Pular para conteúdo

Pular para sumário

 HISTÓRIA 101

Paulo viaja para Roma

Paulo viaja para Roma

A terceira viagem de pregação de Paulo terminou em Jerusalém. Lá, ele foi preso e jogado numa cela. Numa noite, Jesus apareceu para Paulo numa visão e disse:

— Você vai para Roma e vai pregar lá.

Paulo foi levado de Jerusalém para Cesareia, e ficou preso lá por dois anos. Quando estava sendo julgado pelo governador Festo, Paulo pediu:

— Eu quero ser julgado por César em Roma.

Festo concordou, e Paulo foi colocado em um navio que ia para Roma. Dois outros amigos de Paulo, chamados Lucas e Aristarco, foram com ele.

Durante a viagem, caiu uma tempestade bem forte que durou muitos dias. Todo mundo no navio achou que ia morrer! Mas Paulo disse:

— Homens, coragem! A gente não vai morrer! Um anjo me disse num sonho: “Não tenha medo, Paulo. Você vai chegar em Roma, e todo mundo que está no navio com você vai se salvar.”

A tempestade continuou bem forte por 14 dias. Daí, os homens no navio conseguiram ver uma ilha e decidiram ir para lá. Era a ilha de Malta. Chegando na praia, o navio encalhou e se quebrou todo, mas todos os 276 passageiros se salvaram. Alguns foram nadando até a ilha, e outros chegaram lá segurando em pedaços do navio. Quando todos chegaram, o povo de Malta cuidou deles e acendeu uma fogueira para eles se aquecerem.

Três meses depois, os soldados levaram Paulo para Roma em outro navio. Quando Paulo chegou em Roma, os irmãos foram se encontrar com ele. Ao ver os irmãos chegando, Paulo agradeceu a Jeová e ficou com mais coragem. Mesmo sendo um prisioneiro, Paulo podia morar numa casa alugada, mas com um soldado para vigiá-lo. Ele ficou lá por dois anos. Quando as pessoas iam ver Paulo, ele falava sobre o Reino de Deus e sobre Jesus. Ele também escreveu cartas para as congregações que ficavam na Ásia Menor e na Judeia. A história de Paulo nos ensina que Jeová o usou para levar as boas novas para pessoas de muitos lugares.

“Nós nos recomendamos de todos os modos como ministros de Deus, por perseverar em muitas provações, em tribulações, em tempos de privações, em dificuldades.” — 2 Coríntios 6:4