Pular para conteúdo

Pular para sumário

“Até o Paraíso!”

“Até o Paraíso!”

“Você estará comigo no Paraíso.” — LUC. 23:43.

CÂNTICOS: 19 e 55

1, 2. Que ideias diferentes as pessoas têm sobre o paraíso?

DEPOIS de um congresso internacional em Seul, Coreia, os irmãos coreanos se juntaram para se despedir dos irmãos que vieram de outros países. Era emocionante ver muitos deles acenando e dizendo: “Até o Paraíso!” De que paraíso você acha que eles estavam falando?

2 Hoje existem muitas ideias diferentes sobre o que é um paraíso. Para alguns, paraíso é só um sonho. Para outros, paraíso é qualquer lugar onde eles se sintam felizes. Para um homem morrendo de fome, o paraíso é estar sentado em frente a uma mesa cheia de comida. Uma pessoa que vê uma paisagem bonita, como um vale cheio de flores, talvez diga: “Que paraíso!” E para você? O que é o Paraíso? Você acredita que ele vai existir?

3. Quando é que a Bíblia falou pela primeira vez do Paraíso?

3 A Bíblia fala de um paraíso que já existiu e de um que ainda vai existir. A primeira vez que ela fala do Paraíso é em Gênesis 2:8, que diz: “Jeová Deus plantou um jardim no Éden, no leste, e ali pôs o homem que havia formado.” A palavra hebraica “Éden” significa “prazer”. Sem dúvida, o jardim do Éden era um lugar muito agradável. Havia muita comida, cenários muito bonitos e paz entre humanos e animais. — Gên. 1:29-31.

4. Por que podemos dizer que o jardim do Éden era um paraíso?

4 Quando Gênesis foi traduzido do hebraico para o grego, a palavra grega usada para “jardim” foi parádeisos. De acordo com uma enciclopédia, * quando um grego ouvia a palavra parádeisos, a imagem que vinha na cabeça dele era esta: “Um parque amplo e aberto, cercado para impedir danos, mas com a sua beleza natural intacta. Um lugar com majestosas árvores da floresta, muitas delas dando frutos. Nesse parque, há várias correntes de águas límpidas, e em suas margens há grandes rebanhos de antílopes ou ovelhas.” (Veja também Gênesis 2:15, 16.) Essa descrição nos ajuda a ver que o jardim do Éden era mesmo um paraíso.

5, 6. Como Adão e Eva perderam o Paraíso, e que pergunta isso traz?

5 Deus colocou Adão e Eva em um paraíso como esse. Mas, infelizmente, eles tiveram que sair. Por quê? Porque desobedeceram a Deus e não tinham mais o direito de morar lá. Adão e Eva perderam o Paraíso e nós, descendentes deles, também. (Gên. 3:23, 24) O jardim ficou sem nenhum humano e, pelo visto, desapareceu no Dilúvio dos dias de Noé.

6 Isso traz uma pergunta: ‘Será que o Paraíso vai existir de novo na Terra?’ O que os fatos mostram? O que prova que a sua esperança de viver no Paraíso com seus amigos e parentes queridos é real? Sabe explicar por que temos certeza de que o Paraíso vai existir de novo?

COMO SABEMOS QUE VAI EXISTIR UM PARAÍSO NO FUTURO

7, 8. (a) Que promessa Deus fez para Abraão? (b) O que Abraão logicamente entendeu da promessa de Deus?

7 Se queremos informações sobre o Paraíso, a Bíblia é a melhor fonte. Afinal, ela vem de Deus, o criador do Paraíso. Pense no que Deus disse para seu amigo Abraão. Ele prometeu que Abraão teria tantos descendentes que eles seriam “como as estrelas dos céus e como os grãos de areia à beira do mar”. Daí, Jeová fez uma promessa especial: “Todas as nações da terra obterão para si uma bênção por meio do seu descendente, porque você escutou a minha voz.” (Gên. 22:17, 18) Mais tarde, Jeová repetiu essa promessa para o filho e para o neto de Abraão. — Gên. 26:4; 28:14.

8 Abraão não achava que os humanos iam receber sua recompensa final em um paraíso no céu. Nada na Bíblia indica que ele acreditava nisso. Assim, quando Deus prometeu que “todas as nações da terra” seriam abençoadas, ele logicamente entendeu que as bênçãos seriam na Terra. Mas essa não é a única indicação que a Bíblia dá sobre um paraíso na Terra.

9, 10. Que outras promessas nos dão base para acreditar em um paraíso no futuro?

9 Davi, que foi descendente de Abraão, falou de um tempo no futuro em que “os maus deixarão de existir”. (Sal. 37:1, 2, 10) Quando essa época chegar, “os mansos possuirão a terra e terão grande alegria na abundância de paz”. Deus também inspirou Davi a escrever: “Os justos possuirão a terra e viverão nela para sempre.” (Sal. 37:11, 29; 2 Sam. 23:2) Essas promessas davam uma garantia animadora para os que serviam a Deus. Eles tinham base para acreditar que, num mundo só com pessoas justas, a Terra com o tempo voltaria a ser um paraíso, assim como era o jardim do Éden.

