Pular para conteúdo

Pular para sumário

 HISTÓRIA 53

Jeoiada foi corajoso

Jeoiada foi corajoso

Jezabel teve uma filha chamada Atalia. Atalia era muito má, igual à mãe, e se casou com o rei de Judá. Quando ele morreu, o filho de Atalia se tornou o rei. Mas o filho dela também morreu. Aí, Atalia decidiu ser a rainha de Judá. Para isso, ela matou todos os que tinham o direito de ser rei, até os próprios netos. Todo mundo tinha medo dela.

Jeoiada, o sumo sacerdote, e sua esposa Jeoseba sabiam que tudo aquilo que Atalia estava fazendo era errado. Então, eles foram muito corajosos. Eles esconderam no templo um dos netos de Atalia, um bebê chamado Jeoás, e ficaram cuidando dele.

Quando Jeoás tinha 7 anos, Jeoiada reuniu todos os homens importantes de Judá e disse:

— Fiquem de olho nas portas do templo e não deixem ninguém entrar.

Então, Jeoiada fez de Jeoás o novo rei de Judá e colocou uma coroa na cabeça dele. O povo de Judá gritou:

— Viva o rei!

A rainha Atalia ouviu o povo gritando e correu para o templo. Quando viu o novo rei, ela começou a gritar:

— Seus traidores! Seus traidores!

Aí, alguns homens levaram Atalia para fora do templo e a mataram. O reino de Judá finalmente estava livre daquela rainha má, mas não das coisas ruins que ela tinha feito. O que Jeoiada ia fazer?

Jeoiada e todo o povo prometeram que iam adorar apenas a Jeová. Daí, eles destruíram o templo de Baal e todas as imagens. Depois disso, Jeoiada escolheu sacerdotes, levitas e porteiros para trabalhar no templo de Jeová. Assim, o povo poderia novamente adorar a Jeová do jeito certo. Daí, Jeoiada e outros homens levaram Jeoás para o palácio e o colocaram no trono. Todo o povo de Judá ficou muito feliz. Agora, eles podiam servir a Jeová sem Atalia e sem a adoração de Baal para atrapalhar. Viu só? A coragem de Jeoiada ajudou muita gente!

“Não fiquem com medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma; em vez disso, temam aquele que pode destruir na Geena tanto a alma como o corpo.” — Mateus 10:28