Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Língua brasileira de sinais

A Bíblia — Qual É a Sua Mensagem?

SEÇÃO 9

Os israelitas pedem um rei

Os israelitas pedem um rei

O primeiro rei de Israel, Saul, foi desobediente. Foi sucedido por Davi, com quem Deus fizera um pacto para um reino eterno

DEPOIS dos dias de Sansão, Samuel serviu como profeta e juiz em Israel. Os israelitas insistiam em lhe dizer que desejavam ser como outras nações e ter um rei humano sobre eles. Embora esse pedido fosse uma afronta a Jeová, ele disse a Samuel que o atendesse. Deus selecionou um homem humilde chamado Saul para ser rei. Com o tempo, no entanto, o Rei Saul tornou-se arrogante e desobediente. Jeová rejeitou-o como rei e disse a Samuel para designar outro — um jovem chamado Davi. Contudo, levaria anos até que Davi se tornasse rei.

Provavelmente quando ainda era adolescente, Davi visitou seus irmãos que serviam no exército de Saul. O exército inteiro estava aterrorizado com um guerreiro inimigo, um gigante chamado Golias, que insultava a eles e a seu Deus. Indignado, Davi aceitou o desafio do gigante de lutar contra ele. Armado com apenas uma funda e algumas pedras, o jovem foi ao encontro de seu oponente, de quase três metros de altura. Quando Golias zombou de Davi, este replicou que estava mais bem armado do que esse gigante, pois lutava em nome de Jeová Deus. Davi derrubou Golias com uma única pedra e, em seguida, cortou a cabeça dele com a própria espada desse gigante. O exército filisteu fugiu aterrorizado.

Primeiro, Saul ficou impressionado com a coragem de Davi e o nomeou comandante de seu exército. Mas o sucesso de Davi provocou em Saul um ciúme exagerado. Davi teve de fugir para salvar a vida e viver como fugitivo por anos. Apesar disso, Davi permaneceu leal ao rei que tentava matá-lo, raciocinando que o Rei Saul havia sido designado por Jeová Deus. Por fim, Saul morreu em batalha. Pouco tempo depois, Davi tornou-se rei, conforme Jeová havia prometido.

“Eu hei de estabelecer firmemente o trono do seu reino por tempo indefinido.” — 2 Samuel 7:13

Como rei, Davi desejava muito construir um templo para Jeová. No entanto, Deus disse a Davi que um de seus descendentes faria isso. Esse descendente veio a ser seu filho Salomão. Não obstante, Deus recompensou Davi fazendo com ele um emocionante pacto: sua linhagem produziria uma dinastia diferente de qualquer outra. Por fim, ela produziria o Libertador, ou Descendente, prometido no Éden. Esse seria o Messias, que significa “Ungido”, designado por Deus. Jeová prometeu que o Messias seria o Governante de um governo, ou Reino, que duraria para sempre.

Profundamente grato, Davi reuniu grande quantidade de materiais e metais preciosos para a construção do templo. Ele também compôs muitos salmos inspirados. Perto do fim de sua vida, Davi reconheceu: “Foi o espírito de Jeová que falou por meu intermédio, e a sua palavra estava na minha língua.” — 2 Samuel 23:2.

— Baseado em 1 Samuel; 2 Samuel; 1 Crônicas; Isaías 9:7; Mateus 21:9; Lucas 1:32; João 7:42.