10 Com o tempo, muitos israelitas abandonaram a Jeová e a adoração verdadeira. Então, Deus deixou os babilônios invadir Judá, destruir o país e levar muitos dos israelitas como prisioneiros. (2 Crô. 36:15-21; Jer. 4:22-27) Mas os profetas de Deus predisseram que os israelitas voltariam para sua terra depois de setenta anos. Essas profecias já se cumpriram, mas elas também são importantes para nós hoje. Vamos estudar algumas delas e ver como nos dão motivos para acreditar que o Paraíso vai existir de novo na Terra.

11. Quando foi o primeiro cumprimento de Isaías 11:6-9, e que pergunta surge?

11 Leia Isaías 11:9.(Isa. 11:6-9) Por meio de Isaías, Deus prometeu que os israelitas voltariam para sua terra sem se preocuparem com nenhum perigo. Eles não precisariam ter medo de animais selvagens nem de pessoas que quisessem atacá-los. Tanto os jovens quanto os idosos se sentiriam seguros. Isso nos faz lembrar da paz que existia lá no jardim do Éden. (Isa. 51:3) A profecia de Isaías também diz que a Terra inteira — e não apenas a nação de Israel — ficaria “cheia do conhecimento de Jeová, assim como as águas cobrem o mar”. Mas surge uma pergunta: quando essa parte da profecia vai se cumprir?

12. (a) Que bênçãos os israelitas que voltaram de Babilônia receberam? (b) O que indica que Isaías 35:5-10 também vai se cumprir no futuro?

12 Leia Isaías 35:5, 6. (Isa. 35:5-10) Isaías repetiu que os israelitas que voltariam de Babilônia não seriam atacados por animais nem humanos. O país produziria bastante alimento porque teria muitas fontes de água, assim como era o jardim do Éden. (Gên. 2:10-14; Jer. 31:12) Mas será que essa profecia se cumpriu só naquela época? Bem, a profecia disse que cegos, surdos e mancos seriam curados. Mas nada indica que isso tenha acontecido com os israelitas que voltaram de Babilônia. Assim, Deus estava indicando que essas curas iriam acontecer no futuro.

13, 14. Como Isaías 65:21-23 se cumpriu com os judeus que voltaram de Babilônia, e que parte da profecia ainda vai se cumprir? (Veja o desenho no começo do estudo.)

13 Leia Isaías 65:22. (Isa. 65:22) Os judeus que voltaram de Babilônia não encontraram casas confortáveis nem vinhedos e campos já prontos para a colheita. Mas, com as bênçãos de Deus, a situação mudou. Imagine como eles ficaram felizes de morar nas casas que eles mesmos construíram e de comer os frutos de suas próprias plantações!

14 Note que essa profecia diz que os dias de uma pessoa “serão como os dias de uma árvore”. Algumas árvores vivem milhares de anos. Para viverem tanto assim, os humanos teriam que ter boa saúde. E se eles pudessem viver no mundo pacífico e bonito que Isaías predisse, aí sim seria um sonho virando realidade: um paraíso! E essa profecia ainda vai se cumprir!

Como a promessa que Jesus fez sobre o Paraíso vai se cumprir? (Veja os parágrafos 15 e 16.)

15. Que bênçãos preditas por Isaías indicam um paraíso no futuro?

15 Pense nisto: pessoas na Terra inteira serão abençoadas por Deus. Ninguém mais vai ter medo de animais nem de pessoas violentas. Cegos, surdos e mancos serão curados. As pessoas vão construir suas próprias casas e produzir a própria comida. Elas vão viver bem mais que as árvores. Tudo isso indica que um paraíso assim vai vir no futuro. Mas alguns afirmam que nós damos a essas profecias um sentido que elas não têm. Como você responderia a isso? Que bons motivos você tem para esperar um paraíso na Terra? O próprio Jesus deu um bom motivo quando esteve na Terra.

VOCÊ VAI ESTAR NO PARAÍSO!

16, 17. Em que ocasião Jesus falou sobre o Paraíso?

16 Embora fosse inocente, Jesus foi condenado a morrer numa estaca de tortura. Ele ficou entre dois criminosos judeus. Antes de morrer, um deles percebeu que Jesus era um rei e pediu: “Jesus, lembre-se de mim quando entrar no seu Reino.” (Luc. 23:39-42) A resposta de Jesus tem muito a ver com o nosso futuro. Ela está em Lucas 23:43. Alguns eruditos traduzem esse versículo colocando dois-pontos antes da palavra “hoje”. O versículo fica assim: “Em verdade, eu lhe digo: hoje você estará no Paraíso comigo.” Mas qual é o lugar certo para os dois-pontos? O que Jesus queria realmente dizer?

17 Para deixar mais claro o sentido de uma frase, muitos idiomas modernos usam pontuações. Só que os manuscritos gregos mais antigos nem sempre faziam isso. Então, fica a dúvida. Será que Jesus queria dizer: “Eu lhe digo: Hoje você estará comigo no Paraíso”? Ou queria dizer: “Eu lhe digo hoje: Você estará comigo no Paraíso”? Os tradutores colocam os dois-pontos antes ou depois do “hoje”, dependendo de como eles entendem as palavras de Jesus. E nas traduções de hoje você vai encontrar as duas versões.

