Jeremias 29:1-32

  • Carta de Jeremias aos exilados em Babilônia (1-23)

    • Israel voltará após 70 anos (10)

  • Mensagem a Semaías (24-32)

29  Estas são as palavras da carta que o profeta Jeremias enviou de Jerusalém aos anciãos que restaram entre o povo exilado, aos sacerdotes, aos profetas e a todo o povo, a quem Nabucodonosor havia levado de Jerusalém para o exílio em Babilônia,  depois de o rei Jeconias,+ a rainha-mãe,*+ os oficiais da corte, os príncipes de Judá e de Jerusalém, os artesãos e os trabalhadores em metal* terem saído de Jerusalém.+  Ele enviou a carta pelas mãos de Elasa, filho de Safã,+ e de Gemarias, filho de Hilquias, os quais Zedequias,+ rei de Judá, enviou a Babilônia, a Nabucodonosor, rei de Babilônia. Ela dizia:  “Assim diz Jeová dos exércitos, o Deus de Israel, a todo o povo exilado, que fiz ser levado de Jerusalém para o exílio em Babilônia:  ‘Construam casas e morem nelas. Plantem pomares e comam os seus frutos.  Tomem esposas e tenham filhos e filhas; tomem esposas para os seus filhos, e deem as suas filhas em casamento, para que elas também tenham filhos e filhas. Tornem-se muitos, e não diminuam em número.  Empenhem-se pela paz da cidade para onde os exilei, e orem a Jeová a favor dela, pois a paz dela significará paz para vocês.+  Pois assim diz Jeová dos exércitos, o Deus de Israel: “Não se deixem enganar pelos seus profetas e pelos seus adivinhos,+ que estão entre vocês, nem deem ouvidos aos sonhos que eles estão tendo.  Pois ‘eles estão profetizando mentiras para vocês em meu nome. Eu não os enviei’,+ diz Jeová.”’” 10  “Pois assim diz Jeová: ‘Quando se completarem 70 anos em Babilônia, voltarei a minha atenção para vocês+ e cumprirei a minha promessa, trazendo-os de volta para cá.’+ 11  “‘Pois eu sei muito bem o que tenho em mente para vocês’, diz Jeová. ‘Quero que tenham paz, não calamidade.+ Quero dar a vocês um futuro e uma esperança.+ 12  E vocês me chamarão e virão a mim em oração, e eu vou escutá-los.’+ 13  “‘Vocês me procurarão e me acharão,+ pois me buscarão de todo o coração.+ 14  E eu deixarei que vocês me achem’,+ diz Jeová. ‘E vou ajuntar o seu povo cativo e reunir vocês dentre todas as nações e lugares aos quais os espalhei’,+ diz Jeová. ‘E vou trazê-los de volta ao lugar de onde os exilei.’+ 15  “Mas vocês dizem: ‘Jeová fez surgir para nós profetas em Babilônia.’ 16  “Portanto, assim diz Jeová ao rei que está sentado no trono de Davi+ e a todo o povo que mora nesta cidade, seus irmãos que não foram com vocês para o exílio: 17  ‘Assim diz Jeová dos exércitos: “Estou enviando contra eles a espada, a fome e a peste,*+ e vou fazer com que fiquem como figos podres,* tão ruins que nem podem ser comidos.”’+ 18  “‘Vou persegui-los com a espada,+ a fome e a peste, e vou fazer deles um motivo de terror para todos os reinos da terra,+ um exemplo de maldição, um motivo de espanto, um alvo de assobios+ e de insultos entre todas as nações por onde eu os espalhar,+ 19  visto que não escutaram as minhas palavras’, diz Jeová, ‘que lhes enviei por meio dos meus servos, os profetas; eu os enviava vez após vez’.*+ “‘Mas vocês não escutaram’,+ diz Jeová. 20  “Por isso, ouçam a palavra de Jeová, todos vocês, povo exilado, que mandei embora de Jerusalém para Babilônia. 21  Assim diz Jeová dos exércitos, o Deus de Israel, a respeito de Acabe, filho de Colaías, e a respeito de Zedequias, filho de Maaseias, os quais profetizam mentiras para vocês em meu nome:+ ‘Vou entregá-los nas mãos de Nabucodonosor,* rei de Babilônia, e ele os matará diante dos seus olhos. 22  E o que acontecer com eles passará a ser usado como uma maldição por todos os exilados de Judá que estão em Babilônia: “Que Jeová faça com você o mesmo que aconteceu com Zedequias e Acabe, os quais o rei de Babilônia assou no fogo!” 23  Pois eles agiram de modo vergonhoso em Israel,+ cometendo adultério com a esposa do próximo e falando em meu nome mentiras, que não ordenei que falassem.+ “‘“Eu sei e sou testemunha disso”,+ diz Jeová.’” 24  “E a Semaías+ de Neelão você dirá: 25  ‘Assim diz Jeová dos exércitos, o Deus de Israel: “Visto que você enviou a todo o povo que está em Jerusalém, ao sacerdote Sofonias,+ filho de Maaseias, e a todos os sacerdotes, cartas em seu nome, que diziam: 26  ‘Jeová designou você como sacerdote no lugar do sacerdote Jeoiada, para ser o superintendente da casa de Jeová, para vigiar qualquer louco que se comportar como profeta e o mandar para o tronco.*+ 27  Então, por que você não repreendeu Jeremias de Anatote,+ que se comporta como profeta para vocês?+ 28  Pois ele até mesmo mandou dizer a nós em Babilônia: “Vocês ficarão aí por muito tempo! Construam casas e morem nelas. Plantem pomares e comam os seus frutos,+ . . .”’”’” 29  Quando o sacerdote Sofonias+ leu esta carta na presença do profeta Jeremias, 30  Jeremias recebeu a seguinte palavra de Jeová: 31  “Mande dizer a todo o povo exilado: ‘Assim diz Jeová a respeito de Semaías de Neelão: “Visto que Semaías profetizou para vocês sem que eu o tivesse enviado, e tentou fazê-los acreditar em mentiras,+ 32  assim diz Jeová: ‘Estou voltando a minha atenção para Semaías de Neelão e seus descendentes. Ninguém da sua família sobreviverá entre este povo, e ele não verá as coisas boas que vou fazer para o meu povo’, diz Jeová, ‘pois ele instigou rebelião contra Jeová’.”’”

Notas de rodapé

Ou: “a senhora”.
Ou, possivelmente: “construtores de fortificações”.
Ou: “doença”.
Ou, possivelmente: “rompidos”.
Lit.: “os profetas; levantando cedo e enviando”.
Lit.: “Nabucodorosor”, grafia variante.
Lit.: “para o cepo e para o tronco”.