Ezequiel 30:1-26

  • Profecia contra o Egito (1-19)

    • Predito o ataque de Nabucodonosor (10)

  • Poder de Faraó será quebrado (20-26)

30  Então recebi novamente a palavra de Jeová:  “Filho do homem, profetize o seguinte: ‘Assim diz o Soberano Senhor Jeová: “Lamentem, dizendo: ‘Ai, está chegando o dia!’   Pois o dia está próximo, sim, o dia de Jeová está próximo.+ Será um dia de nuvens,+ um tempo determinado para as nações.+   Uma espada virá contra o Egito, e o pânico tomará conta da Etiópia quando os mortos caírem no Egito,Quando sua riqueza for tomada e seus alicerces forem destruídos.+   Etiópia,+ Pute,+ Lude e todos os diferentes povos entre eles,*Também Cube e os filhos da terra do pacto,*Todos eles cairão à espada.”’   Assim diz Jeová: ‘Os apoiadores do Egito também cairão,E seu poder arrogante será rebaixado.’+ “‘Desde Migdol+ até Siene+ eles cairão à espada naquela terra’, diz o Soberano Senhor Jeová.  ‘Eles serão a mais desolada das terras, e suas cidades serão as mais devastadas das cidades.+  Eles terão de saber que eu sou Jeová quando eu puser fogo no Egito e todos os que o apoiam forem esmagados.  Naquele dia enviarei mensageiros em navios para fazer tremer a autoconfiante Etiópia; o pânico tomará conta deles no dia que está chegando para o Egito, pois o dia certamente vai chegar.’ 10  “Assim diz o Soberano Senhor Jeová: ‘Porei fim às multidões do Egito pelas mãos de Nabucodonosor,* rei de Babilônia.+ 11  Ele e suas tropas, a mais cruel das nações,+ serão trazidos para destruir o país. Eles puxarão suas espadas contra o Egito e encherão o país de mortos.+ 12  Vou transformar os canais do Nilo+ em terra seca e vou entregar* o país nas mãos de homens perversos. Vou fazer com que o país e tudo que há nele sejam desolados pelas mãos de estrangeiros.+ Eu, Jeová, é que falei.’ 13  “Assim diz o Soberano Senhor Jeová: ‘Destruirei também os ídolos repugnantes* e porei fim aos deuses de Nofe,*+ que nada valem. Não haverá mais nenhum príncipe* procedente da terra do Egito, e porei medo na terra do Egito.+ 14  Desolarei Patros,+ porei fogo em Zoã e executarei o julgamento em Nô.*+ 15  Derramarei meu furor sobre Sim, a fortaleza do Egito, e destruirei a população de Nô. 16  Porei fogo no Egito; o terror tomará conta de Sim, abrirão brechas em Nô, e Nofe* será atacada em pleno dia! 17  Os jovens de Om* e de Pi-Besete cairão à espada, e os habitantes das cidades irão para o cativeiro. 18  O dia ficará escuro em Tafnes quando eu quebrar ali o jugo do Egito.+ Seu poder arrogante chegará ao fim,+ ela ficará coberta de nuvens, e os habitantes das suas cidades irão para o cativeiro.+ 19  Executarei o julgamento contra o Egito, e eles terão de saber que eu sou Jeová.’” 20  E no décimo primeiro ano, no primeiro mês, no dia sete do mês, recebi a seguinte palavra de Jeová: 21  “Filho do homem, quebrei o braço de Faraó, rei do Egito; ele não será tratado para que sare, nem será enfaixado com ataduras a fim de ficar forte o bastante para usar a espada.” 22  “Portanto, assim diz o Soberano Senhor Jeová: ‘Eu estou contra Faraó, rei do Egito;+ vou quebrar-lhe os braços, tanto o bom como o já quebrado,+ e vou fazer a espada cair da mão dele.+ 23  Então vou espalhar os egípcios pelas nações e dispersá-los pelas terras.+ 24  Fortalecerei os braços* do rei de Babilônia+ e porei a minha espada na mão dele.+ Vou quebrar os braços de Faraó, e este gemerá alto diante dele,* como um homem que está morrendo. 25  Fortalecerei os braços do rei de Babilônia, mas os braços de Faraó ficarão caídos; e eles terão de saber que eu sou Jeová quando eu puser a minha espada na mão do rei de Babilônia, e ele a usar contra a terra do Egito.+ 26  Vou espalhar os egípcios pelas nações e dispersá-los pelas terras,+ e eles terão de saber que eu sou Jeová.’”

Notas de rodapé

Ou: “todos os de outras nações”.
Talvez se refira a israelitas que se aliaram ao Egito.
Lit.: “Nabucodorosor”, grafia variante.
Lit.: “vender”.
O termo hebraico talvez esteja relacionado a uma palavra para “esterco” e é usado como expressão de desprezo.
Ou: “Mênfis”.
Ou: “maioral”.
Isto é, Tebes.
Ou: “Mênfis”.
Isto é, Heliópolis.
Ou: “Aumentarei o poder”.
Isto é, diante do rei de Babilônia.