Levítico 26:1-46

  • Fiquem longe da idolatria (12)

  • Bênçãos pela obediência (3-13)

  • Punições pela desobediência (14-46)

26  “‘Não façam para vocês deuses que nada valem,+ nem imagem esculpida,+ nem coluna sagrada; e não ponham na sua terra nenhuma pedra esculpida+ para se curvarem diante dela,+ pois eu sou Jeová, seu Deus.  Vocês devem guardar os meus sábados e ter reverência* pelo meu santuário. Eu sou Jeová.  “‘Se continuarem a andar nos meus decretos e a guardar os meus mandamentos, e se os cumprirem,+  eu lhes darei chuvas no tempo devido;+ a terra dará a sua produção+ e as árvores do campo darão os seus frutos.  A debulha se estenderá até a colheita das uvas, e a colheita das uvas se estenderá até a semeadura; e vocês comerão o seu pão à vontade e morarão em segurança na sua terra.+  Vou estabelecer a paz na terra,+ e vocês se deitarão sem que ninguém os faça ter medo;+ e livrarei a terra dos animais selvagens, e a espada da guerra não passará pela sua terra.  Vocês certamente perseguirão os seus inimigos, e eles cairão diante de vocês pela espada.  Cinco de vocês perseguirão cem deles, e cem de vocês perseguirão dez mil, e seus inimigos cairão diante de vocês pela espada.+  “‘Eu mostrarei favor a* vocês, os farei numerosos e os multiplicarei,+ e guardarei o meu pacto com vocês.+ 10  Enquanto ainda estiverem comendo da colheita do ano anterior, vocês terão de se livrar dela para dar lugar à nova. 11  E porei meu tabernáculo entre vocês,+ e eu não os rejeitarei.* 12  Andarei entre vocês e serei o seu Deus,+ e vocês serão o meu povo.+ 13  Eu sou Jeová, seu Deus, que os tirou da terra do Egito para que não fossem mais escravos deles. E quebrei o seu jugo e os fiz andar de cabeça erguida.* 14  “‘No entanto, se vocês não me escutarem, nem cumprirem todos esses mandamentos,+ 15  e se rejeitarem os meus decretos,+ e se vocês* abominarem as minhas decisões judiciais de modo a não cumprir todos os meus mandamentos, e violarem meu pacto,+ 16  eu lhes farei o seguinte: como punição, trarei sobre vocês aflição, tuberculose e febre ardente, fazendo os seus olhos falhar e a sua vida* definhar. Vocês semearão a sua semente simplesmente em vão, pois os seus inimigos a comerão.+ 17  Eu me voltarei* contra vocês, e vocês serão derrotados pelos seus inimigos;+ os que os odeiam os oprimirão,+ e vocês fugirão mesmo quando ninguém os estiver perseguindo.+ 18  “‘Se ainda assim vocês não me escutarem, terei de castigá-los sete vezes mais pelos seus pecados. 19  Quebrarei o seu orgulho obstinado e farei com que os seus céus sejam como ferro,+ e a sua terra como cobre. 20  Vocês gastarão as suas forças em vão, visto que a sua terra não dará produção,+ e as árvores da terra não produzirão frutos. 21  “‘Mas, se persistirem em andar em oposição a mim e em se recusar a me escutar, terei de golpeá-los sete vezes mais, segundo os seus pecados. 22  Vou enviar contra vocês os animais selvagens,+ e eles os deixarão sem filhos,+ acabarão com os seus animais domésticos e reduzirão a população de vocês, e suas estradas ficarão desertas.+ 23  “‘Se apesar dessas coisas vocês não aceitarem a minha correção+ e insistirem em andar em oposição a mim, 24  então eu também andarei em oposição a vocês; e eu mesmo os golpearei sete vezes pelos seus pecados. 25  Trarei sobre vocês uma espada que fará vingança por terem violado o pacto.+ Se vocês se refugiarem nas suas cidades, enviarei doenças entre vocês,+ e vocês serão entregues nas mãos de um inimigo.+ 26  Quando eu destruir o seu suprimento* de pão,*+ dez mulheres assarão o pão de vocês num único forno e racionarão o pão por peso;+ e vocês comerão, mas não ficarão satisfeitos.