Isaías 57:1-21

  • Os justos e os leais morrem (1, 2)

  • A prostituição espiritual de Israel é exposta (3-13)

  • Consolo para os humildes (14-21)

    • Os maus são como o mar agitado (20)

    • “Não há paz para os que são maus” (21)

57  O justo morre,Mas ninguém se importa com isso. Os homens leais estão perecendo;+Mas ninguém discerne que o justo morrePor causa da* calamidade.   Ele entra na paz. Todo aquele que anda em retidão encontra descanso na sepultura.*   “Mas, quanto a vocês, aproximem-se,Filhos de uma feiticeira,Filhos de um adúltero e de uma prostituta:   De quem vocês estão zombando? De quem estão caçoando,* mostrando a língua? Não são vocês filhos da transgressão,Filhos da mentira,+   Os que ardem de paixão entre as árvores grandes,+Debaixo de toda árvore frondosa,+E que assassinam os filhos nos vales,*+Debaixo de penhascos salientes?   As pedras lisas dos vales* são a sua porção,+ Sim, a parte que lhe cabe. Foi a elas que você derramou ofertas de bebida e ofereceu dádivas.+ Será que devo ficar satisfeito* com essas coisas?   Você colocou a sua cama sobre um monte alto e elevado,+E subiu para lá a fim de oferecer sacrifícios.+   Colocou o seu símbolo idólatra* atrás da porta e da ombreira. Você me abandonou e se despiu,Subiu e ampliou a sua cama. Você fez um pacto com eles. Gostou de dividir a cama com eles,+E contemplou o membro masculino.*   Você desceu a Meleque* com óleoE com muitos perfumes; Mandou seus mensageiros para longe,De modo que você desceu à Sepultura.* 10  Você se empenhou em seguir os seus muitos caminhos,Mas não disse: ‘Não há esperança!’ Você recuperou as forças; É por isso que não desiste.* 11  De quem você teve medo e pavor,De modo que começou a mentir?+ Você não se lembrou de mim,+ Não fez caso.+ Não me mantive calado e distante?*+ Por isso você não demonstrou temor de mim. 12  Eu exporei a sua ‘justiça’+ e as suas obras,+E elas não lhe serão de nenhum proveito.+ 13  Quando você gritar por socorro,Os ídolos que você juntou não a salvarão.+ Um vento levará embora a todos eles,Um simples sopro os levará embora,Mas aquele que se refugiar em mim herdará esta terraE tomará posse do meu santo monte.+ 14  E se dirá: ‘Construam, construam uma estrada! Preparem o caminho!+ Removam todo obstáculo do caminho do meu povo.’” 15  Pois assim diz o Enaltecido e Elevado,Que vive* para sempre+ e cujo nome é santo:+ “Eu resido no lugar alto e santo,+Mas resido também com os esmagados e humildes de espírito,Para reanimar o espírito dos humildesE para reanimar o coração dos que estão sendo esmagados.+ 16  Pois não vou me opor a eles eternamente,Nem ficarei sempre indignado;+Pois por minha causa o espírito do homem enfraqueceria,+E também as criaturas que respiram, que eu criei. 17  Fiquei indignado com o seu pecado, sua busca por lucro desonesto,+Por isso o golpeei, escondi a minha face e fiquei indignado. Mas ele continuou a andar como um rebelde,+ seguindo o caminho do seu coração. 18  Vi os caminhos dele,Mas eu o curarei+ e o guiarei,+E darei novamente* consolo a ele+ e aos que choram no seu meio.”+ 19  “Estou criando o fruto dos lábios. Darei contínua paz aos que estão longe e aos que estão perto”,+ diz Jeová,“E vou curá-los”. 20  “Mas os maus são como o mar agitado que não se acalma,E suas águas trazem à tona algas e lama. 21  Não há paz para os que são maus”, diz o meu Deus.+

Notas de rodapé

Ou, possivelmente: “Para não ver a”.
Lit.: “nas suas camas”.
Ou: “Contra quem escancaram a boca”.
Ou: “uádis”.
Ou: “uádis”.
Ou: “me consolar”.
Ou: “a sua recordação”.
Possivelmente se refere à adoração idólatra.
Ou, possivelmente: “ao rei”.
Ou: “ao Seol”, isto é, a sepultura comum da humanidade. Veja o Glossário.
Lit.: “não se fatiga”.
Ou: “e ocultei as coisas”.
Ou: “reside”.
Ou: “compensarei com”.