Provérbios 8:1-36

  • A sabedoria personificada fala (1-36)

    • ‘Sou a primeira das obras de Deus’ (22)

    • ‘Estava ao lado de Deus como trabalhador perito’ (30)

    • ‘Minha alegria eram os filhos dos homens’ (31)

8  A sabedoria não está clamando? O discernimento não está erguendo a sua voz?+   Nos lugares altos+ ao longo do caminho,Nos cruzamentos das estradas, ela toma sua posição.   Junto aos portões que dão para a cidade,Na entrada dos portões,Ela continua a gritar bem alto:+   “Estou chamando a vocês, ó povo;A todos* ergo a minha voz.   Inexperientes, aprendam a ser prudentes;+Tolos, adquiram um coração sábio.*   Escutem, pois o que eu digo é importante,Meus lábios falam o que é certo.   Minha boca fala a verdade em voz baixa,E meus lábios detestam o que é mau.   Todas as declarações da minha boca são justas. Nenhuma delas é deturpada ou enganosa.   Todas elas são claras para quem tem discernimentoE corretas para os que encontraram conhecimento. 10  Aceitem a minha disciplina em vez de prata,E o conhecimento em lugar do ouro da melhor qualidade,+ 11  Pois a sabedoria é melhor do que corais;*Nenhuma outra coisa preciosa pode se comparar a ela. 12  Eu, a sabedoria, moro com a prudência;Encontrei conhecimento e raciocínio.+ 13  O temor de Jeová significa odiar o mal.+ Eu odeio a arrogância, o orgulho,+ o caminho mau e declarações perversas.+ 14  Tenho bons conselhos e sabedoria prática.+O entendimento+ e o poder+ pertencem a mim. 15  Por meio de mim os reis governam,E as autoridades decretam leis justas.+ 16  Por meio de mim os príncipes governam,E os nobres julgam com justiça. 17  Eu amo os que me amam,E os que me procuram me acharão.+ 18  Comigo há coisas valiosas e glória,Riquezas permanentes* e justiça. 19  Meu fruto é melhor do que o ouro, sim, do que o ouro refinado,E o que eu produzo é melhor do que a prata da melhor qualidade.+ 20  Eu ando na vereda da retidão,No meio dos caminhos da justiça; 21  Dou uma valiosa herança aos que me amam,E encho os seus depósitos. 22  Jeová me produziu como o princípio do seu caminho,+A primeira das suas realizações mais antigas.+ 23  Fui estabelecida* nos tempos antigos,*+No começo, antes de existir a terra.+ 24  Quando não havia águas profundas,+ fui produzida,*Quando não havia mananciais transbordando de água. 25  Antes de serem assentadas as montanhas,Antes de haver montes, fui produzida, 26  Quando ele ainda não havia feito a terra e os seus campos,Nem o primeiro punhado de solo da terra. 27  Quando ele preparou os céus,+ eu estava lá;Quando traçou o horizonte* sobre a superfície das águas,+ 28  Quando ele colocou* as nuvens no alto,Quando estabeleceu as fontes das águas profundas, 29  Quando ele decretou ao marQue suas águas não fossem além do que ele havia ordenado,+Quando lançou* os alicerces da terra, 30  Eu estava ao seu lado como trabalhador perito.+ Eu era a sua maior alegria*+ dia após dia,Alegrava-me diante dele todo o tempo.+ 31  Eu me alegrava com a terra que ele criou para ser habitada,E minha maior alegria eram os* filhos dos homens.* 32  E agora, meus filhos, escutem-me,Pois felizes são os que guardam os meus caminhos. 33  Escutem a disciplina+ e tornem-se sábios;Nunca a rejeitem. 34  Feliz o homem que me escuta,Chegando cedo* à minha porta dia após dia,Esperando junto à entrada da minha casa; 35  Pois quem me achar, achará a vida+E terá a aprovação de Jeová. 36  Mas quem me ignora, prejudica a si mesmo;*E os que me odeiam, amam a morte.”+

Notas de rodapé

Lit.: “Aos filhos dos homens”.
Lit.: “entendam coração”.
Ou: “Valores hereditários”.
Ou: “empossada”.
Ou: “imemoráveis”.
Ou: “produzida como que com dores de parto”.
Lit.: “um círculo”.
Lit.: “firmou”.
Ou: “decretou”.
Ou: “era aquele de quem ele gostava especialmente”.
Ou: “E eu gostava especialmente dos”.
Ou: “da humanidade”.
Ou: “Mantendo-se acordado”.
Ou: “sua alma”.