+ 27  “‘Se apesar disso vocês não me escutarem e insistirem em andar em oposição a mim, 28  intensificarei a minha oposição a vocês,+ e eu mesmo terei de castigá-los sete vezes pelos seus pecados. 29  Então vocês terão de comer a carne dos seus filhos e comerão a carne das suas filhas.+ 30  Destruirei os seus altos sagrados,+ derrubarei os seus altares de incenso e empilharei os seus cadáveres sobre os cadáveres dos seus ídolos repugnantes;*+ e eu terei* aversão de vocês e os abandonarei.+ 31  Entregarei as suas cidades à espada+ e desolarei os seus santuários, e não sentirei o aroma agradável* dos seus sacrifícios. 32  Eu mesmo vou desolar a terra,+ e os seus inimigos que moram nela olharão espantados.+ 33  Espalharei vocês entre as nações+ e vou desembainhar a espada atrás de vocês;+ a sua terra ficará desolada,+ e as suas cidades serão devastadas. 34  “‘Naquele tempo a terra saldará os seus sábados, todos os dias em que estiver desolada, enquanto vocês estiverem na terra dos seus inimigos. Então a terra descansará,* visto que ela deve saldar os seus sábados.+ 35  Ela descansará todos os dias em que estiver desolada, pois não descansou nos sábados em que vocês moravam nela. 36  “‘Quanto aos que sobreviverem,+ farei com que o coração deles se encha de desespero nas terras dos seus inimigos; o ruído de uma folha sendo levada pelo vento os fará fugir, e eles fugirão como se foge diante da espada e cairão sem que ninguém os persiga.+ 37  Eles tropeçarão uns nos outros como os que fogem da espada, mesmo que ninguém os esteja perseguindo. Vocês não poderão resistir aos seus inimigos.+ 38  Vocês morrerão entre as nações,+ e a terra dos seus inimigos os consumirá. 39  Aqueles de vocês que restarem serão abandonados para apodrecer nas terras dos seus inimigos,+ por causa do seu erro. Sim, apodrecerão por causa dos erros dos seus pais.+ 40  Então eles confessarão seu próprio erro+ e o erro e a infidelidade dos seus pais, e admitirão que se comportaram de modo infiel por andar em oposição a mim,+ 41  tornando necessário que eu também andasse em oposição a eles+ e os levasse à terra dos seus inimigos.+ “‘Então talvez o coração incircunciso* deles se torne humilde,+ e eles paguem pelo* seu erro. 42  E eu me lembrarei do meu pacto com Jacó+ e do meu pacto com Isaque,+ eu me lembrarei do meu pacto com Abraão+ e me lembrarei da terra. 43  Enquanto a terra ficou abandonada por eles, ela saldou os seus sábados+ e ficou desolada, sem eles; e eles pagaram o seu erro, porque eles* rejeitaram as minhas decisões judiciais e abominaram os meus decretos.+ 44  Mas, apesar de tudo isso, enquanto estiverem na terra dos seus inimigos, nunca os rejeitarei completamente+ nem os repelirei a ponto de exterminá-los, porque isso violaria meu pacto+ com eles, pois eu sou Jeová, o Deus deles. 45  Em benefício deles, vou me lembrar do pacto com os seus antepassados,+ que tirei da terra do Egito sob os olhares das nações,+ para ser o Deus deles. Eu sou Jeová.’” 46  Esses são os decretos, as decisões judiciais e as leis que Jeová estabeleceu entre si e os israelitas no monte Sinai, por meio de Moisés.+

Notas de rodapé

Ou: “admiração”. Lit.: “temor”.
Lit.: “me voltarei para”.
Ou: “minha alma não os rejeitará”.
Lit.: “andar eretos”.
Ou: “suas almas”.
Ou: “alma”.
Lit.: “porei minha face”.
Lit.: “bastão”. Possivelmente se refere aos bastões em que se penduravam pães em forma de anel.
Ou: “alimento”.
O termo hebraico talvez esteja relacionado a uma palavra para “esterco” e é usado como expressão de desprezo.
Ou: “minha alma terá”.
Ou: “apaziguador; calmante”. Lit.: “repousante”.
Ou: “guardará o sábado”.
Ou: “obstinado”.
Ou: “saldem o”.
Ou: “suas almas”.