18, 19. O que nos ajuda a entender o que Jesus realmente queria dizer com “hoje”?

18 Mas lembre do que Jesus tinha dito antes para seus discípulos: “O Filho do Homem estará três dias e três noites no coração da terra.” Ele disse também: “O Filho do Homem será entregue às mãos dos homens, e eles o matarão, e no terceiro dia ele será levantado.” (Mat. 12:40; 16:21; 17:22, 23; Mar. 10:34) O apóstolo Pedro foi testemunha de que tudo isso realmente aconteceu. (Atos 10:39, 40) Isso mostra que Jesus e o criminoso não foram para o Paraíso no dia em que eles morreram. Jesus ficou “na Sepultura” e no terceiro dia Jeová o ressuscitou. — Atos 2:31, 32. *

19 Isso nos ajuda a entender que a promessa de Jesus começou com as palavras: “Na verdade, eu lhe digo hoje.” Falar assim já era comum na época de Moisés. Uma vez, ele disse: “Estas palavras que hoje lhe ordeno devem estar no seu coração.” — Deut. 6:6; 7:11; 8:1, 19; 30:15.

20. Que outras provas temos de que nosso modo de entender as palavras de Jesus é o certo?

20 Um tradutor da Bíblia do Oriente Médio disse sobre a resposta de Jesus: “A ênfase está na palavra ‘hoje’. O texto deve ser lido assim: ‘Em verdade, eu te digo hoje: Tu estarás comigo no Paraíso.’ A promessa foi feita naquele dia e se cumpriria mais tarde. Essa é uma característica do modo de falar dos povos do Oriente. Ela indica que a promessa foi feita em certo dia e sem dúvida seria cumprida.” É por isso que um manuscrito em siríaco produzido entre os anos 400 e 500 traduz as palavras de Jesus assim: “Amém, eu digo a ti hoje que comigo tu estarás no Jardim do Éden.” Essa é uma promessa que encoraja a todos nós, não acha?

21. O paraíso que Jesus falou para o criminoso era no céu? Explique.

21 O Paraíso que Jesus falou para o criminoso não era no céu. Como sabemos isso? Primeiro, o criminoso nem mesmo sabia que Jesus tinha feito um pacto com os apóstolos fiéis e dado a eles a chance de serem reis no céu. (Luc. 22:29) Além disso, o criminoso não tinha sido batizado com espírito santo. (João 3:3-6, 12) Isso indica que Jesus estava falando de um paraíso na Terra. Anos mais tarde, o apóstolo Paulo contou a visão de um homem que foi “arrebatado para o paraíso”. (2 Cor. 12:1-4) Apesar de Paulo e os outros apóstolos fiéis terem sido escolhidos para reinar com Jesus no céu, Paulo estava falando de um paraíso no futuro. * Mas onde seria esse paraíso? Será que inclui a Terra? Será que você pode estar nele?

O QUE VOCÊ PODE ESPERAR

22, 23. O que você pode esperar para o futuro?

22 Lembre-se que Davi falou do tempo em que os justos  possuirão a terra”. (Sal. 37:29; 2 Ped. 3:13) Davi estava se referindo a uma época em que todas as pessoas na Terra vão obedecer a Deus. A profecia em Isaías 65:22 diz: “Os dias do meu povo serão como os dias de uma árvore.” Ela indica que as pessoas vão viver milhares de anos. Será que você pode esperar que isso aconteça? Sem dúvida! De acordo com Apocalipse 21:1-4, Deus vai voltar sua atenção para a humanidade. E uma das bênçãos que ele promete para seus servos fiéis é que “não haverá mais morte” no novo mundo.

23 Agora já vemos o quadro completo. Adão e Eva perderam o Paraíso, mas ele vai voltar a existir na Terra inteira. Como Deus prometeu, as nações da Terra vão ser abençoadas. Davi predisse que os mansos e justos vão possuir a Terra e viver nela para sempre. E as profecias no livro de Isaías nos dão um gostinho de como será a vida no Paraíso. Quando tudo isso vai acontecer? Quando as palavras de Jesus para o criminoso se cumprirem. Você pode estar nesse Paraíso também. Quando esse dia chegar, não vamos mais precisar dizer: “Até o Paraíso!” — nós já estaremos nele!

^ parágrafo 4 Cyclopaedia of Biblical, Theological, and Ecclesiastical Literature, de M’Clintock e Strong.

^ parágrafo 18 O professor de teologia Marvin Pate escreveu: “Geralmente, muitos entendem que a palavra ‘hoje’ se refere a um período de 24 horas. O problema desse ponto de vista é que ele obviamente entra em conflito com o ensino bíblico que sugere que Jesus primeiro ‘desceu’ ao hades [Sepultura] quando morreu (Mat. 12:40; Atos 2:31; Rom. 10:7) e só depois subiu ao céu.”

^ parágrafo 21 Veja “Perguntas dos Leitores” nesta revista.