Pular para conteúdo

Pular para sumário

 ESTUDO 10

O que me impede de me batizar?

O que me impede de me batizar?

“Tanto Filipe como o eunuco desceram à água; e ele o batizou.” — ATOS 8:38.

CÂNTICO 52 Nossa dedicação

O QUE VAMOS VER *

1. O que Adão e Eva perderam, e qual foi o resultado?

QUEM você acha que tem o direito de criar os padrões do que é certo ou errado? Adão e Eva deixaram de confiar nos padrões de Jeová e escolheram criar os seus próprios padrões. Eles deixaram isso bem claro quando comeram o fruto da árvore do conhecimento do que é bom e do que é mau. (Gên. 3:22) Mas pense no que eles perderam: a amizade com Jeová e a oportunidade de viver para sempre. Como resultado, eles passaram o pecado e a morte para todos os seus filhos. (Rom. 5:12) A decisão de Adão e Eva só trouxe sofrimento.

Depois de aprender sobre Jesus, o eunuco etíope quis se batizar o mais rápido possível (Veja os parágrafos 2 e 3.)

2-3. (a) O que o eunuco etíope fez quando Filipe pregou para ele? (b) Que coisas boas recebemos quando nos batizamos? (c) Que perguntas serão respondidas neste estudo?

2 Agora veja como o eunuco etíope agiu de modo diferente. Quando Filipe pregou para ele, o eunuco se sentiu tão grato por tudo o que Jeová e Jesus tinham feito que decidiu se batizar imediatamente. (Atos 8:34-38) Quando nos dedicamos a Deus, assim como o eunuco fez, nós deixamos bem claro que somos gratos por tudo o que Jeová e Jesus fizeram por nós. E não é só isso: nós mostramos nossa confiança de que Jeová é o único que tem o direito de determinar o que é certo ou errado.

3 Pense em todas as coisas boas que recebemos quando nos batizamos! Por exemplo, temos a chance de ganhar tudo o que Adão e Eva perderam, incluindo a vida eterna. Além disso, por termos fé em Jesus Cristo, Jeová perdoa nossos erros e nos dá uma consciência limpa. (Mat. 20:28; Atos 10:43) Também podemos fazer parte da família de Jeová e ter uma esperança maravilhosa para o futuro. (João 10:14-16; Rom. 8:20, 21) Apesar de as bênçãos serem óbvias, algumas pessoas que conhecem a Jeová sentem medo de fazer o que o eunuco etíope fez. O que impede essas pessoas de se batizarem? E como elas podem vencer esses medos? É o que vamos saber neste estudo.

POR QUE ALGUNS NÃO SE BATIZAM?

Desafios que impedem alguns de se batizar

Insegurança (Veja os parágrafos 4 e 5.) *

4-5. Que desafios Avery e Hannah enfrentaram?

4 Insegurança. Veja o caso de um jovem chamado Avery. O pai e a mãe dele são Testemunhas de Jeová, e o pai de Avery é conhecido por ser um pai amoroso e um ótimo ancião. Mesmo assim, Avery tinha medo de se batizar. Por quê? Ele diz: “Eu achava que nunca ia ser tão bom como o meu pai.” Avery também não se achava capaz de cuidar de designações que poderia receber. “A ideia de fazer oração em público, de fazer discurso ou de dirigir uma saída de campo me deixava ansioso.”

5 Hannah, uma jovem de 18 anos, se sentia muito insegura. Apesar de ter crescido num lar cristão, Hannah achava que jamais poderia servir a Deus. Por quê? Ela tinha uma autoestima muito baixa. Às vezes, ela se sentia tão mal que se machucava de propósito. Mas isso só fazia Hannah se sentir pior. Ela fala: “Nunca contei para ninguém o que eu fazia, nem mesmo para os meus pais. Eu achava que Jeová nunca ia me querer como serva dele por causa do que eu estava fazendo.”

