O que a Bíblia diz sobre o aborto?

O que a Bíblia diz sobre o aborto?

A resposta da Bíblia

É verdade que a Bíblia não usa a palavra “aborto” no sentido de tirar de propósito a vida de um bebê que ainda não nasceu. Mas muitos textos bíblicos nos ajudam a entender o ponto de vista de Deus sobre a vida humana, incluindo a de um bebê na barriga da mãe.

A vida é um presente de Deus. (Gênesis 9:6; Salmo 36:9) Toda vida humana é muito importante para ele, até mesmo a de um bebê na barriga da mãe. Por isso, tirar de propósito a vida de um bebê que ainda não nasceu é o mesmo que assassinato.

A Lei que Deus deu aos israelitas dizia: “Se homens brigarem e ferirem uma mulher grávida, e ela der à luz prematuramente, mas não houver um acidente fatal, aquele que causou o acidente pagará a indenização imposta pelo marido da mulher; ele a pagará por meio dos juízes. Mas, se houver um acidente fatal, se dará vida por vida.” — Êxodo 21:22, 23. *

 Quando a vida humana começa?

Do ponto de vista de Deus, a vida humana começa na concepção, ou seja, no momento em que a mulher fica grávida. Várias partes da Bíblia mostram que, para Deus, um bebê na barriga da mãe já é uma vida e uma nova pessoa. Vamos ver alguns exemplos que deixam claro que, para Deus, a vida de um bebê na barriga da mãe é igual à vida de um bebê que já nasceu.

  • Por inspiração divina, o rei Davi disse a Deus: “Teus olhos até mesmo me viram quando eu era um embrião.” (Salmo 139:16) Deus já considerava Davi como uma pessoa mesmo antes de ele nascer.

  • Antes de o profeta Jeremias nascer, Deus já tinha planos de dar a ele uma designação especial. Deus disse a Jeremias: “Antes de formá-lo no ventre da sua mãe, eu já conhecia você; e, antes de você nascer, eu o santifiquei. Eu o fiz profeta para as nações.” — Jeremias 1:5.

  • Lucas, um dos escritores da Bíblia, era médico e usou a mesma palavra grega para descrever tanto um bebê na barriga da mãe como um bebê que já tinha nascido. — Lucas 1:41; 2:12, 16.

 Será que Deus perdoa quem já fez um aborto?

Quem já fez um aborto pode ser perdoado por Deus. Se a pessoa agora aceita o ponto de vista de Deus sobre a vida, ela não precisa mais ficar se culpando pelo que fez. “Jeová é misericordioso e compassivo . . . Tão longe como o nascente é do poente, tão longe ele põe de nós as nossas transgressões.” * (Salmo 103:8-12) Jeová perdoa todos os que sinceramente se arrependem dos pecados que cometeram no passado, até mesmo um aborto. — Salmo 86:5.

 E se a vida da mãe ou do bebê estiver em risco?

De acordo com o que a Bíblia diz sobre a vida de um bebê ainda na barriga da mãe, é errado fazer um aborto mesmo quando há um possível risco para a saúde da mãe ou do bebê.

Podem acontecer algumas situações raras de emergência em que seja necessário decidir entre a vida da mãe ou a do bebê. Nesses casos, as pessoas envolvidas terão que decidir qual vida salvar.

^ parágrafo 5 Algumas traduções da Bíblia dão a entender que, nessa lei, o mais importante era a vida da mãe, e não a do bebê. Mas o texto original, em hebraico, se refere à morte de qualquer um dos dois: da mãe ou do bebê.

^ parágrafo 15 De acordo com a Bíblia, o nome de Deus é Jeová. — Salmo 83:18.