bíblia. De acordo com alguns estudiosos, ela significa: “Vou saltar de alegria no Senhor; vou bailar de alegria em Deus.” Que garantia maravilhosa os versículos 16 a 19 nos dão! Além de nos dar promessas maravilhosas para o futuro, Jeová garante que está trabalhando neste momento para cumpri-las. (Habacuque 3:18).

19. O que temos que fazer para receber de Jeová o consolo que Habacuque recebeu?

19 Sem dúvida, a mensagem principal do livro de Habacuque é: confie em Jeová. (Hab. 2:4) Este estudo nos ensinou como continuar confiando nele. Primeiro, sempre ore a Jeová e conte a ele todos os seus problemas e ansiedades. Segundo, escute o que a Palavra de Deus e sua organização dizem. E terceiro, espere por Jeová com fé e paciência. Foi isso o que Habacuque fez. Embora o seu livro começasse de modo triste, ele termina com palavras confiantes e alegres. Se imitarmos o exemplo de Habacuque, vamos sentir o abraço carinhoso de nosso Pai, Jeová. Nenhum consolo poderia ser melhor do que esse, não é mesmo?