Influência dos amigos (Veja o parágrafo 6.) *

6. O que impedia Vanessa de se batizar?

6 Influência dos amigos. Vanessa, de 22 anos, diz: “Eu tinha uma melhor amiga, e a gente já se conhecia por quase dez anos.” Mas a amiga de Vanessa não era uma boa influência para ela. Vanessa sabia que, se quisesse se batizar, teria que cortar o contato com ela. Vanessa conta: “Para mim, é difícil fazer amizades. Por isso, eu tinha medo de acabar com a nossa amizade e nunca mais ter uma amiga como ela.”

Medo de cometer um erro grave (Veja o parágrafo 7) *

7. Do que Makayla tinha medo, e por quê?

7 Medo de cometer um erro grave. Uma jovem chamada Makayla tinha 5 anos quando seu irmão foi desassociado. Ela cresceu vendo os pais sofrer por causa da desassociação do irmão. Makayla diz: “Eu tinha medo de me batizar porque, se eu fizesse algo errado, poderia ser desassociada e deixar meus pais ainda mais tristes.”

Medo de oposição (Veja o parágrafo 8) *

8. Que medo Miles tinha?

8 Medo de oposição. O pai e a madrasta de um jovem chamado Miles são Testemunhas de Jeová, mas a mãe dele não. Ele conta: “Morei dezoito anos com minha mãe. E eu tinha medo de dizer para ela que eu queria me batizar. Eu já tinha visto a reação dela quando o meu pai se tornou Testemunha de Jeová. Por isso, fiquei com medo de que ela me causasse problemas.”

COMO VENCER OS DESAFIOS?

9. O que pode acontecer se você aprender mais sobre o amor e a paciência de Jeová?

9 Adão e Eva não amavam a Jeová de verdade. Por isso, escolheram não servir a ele. Apesar disso, Jeová permitiu que eles vivessem o suficiente para ter filhos e deixou que eles decidissem como criá-los. Mas logo ficou evidente que ser independente de Jeová tinha sido uma péssima escolha. O filho mais velho de Adão e Eva matou seu irmão mais novo, e a violência e o egoísmo tomaram conta da humanidade. (Gên. 4:8; 6:11-13) Mas Jeová encontrou uma forma de salvar todos os filhos de Adão e Eva que quisessem servir a ele. (João 6:38-40, 57, 58) Sem dúvida, Jeová é um Deus amoroso e paciente. E é bem provável que, quanto mais você aprender sobre o amor e a paciência de Jeová, mais você vai amá-lo. Isso vai motivar você a não querer ser como Adão e Eva, mas sim a dedicar sua vida a Jeová.

Como você pode vencer esses desafios

(Veja os parágrafos 9 e 10) *

10. Como o Salmo 19:7 pode ajudar você a se dedicar a Jeová?

10 Continue aprendendo sobre Jeová. Quanto mais você aprender sobre Jeová, mais vai se sentir confiante de que pode servir a ele. Avery, mencionado antes, diz: “O que me ajudou a ser mais confiante foi ler sobre a promessa que está no Salmo 19:7 e meditar nela.” Quando Avery viu como Jeová cumpre essas palavras, seu amor por Deus ficou mais forte. Mas além de nos ajudar a vencer a insegurança, o amor nos ajuda a nos concentrar em Jeová e no que ele espera de nós. Foi o que Hannah, já mencionada, percebeu. Ela diz: “Ler a Bíblia e fazer meu estudo pessoal me ajudou a entender que, quando eu me machucava de propósito, acabava magoando a Jeová.” (1 Ped. 5:7) Hannah começou a ser uma ‘cumpridora da palavra de Deus’, ou seja, a pôr em prática o que aprendia. (Tia. 1:22) Qual foi o resultado? Ela conta: “Quando eu percebi que obedecer a Jeová era bom para mim, eu comecei a amá-lo muito mais. Agora eu tenho certeza de que Jeová vai sempre me guiar quando eu precisar da ajuda dele.” Hannah conseguiu vencer o impulso de se machucar. Ela se dedicou a Jeová e se batizou.

(Veja o parágrafo 11) *

11. O que Vanessa fez para ter bons amigos, e o que aprendemos disso?

11 Escolha bem os seus amigos. Vanessa, mencionada antes, percebeu que aquela amizade só atrapalhava o progresso espiritual dela. Então, ela colocou um fim na amizade. E Vanessa fez mais do que isso. Ela se esforçou bastante para fazer novas amizades, mas dentro da congregação. Ela disse que o exemplo da família de Noé a ajudou nessa situação. Vanessa conta: “Eles estavam cercados por pessoas que não amavam a Jeová, mas tinham um ao outro.” Vanessa se batizou e se tornou pioneira. Ela diz: “Ser pioneira me ajudou a ter amigos não apenas na minha congregação, mas também em outras.” Isso pode acontecer com você também. Se estiver bem envolvido no trabalho que Jeová nos deu, poderá fazer grandes amizades. — Mat. 24:14.

(Veja os parágrafos 12 a 15) *

12. Que tipo de temor Adão e Eva não tiveram, e o que aconteceu por causa disso?

12 Tenha o tipo certo de medo. Alguns medos, ou temores, são bons para nós. Por exemplo, existe o temor de Deus, ou seja, o medo de desagradá-lo. (Sal. 111:10) Se Adão e Eva tivessem esse tipo de temor, não teriam se rebelado contra Jeová. Mas foi isso o que fizeram. E depois de se rebelarem, seus ‘olhos se abriram’ — eles perceberam que tinham se tornado pecadores. A única coisa que poderiam passar para seus filhos era o pecado e a morte. Quando entenderam em que situação estavam, Adão e Eva ficaram com vergonha da nudez e se cobriram. — Gên. 3:7, 21.

13-14. (a) De acordo com 1 Pedro 3:21, por que não precisamos ter um medo exagerado da morte? (b) Que motivos temos para amar a Jeová?

13 É verdade que temer a Jeová é importante. Mas não precisamos ter um medo exagerado de morrer. Jeová quer nos dar a vida eterna, e foi por isso que ele nos deu o resgate. Se cometermos um pecado, mas nos arrependermos de verdade e tivermos fé no resgate, Jeová vai nos perdoar. E como podemos mostrar essa fé? Um dos modos é por dedicar nossa vida a Deus e nos batizar. — Leia 1 Pedro 3:21.

14 Temos muitos motivos para amar a Jeová. Além de nos dar coisas boas todos os dias, Jeová nos ensina quem ele é e quais são seus objetivos. (João 8:31, 32) Jeová também nos dá a congregação para nos guiar e nos apoiar. Ele nos ajuda a enfrentar os problemas que temos hoje e promete que teremos uma vida eterna perfeita no futuro. (Sal. 68:19; Apo. 21:3, 4) Quando meditamos em tudo o que Jeová já fez para mostrar que nos ama, sentimos vontade de mostrar que o amamos também. E esse amor nos ajuda a ter o tipo certo de medo: o de magoar o Deus que tanto amamos.

15. O que ajudou Makayla a vencer o medo de cometer um erro grave?

15 Makayla, já citada, conseguiu vencer o medo de cometer um erro grave. O que a ajudou foi entender melhor como Jeová é perdoador. Ela diz: “Eu entendi que todos nós somos imperfeitos e vamos cometer erros. Mas também entendi que Jeová nos ama e usa o resgate para nos perdoar.” O amor por Jeová motivou Makayla a se dedicar e se batizar.

(Veja o parágrafo 16) *

16. O que ajudou Miles a vencer o medo de oposição?

16 Miles, o jovem que tinha medo de se batizar por causa da mãe, pediu conselhos ao superintendente de circuito. Esse superintendente também tinha sido criado num lar dividido — o pai dele era Testemunha de Jeová, mas a mãe, não. Miles diz: “O superintendente me ajudou a pensar no que eu poderia dizer para minha mãe. Eu tinha que mostrar para ela que eu ia me batizar porque eu queria, e não porque meu pai estava me obrigando.” A reação da mãe de Miles não foi muito boa. Com o tempo, Miles até precisou sair da casa dela. Mesmo assim, ele continuou firme com sua decisão. Miles fala: “Eu aprendi que Jeová fez muita coisa boa por mim, e isso tocou meu coração. Quando parei para pensar no sacrifício de resgate de Jesus, eu percebi como Jeová me ama. Foi por isso que decidi me dedicar a Jeová e me batizar.”

CONTINUE FIRME COM SUA DECISÃO

Podemos mostrar nossa gratidão por tudo o que Deus faz por nós (Veja o parágrafo 17)

17. Que oportunidade cada um de nós tem?

17 Quando Eva comeu o fruto da árvore lá no Éden, ela deu as costas para seu Pai. Quando Adão ficou do lado dela, ele mostrou que não tinha nenhuma gratidão por todas as coisas boas que Jeová tinha feito por ele. Mas cada um de nós tem a oportunidade de mostrar que não concorda nem um pouco com a decisão deles. Como? Por nos batizar. O batismo mostra que acreditamos que só Jeová tem a autoridade de dizer o que é certo ou errado para nós. É uma forma de provar que amamos e confiamos em nosso Pai, Jeová.

18. O que vai ajudar você a ser bem-sucedido ao servir a Jeová?

18 Depois do batismo, temos que viver cada dia seguindo os padrões de Jeová, e não os nossos. Isso pode ser um desafio, mas milhões de pessoas no mundo todo estão conseguindo. Você também consegue! Para isso, estude cada vez mais a Bíblia e esteja nas reuniões com suas irmãs e seus irmãos cristãos. Além disso, conte para outros tudo o que você aprendeu sobre seu amoroso Pai, Jeová. (Heb. 10:24, 25) E quando você precisar tomar uma decisão, escute os conselhos que Jeová dá por meio da Bíblia e da organização. (Isa. 30:21) Assim, tudo o que você fizer vai ser bem-sucedido. — Pro. 16:3, 20.

19. Do que você deve sempre se lembrar, e por quê?

19 Sempre se lembre: seguir as orientações de Jeová é para o seu próprio bem. Por fazer isso, você vai amar cada vez mais a Jeová e os padrões dele. Daí, nada que Satanás oferecer vai desviá-lo de Jeová. Tente se imaginar vivendo daqui a mil anos. Quando você olhar para trás, vai ter certeza de que o batismo foi a melhor decisão de sua vida!

CÂNTICO 28 Quem pode ser amigo de Jeová?

^ parágrafo 5 A decisão mais importante de sua vida é se você vai se batizar ou não. Por que ela é tão importante? Este estudo vai responder a essa pergunta. E se alguns medos estão impedindo você de se batizar, você vai aprender como vencê-los.

^ parágrafo 56 IMAGEM: Insegurança: Um jovem se sente inseguro para comentar.

^ parágrafo 58 IMAGEM: Amigos: Uma jovem Testemunha de Jeová está com uma má companhia e sente vergonha quando vê duas irmãs pregando.

^ parágrafo 60 IMAGEM: Erro grave: O irmão de uma jovem é desassociado e sai de casa. A jovem fica preocupada de cometer um erro como ele.

^ parágrafo 62 IMAGEM: Oposição: Um menino fica com medo de orar na frente de sua mãe descrente.

^ parágrafo 65 IMAGEM: Insegurança: Um jovem decide melhorar seu estudo pessoal.

^ parágrafo 67 IMAGEM: Amigos: Uma jovem aprende a ter orgulho de ser Testemunha de Jeová.

^ parágrafo 69 IMAGEM: Erro grave: Uma jovem aprende a amar a verdade e se batiza.

^ parágrafo 71 IMAGEM: Oposição: Um jovem toma coragem e explica suas crenças para sua mãe descrente.